Se você está planejando uma viagem para o Chile na pandemia de Covid-19, é importante saber que as regras e requisitos para a entrada de viajantes brasileiros no país têm mudado frequentemente.

Neste post, eu vou te contar como foi viajar para o Chile em janeiro de 2022. Saiba quais são todos os requisitos para entrada no Chile por via aérea ou terrestre e confira informações super úteis e atualizadas sobre a reabertura do turismo durante a pandemia da Covid-19 no Chile.

Tudo para você organizar a sua viagem sem perrengue e com segurança.


Leia também: Qual é o melhor seguro viagem Chile em 2022?



Viagem Chile em tempos de Covid-19: o país está aberto para brasileiros?

Durante o ápice da pandemia do novo coronavírus no Chile, o país fechou suas fronteiras para o turismo.

Em outubro 2021, depois de quase 250 dias sem receber viajantes estrangeiros, o Chile iniciou um processo de reabertura gradual para o turismo, graças à queda de infeções e mortes por Covid-19 e ao sucesso de seu programa de vacinação que já imunizou cerca de 95% de população chilena.

Seguro viagem para o Chile é obrigatório

Porém, com o aparecimento de novas variantes, como a variante Ômicron, mais restrições foram impostas ao viajantes estrangeiros.

Saiba quais são todos os requisitos para entrada no Chile em 2022 e confira a situação atualizada da pandemia de Covid-19 no Chile


Requisitos para entrada no Chile durante a pandemia de Covid-19

De acordo com as novas regras do Ministério da Saúde do Chile, qualquer estrangeiro em viagem para o Chile, deverá cumprir os seguintes requisitos:

  1. Ter esquema de vacinação completo a pelo menos 14 dias validado através do site MeVacuno;
  2. Apresentar Declaração Juramentada do Viajante (C19);
  3. Contratar um seguro de viagem com assistência específica para COVID-19 e cobertura mínima de US$ 30.000;
  4. Apresentar resultado de teste RT-PCR negativo para COVID-19 feito em até 72 horas antes do embarque;
  5. Realizar um segundo teste de PCR na chegada ao Chile e permanecer em isolamento até a obtenção do resultado negativo;
  6. Preencher um questionário diário de condição de saúde (Auto Reporte C19) por 10 dias a partir da entrada no Chile.

Mais detalhes sobre os requisitos para entrada de brasileiros no Chile

Como o processo é trabalhoso, vou te dar mais detalhes sobre cada uma das regras e requisitos para a entrada de brasileiros no Chile.

Recomendo consultar as informações oficiais atualizadas antes da sua viagem. Tanto no site do governo do Chile quanto no site da companhia aérea que irá te levar até lá.

1. Pase de Movilidad: valide a sua vacina

Apenas estrangeiros com esquema vacinal completo há pelo menos 14 dias podem entrar no Chile.

Requisitos de vacinação para viagem para o Chile
Foto: Freepik

O país aceita todas as vacinas aprovadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), pelo Instituto Chileno de Saúde Pública (ISP), pela Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos e pela European Medicines Agency (EMA).

Segue a lista de vacinas/laboratórios aprovadas para entrada no Chile:

  • Pfizer/BioNTech Comirnaty
  • Oxford/AstraZeneca
  • Janssen (Johnson & Johnson)
  • Moderna
  • Sinopharm
  • Sinovac-CoronaVac
  • COVAXIN (Bharat Biotech)
  • CanSino
  • Sputnik-V (Generium)

Você deverá emitir seu Certificado Nacional de Vacinação Covid através da plataforma ConecteSus e validá-lo no site MeVacuno, que tem uma versão em português para facilitar a nossa vida.

Validação da vacina no site MeVacuno
Foto: Adaptação de Freepik

Ao finalizar o cadastro no site, você receberá o Pase de Movilidad Chileno, um certificado de vacinação (virtual) contra o coronavírus, expedido pelo Ministério da Saúde do Chile.

Esse Passe de Mobilidade será a sua autorização para entrar em locais fechados como shoppings, lojas, restaurantes, supermercados, etc. E não tem conversa, hein?! Sem ele, você fica do lado de fora.

Imprima uma cópia ou carregue a imagem no celular sempre com você.

Passe de mobilidade chileno
Foto: Adaptação de Freepik

Como esse processo de validação pode demorar, recomendo começá-lo o quanto antes. Ele pode ser iniciado até 45 dias antes da viagem para o Chile.


2. Declaração Juramentada do Viajante (C19)

O próximo item exigido para a entrada no Chile (tanto pela companhia aérea e pelo Controle Sanitário de Fronteira) é o preenchimento e impressão da Declaración Jurada de Viajeros.

O formulário eletrônico C19 deve ser preenchido online até 48 horas antes do embarque para a viagem ao Chile e impresso para a conferência do agente de imigração.


3. Seguro viagem com cobertura Covid-19 de, no mínimo 30.000 dólares

Outro item obrigatório para a entrada no Chile é o seguro viagem com assistência específica para Covid-19 e cobertura mínima de 30.000 dólares.

E aqui também não tem conversa. É item obrigatório na lista. E atenção! Você deve contratar o plano de seguro viagem para o Chile certo (com assistência Covid-19 + cobertura mínima de 30.000 dólares) ou você terá problemas na imigração.

Eu sempre uso e recomendo o site da Seguros Promo para contratar seguro viagem. Usando um comparador online fica muito fácil e prático contratar o melhor seguro pelo menor preço.

Passo-a-passo para comprar seguro viagem pelo site da Seguros Promo
Foto: Adaptação de Freepik

Os quatro planos de seguro viagem para o Chile em 2022, com melhor custo-benefício, são:

  • AC 35 MUNDO COVID-19 (Exceto EUA)
  • GTA 12 BRONZE AMÉR. LATINA COVID-19 PREMIUM30
  • TC 80 MUNDO +COVID19 (EXCETO EUA)
  • Assist SV 60 Latam COVID-19 30

FAÇA UMA COTAÇÃO GRÁTIS


Ficou com alguma dúvida? Deixa um comentário ou acesse nosso guia completo com as melhores dicas para contratar seguro viagem Chile em 2022.


4. Teste RT-PCR Negativo (até 72 horas antes da viagem)

Para entrar no Chile durante a pandemia do novo Coronavírus você também deverá apresentar um resultado negativo para Covid-19 obtido através um teste RT-PCR feito a menos de 72 horas antes do embarque. Em voos com escala, é considerado desde o último embarque.

O teste é obrigatório para indivíduos com mais de 2 ano e você nem embarca no Brasil sem ele.


Não são válidos testes rápidos de antígenos.


5. Segundo RT-PCR ao desembarcar no Chile

Com o aparecimento de novas variantes do Covid-19, como a Ômicron, o Chile voltou a exigir um segundo PCR obrigatório na chegada ao país.

O teste, atualmente gratuito, é feito no desembarque do aeroporto de Santiago. Você será direcionado para uma cabine para a realização do exame e receberá o resultado por e.mail, de 6 a 12 horas depois da coleta.

O processo parece cansativo e burocrático, mas é bem organizado e rápido. A organização é excelente. Recebemos os resultados em 8 horas.

Enquanto espera, você deverá ficar isolado no seu hotel (ou endereço declarado) em Santiago ou outra cidade no Chile. E é bom já avisar que o isolamento é monitorado pelo governo. Ou seja, eles fiscalizam mesmo. Tanto nos hotéis quanto na rua.

Com o resultado negativo em mãos, seu Passe de Mobilidade será reativado e você estará livre para aproveitar a sua viagem no Chile, a turismo ou negócios.


❗Importante

Para chegar até o seu hotel em Santiago (ou outro endereço declarado), você deverá contratar um transfer privado ou alugar um carro em Santiago. É proibido usar qualquer meio de transporte público coletivo, incluindo ônibus, trem e aviões (exceto voos de conexão).

A utilização de táxi e aplicativos de viagem também é permitida, mas você só poderá compartilhar um veículo com o mesmo grupo com o qual viajou.

Contrate um transfer privado com antecedência ou fale com o Patrício, da Turisnikluk.


Ahh! Recomendo usar o aplicativo do Rappi para pedir algo para comer no hotel. Ele funciona super bem em Santiago.


6. Acompanhamento obrigatório de viajantes por 10 dias

Acompanhamento de viagem para o ChileAlém de todos esses requisitos já listados aqui, ao viajar para o Chile, você também deverá realizar um acompanhamento obrigatório de viajantes (Auto Reporte C19).

Você receberá um e.mail com um link para um questionário com perguntas sobre sua condição de saúde e localização, que deverá ser respondido diariamente por 10 dias a partir da sua chegada no Chile.

Viajantes que apresentarem sintomas e/ou testarem positivo para Covid-19 durante este acompanhamento de 10 dias, deverão realizar isolamento obrigatório. Isso inclui menores de idade.

Viajantes com PCR positivo e suspeita de variante de Ômicron deverão realizar o isolamento em uma clínica ou hospital determinado pela Autoridade Sanitária do Chile.


Conexão de viagem no Chile: preciso fazer isolamento?

Caso de você tenha apenas uma conexão para outro país no aeroporto de Santiago, não é permitido sair da área de trânsito demarcada. Por isso, ficam valendo as exigências da companhia aérea e do destino final da viagem.

Agora, se for conexão nacional, o teste RT-PCR deverá ser realizado no ponto de entrada no país.


Proteja seu bolso contra gastos médicos inesperados durante sua viagem para o Chile e faça já um seguro viagem.


Pontos de fronteira aérea e terrestre abertos para viagem ao Chile

Os seguintes aeroportos estão abertos para receber turistas estrangeiros no Chile:

  • Aeroporto Internacional Comodoro Arturo Merino Benítez (Santiago)
  • Aeroporto Aeropuerto General Diego Aracena (Iquique)
  • Aeroporto Aeropuerto Andrés Sabella (Antofagasta)
  • Aeroporto Presidente Carlos Ibáñez del Campo  (Punta Arenas)

Já os postos de fronteira terrestres abertos no Chile, são:

  • Paso Futaleufú, na região de Los Lagos
  • Paso Huemules e Paso Jeinimeni, em Aysén
  • Paso Integración Austral, na região de Magallanes (Terra do Fogo)
  • Paso Los Libertadores, na região de Valparaíso (fronteira entre Santiago e Mendoza)

Clique para ver as localizações em um mapa personalizado do Google.


Requisitos para voltar ao Brasil depois da viagem ao Chile

Para voltar ao Brasil, você precisará apresentar um resultado negativo para Covid-19 ou através de teste de antígeno dentro das 24 horas anteriores ao embarque, ou através de teste RT-PCR feito em até 72 horas antes do embarque.

Você também deverá preencher e imprimir a Declaração de Saúde do Viajante da Anvisa e apresentá-la na volta ao Brasil.


Dicas de laboratório no Chile para fazer teste PCR para voltar para o Brasil

O Laboratório Clínico VALAB é uma excelente opção para quem está em busca de um laboratório em Santiago para fazer o teste RT-PCR antes de voltar para o Brasil e está hospedado no delicioso bairro de Providência, em Santiago.

Outras opções, são: Red Salud (com coleta em domicílio), Integramédica e UC Christus, ambos laboratórios com unidades em várias cidades do Chile.

O teste tem um preço fixo de 25.000 CLP em laboratórios autorizados.


Leia mais dicas de viagem para o Chile


 

RESOLVA SUA VIAGEM

Viajante, fotógrafa e bióloga. Largou tudo e ganhou tudo ao mudar de rumo em 2012 depois de defender um doutorado em biologia molecular na USP. Desde então vive, viaja e trabalha com foto e vídeo, sua verdadeira vocação. Ama viajar fora do esquema turistão e gosta mesmo é de paisagem humana!

6 COMENTÁRIOS

  1. Amigo, Bom dia!

    Vou chegar em Santiago e tenho um voo logo em seguida para Puerto Montt, porém as passagens foram compradas separadamente. Posso fazer o isolamento na cidade de puerto montt ou não serei autorizado a embarcar?

    Obrigado

  2. Muito bom seu post. Mas tenho umas dúvidas. Estou indo a Santiago com dois amigos no final de março, mas estamos sem saber como está funcionando o turismo na cidade. Se os bares e baladas estão funcionando normalmente. Somos jovens e vamos estritamente a turismo. Saberia informar algo a respeito. Não queremos viajar e correr o risco de estar tudo fechado.

    • oi Leonardo, tudo bem?! Obrigada pela visita e comentário. Os restaurantes e bares estão funcionando normalmente. Porém, as regras estão bastante rígidas na cidade. Você só entra em locais fechados apresentando seu Passe de Mobilidade. Uma segurança, né?! Eu acredito que até o final de março, a situação mude um pouco. E tomara que pra melhor, né?! Vamos acompanhar e torcer!

  3. Prezada, estarei indo ao Chile no final de fevereiro e fiquei com uma dúvida. Vou chegar por via terrestre, vindo de Mendoza. Nesse caso, também é exigido fazer um teste PCR na fronteira e depois aguardar no Hotel? Eles tem estrutura para realizar esse teste na fronteira terrestre?
    Antecipadamente grato pela atenção

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário!
Digite seu nome