Viagem para Colômbia (2024): dicas imperdíveis + roteiros de viagem

Cupom de desconto para abrir sua conta Nomad

Se você está pensando em planejar uma viagem para Colômbia em 2024, é muito importante se atualizar em relação ao que você precisa para entrar no país.

A boa notícia é que o viajante brasileiro não precisa de passaporte para Colômbia, basta apresentar o RG. E nem de visto, caso a permanência seja inferior a 90 dias.

Também não é mais necessário apresentar certificado de vacinação contra Covid-19 ou prova PCR/antígeno.

Dicas para uma viagem para Colômbia em 2023

Contudo, ainda é preciso preencher o formulário eletrônico Check-mig antes da viagem e apresentar o certificado de vacina contra febre amarela.

Vem comigo ver mais detalhes sobre como planejar sua próxima viagem para Colômbia.


TIRA-DÚVIDAS PARA PLANEJAR SUA VIAGEM PARA COLÔMBIA
Brasileiro precisa de passaporte para entrar na Colômbia? Não. O RG (identidade brasileira) em boas condições e com a foto atual é suficiente;
Precisa de algum tipo de visto? Não.
Precisa seguro viagem com cobertura Covid? Sim. Faça uma cotação e ganhe até 25% de desconto.
Precisa apresentar certificado de vacina contra Covid-19? Não.
Precisa apresentar certificado de vacina contra febre-amarela? Sim.
* Fonte: Ministério das Relações Exteriores


Requisitos e documentos para entrar na Colômbia em 2024

Brasileiros precisam ter a seguinte documentação e cumprir os seguintes requisitos para entrar na Colômbia:


Você sempre deve consultar as informações atualizadas com a companhia aérea antes da viagem.


1. Viagem para Colômbia precisa de passaporte?

Como eu já adiantei, é muito fácil planejar sua viagem para Colômbia. E você não precisa nem ter passaporte.

Como Brasil e Colômbia fazem parte do Mercosul, viajantes brasileiros podem usar o RG (documento nacional de identidade) para entrar na Colômbia. Ou o passaporte vigente, claro!

Porém, antes de embarcar apenas com o RG, é bom saber que o documento deve estar em boas condições. E a foto deve permitir identificação clara do viajante.

Não é regra, mas é recomendado é ter um RG com menos de dez anos de expedição. Caso contrário, eu recomendo levar o passaporte também para evitar inconvenientes.


Leia também: 9 países baratos na América do Sul para viajar sem passaporte em 2024


Brasileiro precisa de visto para Colômbia?

Turistas brasileiros não precisam de visto para entrar na Colômbia em viagens de até 90 dias. Esse prazo pode ser prorrogado por mais 90 dias.

Para trabalho, estudo, estágio ou trabalho voluntário no país, será exigido o visto apropriado.


2. Passagem de ida e volta

Ter a passagem de volta é outro requisito para entrar na Colômbia. Você deverá apresentá-la caso seja solicitado pelo agente da imigração colombiana.

É importante saber também que as autoridades colombianas podem solicitar quaisquer documentos adicionais.

Eu recomendo que você tenha os comprovantes de hospedagem em mãos.

Assim como algum comprovante de comprovação financeira que mostre que você tem condições para se sustentar no país durante a viagem. Pode ser dinheiro vivo, extrato bancário e até o saldo de uma conta internacional, por exemplo.


3. Certificado Internacional de Vacinação Contra Febre Amarela

Outro documento necessário para entrar na Colômbia é o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia Contra a Febre Amarela (CIVP).

Desde 2018, a Anvisa passou a emitir o CIVP de forma eletrônica. Você pode fazer a solicitação de emissão do seu certificado através do Portal de Serviços do Governo Federal.

Lembrando que segundo resolução da OMS, publicada em 2014, não é mais necessária dose de reforço da vacina contra febre amarela. Uma dose única da vacina é suficiente para conferir imunidade sustentada e proteção ao longo de toda a vida.

Ou seja, se você já tomou a vacina, não precisa de outra. Basta emitir seu certificado de vacinação internacional online.


É importante ressaltar, que é necessário tomar a vacina contra a febre amarela com pelo menos 10 dias de antecedência da data da viagem para Colômbia.


3. Pre-Registro Migratório: como preencher o Check-Mig Colômbia

Para completar a lista de exigências para uma viagem para a Colômbia, é obrigatório completar um pré-registro migratório nas 24 horas anteriores ao seu voo para Colômbia.

O formulário online Check-Mig é individual e pode ser preenchido em espanhol, inglês ou francês.

Formulário pré-migratório para viagem para Colômbia


IMPORTANTE: o formulário Check-mig também deverá ser preenchido na saída da Colômbia.


Conexão em Bogotá precisa de vacina de febre amarela?

Atualmente não se exige certificado de vacinação contra febre amarela e registro no Check-Mig para realizar conexão no aeroporto de Bogotá ou em outro destino na Colômbia sem passagem pela imigração colombiana.

No entanto, se for necessário entrar no país durante a conexão, ainda que por poucas horas, o comprovante de vacina contra febre amarela será exigido. Assim como o registro no Check-Mig.

Entre em contato com a companhia aérea para mais detalhes.


Seguro viagem para Colômbia é obrigatório? Quanto custa?

Apesar do seguro viagem para Colômbia não ser um dos requisitos obrigatórios para viajar para Colômbia, é extremamente recomendável que você contrate um bom plano, independente do motivo da viagem.

Como a Colômbia não tem sistema público de saúde, se você tiver qualquer emergência ou acidente, terá que pagar o atendimento do próprio bolso.

E dependendo da gravidade da emergência, o atendimento pode custar o equivalente a dezenas, centenas ou milhares de dólares.

Uma ótima dica é usar um comparador online para contratar seguro viagem para Colômbia mais barato.

Eu uso e recomendo o site da Seguros Promo, que tem o melhor preço e atendimento do mercado. Com a ferramenta, você pode comparar os melhores planos e ver qual é o ideal para a sua viagem.

Na tabela a seguir, você vê os 4 planos com o melhor custo-benefício. Se você ficar com alguma dúvida, acesse nosso guia completo para contratar o melhor seguro viagem para Colômbia.

PARA QUEM É QUANTO CUSTA PRINCIPAIS BENEFÍCIOS
É o plano de seguro mais barato do mercado. A partir de R$ 6,89 por dia de viagem. (R$ 68,89 para uma semana de viagem)
  • USD 15.000 de cobertura médica;
  • Cobertura COVID-19;
  • USD 200 de cobertura odontológica;
  • Cobertura médica para prática de esportes;
  • Telemedicina.
É o plano com melhor custo-benefício. A partir de R$ 11,35 por dia de viagem. (R$ 113,51 para uma semana de viagem)
  • USD 60.000
  • Cobertura COVID-19;
  • USD 600 de cobertura odontológica;
  • Cobertura médica para prática de esportes
  • Telemedicina.
É recomendado para idosos, gestantes ou pessoas com alguma condição de saúde preexistente. A partir de R$ 27,79 por dia de viagem. (R$ 277,96 para uma semana de viagem)
  • USD 150.000;
  • Cobertura COVID-19;
  • USD 700 de cobertura odontológica;
  • Cobertura médica para prática de esportes;
  • Telemedicina.
É um plano especial para estudantes na Colômbia. A partir de R$ 18,91 por dia de viagem. (R$ 189,13 para uma semana de viagem)
  • USD 60.000;
  • Cobertura médica para prática de esportes;
  • Cobertura COVID-19;
  • Retorno de menor desacompanhado.

A Seguros Promo ainda oferece vários cupons de desconto durante o ano inteiro. Vale a pena conferir.


Qual é a melhor época para viajar para Colômbia?

Se você vai viajar para Colômbia, é essencial entender qual é a melhor época para visitar cada parte do país.

Como a Colômbia é um país grande e tem muita variação de altitude, isso interfere diretamente no clima de cidades mais altas. Como Bogotá, por exemplo, que está a mais de 2.600 metros acima do nível do mar.

O mais importante é saber que como as estações do ano não são muito marcadas, o que existe é uma estação seca e uma estação das chuvas.

E de maneira geral, a melhor época para visitar a Colômbia é entre dezembro e abril. Neste período há menos chuvas nos principais destinos colombianos e as temperaturas são mais altas.

Esse período é ideal para explorar Cartagena e San Andres, bem como Bogotá e Medellín.

Atente-se também ao fato que os meses de setembro a novembro são os meses com mais chuva na Colômbia. Isso pode atrapalhar seus planos. Principalmente se eles envolvem praia nesse paraíso caribenho.

Na tabela a seguir, você encontra mais informações sobre o clima na Colômbia. Veja as temperaturas (mínima e máxima) e quantidade de dias chuvosos em cada mês, nos destinos mais importantes da Colômbia.

JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ
Bogotá ❄️ Mín. 9°C 9°C 10°C 10°C 10°C 9°C 9°C 9°C 9°C 10°C 10°C 9°C
☀️ Máx. 20°C 20°C 20°C 20°C 19°C 19°C 19°C 19°C 19°C 19°C 20°C 20°C
☔ Chuva 10 dias 9 dias 14 dias 16 dias 16 dias 14 dias 12 dias 13 dias 15 dias 17 dias 16 dias 11 dias
Cartagena ❄️ Mín. 24°C 24°C 25°C 25°C 26°C 26°C 26°C 26°C 26°C 26°C 25°C 25°C
☀️ Máx. 31°C 31°C 31°C 31°C 31°C 32°C 32°C 32°C 32°C 31°C 31°C 31°C
☔ Chuva 5 dias 4 dias 6 dias 9 dias 12 dias 10 dias 9 dias 10 dias 11 dias 15 dias 14 dias 8 dias
Medellín ❄️ Mín. 16°C 16°C 16°C 16°C 16°C 15°C 15°C 15°C 15°C 15°C 15°C 15°C
☀️ Máx. 28°C 29°C 29°C 28°C 28°C 27°C 27°C 27°C 27°C 27°C 27°C 27°C
☔ Chuva 13 dias 14 dias 16 dias 20 dias 22 dias 20 dias 18 dias 18 dias 21 dias 22 dias 20 dias 17 dias
San Andres ❄️ Mín. 24°C 24°C 24°C 25°C 25°C 25°C 25°C 25°C 25°C 24°C 24°C 24°C
☀️ Máx. 30°C 30°C 30°C 31°C 31°C 31°C 31°C 31°C 31°C 30°C 30°C 30°C
☔ Chuva 7 dias 5 dias 6 dias 9 dias 15 dias 18 dias 17 dias 17 dias 19 dias 18 dias 16 dias 12 dias

Como chegar na Colômbia por transporte aéreo? É seguro?

Atualmente, existem cerca de 20 companhias aéreas operando no país. Com rotas que conectam 8 destinos colombianos a 22 países do mundo. Entre eles, a capital Bogotá, Cartagena, Cali, Medellín e Barranquilla.

As companhias aéreas que voam direto do Brasil para Colômbia são: Avianca e LATAM Airlines.

Um truque que eu uso para garantir passagem aérea mais barata é usar o Google Flights.

Outra dica é confiar apenas em sites como Skyscanner e Vai de Promo. Melhor que comprar essas pacotes de viagem duvidosos. Desconfie sempre de preços muito baixos.


Câmbio na Colômbia: qual é a melhor forma de levar dinheiro para uma viagem para Colômbia?

O peso colombiano (COP) é a moeda oficial da Colômbia. Você pode encontrar notas de 1.000, 2.000, 5.000, 10.000, 20.000, 50.000 e 100.000 pesos e moedas de 50, 100, 200, 500 e 1.000 pesos.

E para mim, a melhor maneira de levar dinheiro para uma viagem para Colômbia é usar os cartões de débito vinculados a contas internacionais.

Recomendo a conta Nomad e a conta multimoedas Wise. Mas existem outras tantas opções no mercado, como C6 Global, Inter, N26 e BS2.

Essas contas são gratuitas, operam com o câmbio do dólar comercial, mais vantajoso do que o dólar turismo, usado pelas casas de câmbio na Colômbia e no Brasil. E cobram apenas 1,1% IOF. Valor menor que os 5,38% de IOF cobrado pelos cartões de crédito brasileiro.

Além disso, todas as contas internacionais oferecerem um cartão de débito sem taxas ou anuidade. O que é bem mais prático e seguro para uma viagem internacional.

Cartão contactless da conta Nomad para viagem para Colômbia

Na Colômbia, você pode usar esses cartões em praticamente todos os lugares. Restaurantes, cafeterias, lojas, até mesmo alguns passeios.

Caso você prefira viajar com dinheiro vivo, com esses cartões também é possível sacar pesos colombianos em caixas automáticos. Dê preferência ao caixas do Banco de Bogotá ou do Bancolombia.

Tanto a conta Nomad quanto a conta multimoedas Wise oferecem dois saques gratuitos por mês, mas ainda assim é preciso pagar a tarifa do caixa automático.

Como plano B e C, você pode levar alguns dólares para trocar em casas de câmbio na Colômbia ou levar um cartão de crédito internacional desbloqueado para qualquer emergência com os cartões de débito.

O dinheiro físico acaba tendo usos mais pontuais ou em estabelecimentos que não aceitam cartão. É raro, mas pode acontecer. É melhor ir prevenido.

Veja na tabela a seguir, uma comparação das cotações do peso colombiano (comparado ao real e ao dólar) em cada uma das opções que citei acima. Os dados são de junho de 2023.

R$ 1 (um real) US$ 1 (um dólar)
Casa de câmbio no Brasil (São Paulo) 625 COP
Conta multimoedas Wise 867,31 COP 4.177 COP
Conta Nomad 4.200 COP

Leia também: Guia completo sobre como usar a conta Nomad na sua próxima viagem


Principais destinos turísticos e cidades da Colômbia

Os destinos a seguir são os campeões de visitas em uma viagem à Colômbia em qualquer época do ano. Cada um deles tem características únicas.

Planeje seu itinerário de acordo com seus interesses e aproveite ao máximo essas dicas da Colômbia!

» Bogotá

Dedique no mínimo 3 dias completos de viagem a Bogotá. Descubra a história pré-colombiana da Colômbia no Museu do Ouro, suba de teleférico até o alto do Monserrate para ter a melhor vista da cidade.

E conheça também a Candelária, bairro histórico com edifícios coloniais, igrejas antigas e muita arte de rua.


» Cartagena das Índias

Cartagena é uma das cidades mais bonitas e visitadas da Colômbia. A cidade murada é considerada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. E conserva o seu encanto histórico e cultural em suas ruas de paralelepípedos e arquitetura colonial

Inclua no seu roteiro também, os principais pontos turísticos da capital do realismo fantástico de Gabriel García Márquez, como: o Castelo de San Felipe de Barajas, uma fortaleza do século XVI construída pelos espanhóis para defender a cidade dos ataques piratas.

E o Convento de La Popa, um mosteiro localizado no ponto mais alto da cidade, que abriga uma imagem da Virgem da Candelária e oferece uma vista panorâmica de tirar o fôlego;

Não deixe de fazer também um passeio pelas Ilhas do Rosário.


» Medellín

Medellín é a segunda maior cidade da Colômbia. Conhecida como a Cidade da Eterna Primavera, tem um clima agradável durante todo o ano. Medellín é uma cidade inovadora, que tem passado por uma incrível transformação nos últimos anos.

As atrações da cidade, são: a Comuna 13, um bairro que se tornou um exemplo de transformação social e artística, o Jardim Botânico, o Pueblito Paisa, representação de um povoado típico da região de Antioquia e o Metrocable, um sistema de teleféricos que conecta as zonas periféricas com o centro da cidade, com uma vista de tirar o fôlego da paisagem urbana.


» San Andrés

San Andrés é uma ilha situada no mar do Caribe e um dos destinos de praia mais populares do país. A ilha tem muitos atrativos para os visitantes, como diversas praias paradisíacas e o famoso mar de sete cores.

Visite as pequenas ilhas situadas no litoral de san Andrés, chamadas de cayos. A mais famosa delas é Johnny Cay.


<strong>Veja esses destinos em um mapa interativo do Google</strong>

Transporte na Colômbia

Existem várias opções de transporte disponíveis para se locomover entre as principais cidades colombianas.

Avião, ônibus e táxi são os mais comuns. Aplicativos de locomoção como Uber e Cabify também funcionam.

Não esqueça de cadastrar seu cartão internacional nesses aplicativos para economizar ainda mais na sua viagem.

<strong>Colômbia de Avião</strong>

Voar é uma opção rápida e prática para percorrer longas distâncias ou chegar a lugares remotos na Colômbia. O país possui um bom sistema de transporte aéreo e várias companhias aéreas locais oferecem voos regulares entre as principais cidades.

A companhia low cost colombiana Viva Air suspendeu todas as suas atividades em fevereiro de 2023 devido a problemas financeiros e não há previsão de retorno. Porém, a EasyFly continua a operar voos internos para diversos destinos na Colômbia.

Você pode pesquisar e comprar os voos pela internet. Para economizar, recomendo comprar as passagens com pelo menos um mês de antecedência ou aproveitar as promoções. O mês mais barato para voar para a Colômbia é março.

<strong>Colômbia de Ônibus</strong>

O transporte rodoviário é amplamente utilizado na Colômbia. O país possui uma extensa rodoviária que conecta diferentes cidades.

Viajar de ônibus é uma boa escolha para se locomover pela Colômbia, sobretudo para deslocamentos pequenos e médios. É uma opção mais barata, a frequência de ônibus é alta e a malha rodoviária conecta praticamente todas as regiões do país.

No entanto, os ônibus também têm algumas desvantagens, como a lentidão da viagem, a insegurança das estradas colombianas e o desconforto da viagem por regiões montanhosas, por exemplo.

Veja a seguir, uma tabela com as distâncias entre as principais cidades colombianas para você ter noção dos deslocamentos antes de fazer uma viagem.

Cidade Bogotá Medellín Cali Cartagena Barranquilla Santa Marta
Bogotá 418 km 507 km 1040 km 1.002 km 956 km
Medellín 418 km 415 km 643 km 722 km 828 km
Cali 507 km 415 km 1.058 km 1.129 km 1.210 km
Cartagena 1040 km 643 km 1.058 km 136 km 226 km
Barranquilla 1.002 km 722 km 1.129 km 136 km 103 km
Santa Marta 956 km 828 km 1.210 km 226 km 103 km
<strong>Colômbia de Carro</strong>

Outra opção de transporte na Colômbia é viajar de carro. Você pode alugar um carro em várias cidades do país e ter mais liberdade e flexibilidade para explorar os lugares no seu ritmo.

No entanto, viajar de carro também tem alguns inconvenientes, como o custo do aluguel, seguro, gasolina e pedágios e a dificuldade de estacionar nas grandes cidades.


Aluguel de carro na Colômbia

Se você tá pensando em alugar um carro na Colômbia, vale a pena usar um comparador online para comparar o preço do aluguel em diferentes locadoras em uma única plataforma online super fácil de usar.

Eu uso e recomendo a Rentcars há anos porque além de ser uma empresa brasileira (com suporte em português), ela tem a melhor ferramenta do mercado. E os melhores preços, com pagamento em real (sem cobrança de iof) e parcelado no cartão de crédito.

Não deixe para a última hora. Faça uma cotação gratuita para a sua viagem.


Leia também: 9 dicas infalíveis para economizar em aluguel de carro no exterior


Precisa de PID para dirigir na Colômbia?

A lei diz que brasileiros a turismo na Colômbia podem utilizar a Carteira Nacional de Habilitação brasileira para dirigir no país durante o prazo de permanência autorizado no momento de entrada.

Porém, apesar da CNH brasileira ser válida e admitida na Colômbia, eu sempre recomendo que você também tenha a PID em mãos sempre que for dirigir no exterior.

A Permissão Internacional para Dirigir (PID) é um documento oficial que funciona como tradução da sua carteira de motorista brasileira em sete idiomas (incluindo espanhol).

Dessa maneira, a PID pode facilitar muito a comunicação com autoridades de trânsito (ou policial) em caso de qualquer tipo de acidente ou blitz.

Como eu tenho péssimas experiências com abordagens de trânsito em países estrangeiros, eu sempre viajo com a PID. O que eu puder fazer para minimizar esse tipo de transtorno, pode ter certeza que farei.

Como pedir a PID online e mais barato


Leia também: Como emitir a PID online e mais barato que no DETRAN


Quanto custa viajar para Colômbia 2024

Eu não sou a maior fã de apresentar valores em artigos, porque acho que cada viajante tem suas prioridades e um orçamento para investir nelas. Porém, preparei uma tabela com os principais gastos que você terá durante sua estadia no país.

Aqui estão alguns dos principais custos a serem considerados em uma viagem para Colômbia:

Cidade Passeios e atrações Hospedagem Alimentação
Bogotá
  • Almoço com bebida: R$ 43
  • Jantar: a partir de R$ 25
  • Cerveja no bar: a partir de R$ 5
Cartagena
  • Almoço com bebida: R$ 71
  • Jantar: a partir de R$ 37
  • Cerveja no bar: a partir de R$ 7
San Andrés
  • Almoço com bebida: a partir de R$ 30
  • Jantar: a partir de R$ 50
  • Cerveja no bar:  a partir de R$ 9
Medellín
  • Almoço com bebida: R$ 39
  • Jantar: a partir de R$ 30
  • Cerveja no bar: a partir de R$ 5

Viaje com conexão!

Comprar um chip internacional é uma das coisas que eu não abro mão nas minhas viagens.

A America Chip oferece o melhor custo-benefício do Brasil, com opções que incluem ligações e 4g ilimitados.

Faz muita diferença ter acesso constante ao GPS, WhatsApp e outros aplicativos.


Leia também: Você já conhece o eSIM, o chip virtual para viagens internacionais?


O que fazer na Colômbia: 3 roteiros de viagem para Bogotá e Cartagena das Índias, Santa Marta, Medellín e San Andrés, no Caribe colombiano

<strong>Roteiro 1: Explorando natureza e cultura na Colômbia: para os aventureiros e amantes da natureza</strong>

Dia 1 a 3: Explore as belezas da capital colombiana. Visite o Museu do Ouro, o bairro histórico de La Candelaria e veja a melhor vista da cidade do alto do Monserrate. Aproveite também para explorar a cena gastronômica da cidade.

Dia 4 a 6: Faça uma excursão até a Zona Cafeeira Colombiana. Visite as plantações de café e aprenda mais sobre o processo de cultivo e produção de alguns dos melhores cafés do mundo!

Dia 7 a 9: Faça uma viagem até o Parque Nacional Natural Tayrona, onde praias paradisíacas encontram florestas tropicais. Faça trilhas pela selva a mergulhe para explorar os recifes de coral.

Dia 10: Termine seus dias na Colômbia em Cartagena, uma cidade histórica encantadora e praias de areia branca. Não deixe de experimentar a deliciosa culinária caribenha.

<strong>Roteiro 2: Arte e Cultura Colombiana</strong>

Dia 1 a 3: Explore a efervescente cena artística de Bogotá. Visite as galerias de arte, murais de rua e o famoso Museu Botero. Aproveite também a música ao vivo e os espetáculos culturais na cidade.

Dia 4 a 6: Descubra a transformação urbana e cultural de Medellín, visitando o bairro Comuna 13, conhecido por sua arte de rua vibrante. Explore também o Museu de Antioquia e desfrute da animada vida noturna da cidade.

Dia 7 a 8: Vá até Cali, conhecida como a capital da salsa e arrisque alguns passos de dança nesse ritmo contagiante. Você pode fazer uma aula e aproveitar os shows ao vivo nos bares de salsa da cidade.

Dia 9 a 10: Encerre sua viagem em Cartagena, onde a história e a cultura se fundem. Visite os museus, participe de passeios históricos e saboreie a gastronomia local, com destaque para pratos tradicionais colombianos.

<strong>Roteiro 3: Sol e mar</strong>

Dia 1 a 4: Comece sua jornada em San Andrés, desfrutando das belas praias, snorkeling nos recifes de coral e explorando a Ilha de Johnny Cay. Relaxe, tome sol e mergulhe nas águas cristalinas.

Dia 5 a 7: Pegue um voo curto para a Ilha de Providencia e descubra um paraíso intocado. Explore o Parque Nacional Natural Old Providence McBean Lagoon e suas belezas.


Requisitos para voltar ao Brasil depois da viagem para Colômbia

Brasileiros e estrangeiros não mais precisam apresentar comprovante de vacinação ou teste negativo de Covid-19 para entrar no Brasil. A decisão foi adotada pela Anvisa em março de 2023.

Dúvidas frequentes sobre como visitar a Colômbia + dicas de viagem

<strong>Viajar para Colômbia precisa de passaporte?</strong>

O viajante brasileiro não precisa de passaporte para Colômbia. Basta usar o RG. Também não é necessário visto para entrar na Colômbia.

<strong>Escala em Bogotá precisa de visto?</strong>

Não. Brasileiros não precisam de visto para entrar na Colômbia. Nem com o país como destino final, nem em uma escala.

<strong>Quais vacinas são exigidas para entrar na Colômbia?</strong>

Atualmente, a Colombia exige vacina febre amarela para viajantes brasileiros que queiram entrar no país.

<strong>Posso entrar na Colômbia com CNH?</strong>

Não. Apenas passaporte ou documento nacional de identidade (RG), que deve estar em boas condições e com uma foto atualizada, permitindo a clara identificação do viajante. Veja mais detalhes sobre os documentos de identificação válidos para uma viagem para Colômbia.

<strong>Seguro viagem para Colômbia é obrigatório?</strong>

Apesar do seguro viagem para Colômbia não ser um dos requisitos obrigatórios para a entrada de turistas brasileiros no país, é extremamente recomendável que você contrate um bom plano.

Essa também é a recomendação do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, independentemente do motivo da viagem, já que a Colômbia não tem sistema público de saúde.

Leia todas as nossas dicas para viajar à Colômbia


Salve essas dicas de viagem para Colômbia

Todas as regras e requisitos para uma viagem para Colômbia em 2022 durante a pandemia de Covid-19

Novas regras e requisitos para uma viagem para Colômbia em 2022 durante a pandemia de Covid-19. Preciso de PCR? E de seguro viagem?


Alessandra B. Fratus
Alessandra B. Fratushttps://www.alessandrafratus.com
Viajante, fotógrafa e bióloga. Largou tudo e ganhou tudo ao mudar de rumo em 2012 após defender um doutorado em biologia molecular na USP. Desde então vive, viaja e trabalha com foto e vídeo, sua verdadeira vocação. Ama viajar fora do esquema turistão e gosta mesmo é de paisagem humana!
LEIA TAMBÉM

Esse post pode conter links de afiliados. Ao utilizar um deles para fazer as reservas da sua viagem, você ajuda a manter o nosso site sempre atualizado. E não paga nada a mais por isso. Muito obrigada pelo seu apoio!

  1. Parabéns pelo seu conteúdo
    Vou viajar pra Bogotá , desembarcar fazer imigração e pegar um voo doméstico pra Cartagena em seguida
    Pergunto quanto tempo devo programar entre o desembarque e o novo embarque pois estou na dúvida o horário que devo comprar este voo( chego às 4 hs da manhã)?
    Muito obrigada

  2. Vou para Colombia com minha familia em fevereiro e queria saber se tem como ir de Cartagena para San Andres de carro?

  3. O QBR Code tem vencimento, preciso baixar o certificado algum tempo antes.. ou ele impresso mesmo se o QB Code não funcionar, serve?

  4. Oi Alessandra, bom dia!
    O RNM serve como documento de identidade para entrar na Colombia? Precisa ter passagem de ida e volta?

  5. Ola bom dia eu so de angola moro no brasil a 9 anos tenho RNE que e residencia brasileira, e eu comprei uma passagem na avianca para dia 21 de março a minha partida e o meu regresso e no dia 5 de abril, e o meu voo ira de fazer escala no aeroporto de bogota da colombia queria saber se ira precisar de visto de conexão, porque o meu distino e no país de Nicaragua…..

  6. Boa tarde pretendo viajar pra Colômbia com a minha filha de 2 anos com saída do rio de janeiro para medellin preciso comprar a passagem.volta ? Ou posso só comprar a passagem de ida somente

  7. Ola Alessandra. Sabe me dizer se é necessário um valor em dinheiro para poder entrar na Colômbia? Para permanecer como turista por 15 dias.

  8. Olá Alessandra, obrigada por responder nossas dúvidas.
    Voce saberia me dizer, se conexão em Bogotá, precisa ter o certificado da vacina de febre amarela? Conexão de 6 horas…
    Obrigada!

  9. Olá ! Meu destino final saindo do Brasil será os EUA, na ida tenho escala de 12h e na volta uma de 1 dia e ficaremos em um hotel por lá .. não tenho comprovante de vacinação de febre amarela e estou a menos de 10 dias da viagem já , eles vão exigir obrigatoriamente a vacinação ? O que recomenda ?

  10. irei ao Estados Unidos e na viagem de volta dos EUA terá conexão em Bogotá (Colombia).
    é necessário ter o certificado internacional de vacinação contra febre amarela só fazendo conexão? e o de covid?

  11. Boa noite! Muito obrigada pelas informações!

    Farei conexão de 1h e 30m em Bogota antes de chegar em Miami.

    Minha filha de 5 anos, não vacinada, precisa apresentar PCR negativo?

    Grata!

  12. Olá! Muito obrigada pelo conteúdo! Você sabe se precisa preencher o check mig se for apenas fazer escala na combia?

  13. Boa tarde, vou fazer escala no aeroporto el dorado em Bogotá, baixei o app, mas no campo fone não aceitam nenhum número que eu coloco, sabe me informar porque acontece isso?

  14. Oi Alessandra, me tira uma dúvida, na hora de apresentar o CIVP é só o documento impresso ou precisa dele online? Ou na hora eles olham no sistema?

  15. Olá, Alessandra! O que significa “esquema vacinal COMPLETO”? Duas doses? Três? Quatro? Como é onde confirma essa informação? Poderia me ajudar? Parabéns pelo artigo!

    • oi Camilla, tudo bem?! Duas doses. Como não tem a especificação no site oficial do turismo da Colômbia, eu levo em consideração o que o Brasil considera como esquema vacinal completo. Espero ter ajudado. Grande abraço e boa viagem! ;)

  16. Olá! Vou viajar a trabalho para a Colombia, para auxiliar em uma auditoria da empresa onde trabalho. Preciso de visto? Devo ficar por lá aprox. 10 dias.

  17. Obrigada pelas informações!
    Ja tomei três dosis da vacina.
    Precisa fazer a tradução do Português para o espanhol?

  18. Olá, minha bebê menor de 2 anos precisa de teste de PCR negativo para entrar na Colômbia? Visto que vacina não foi liberada para a faixa etária.

  19. Boa tarde Alessandra! Vou pra Colômbia mês que vem e surgiu uma dúvida: ainda que o certificado de COVID seja emitido em espanhol pelo ConectSUS, ele não contém o lote da vacina e tem validade nacional, já que não há previsão de certificado internacional até hoje. Esse certificado nacional emitido em espanhol é válido?

  20. Oi Alessandra
    Obrigada pelos esclarecimentos.
    Tenho viagem para Orlando em julho com conexão na Colômbia. É necessário preencher o formulário Check Mig?
    Desde já agradeço

  21. Olá boa tarde
    Gostaria de saber se para entrar na Colômbia posso apresentar o comprovante da febre amarela como foi feito no dia que tomei, ou tenho que atualizar o mesmo de outra forma obrigada

  22. Olá, Alessandra, obrigada pelas informações.
    Tomei a vacina contra febre amarela em 2015 e solicitei ontem o CIPV no site gov.br. O certificado leva 10 dias úteis para ser emitido, mas viajo antes disso. Posso apresentar a carteirinha ou devo tentar obter o CIPV de outra forma?

  23. Olá… meu filho fará uma escala (SP-Toronto) em Bogotá (entre 21:00 e 14:00 do dia seguinte) e se hospedará em um hotel. Para saída e retorno ao aeroporto é necessário passar pela imigração? O trâmite é muito burocrático

  24. Ola! Estou com uma dúvida em relação ao RG. Tem algum prazo de vencimento, em relação a data de expedição, ou estando em bom estado de conservação e com uma foto que permita a identificação já é o suficiente?

  25. Estou com uma dúvida em relação ao RG. Tem algum prazo de vencimento, em relação a data de expedição, ou estando em bom estado de conservação e com uma foto que permita a identificação já é o suficiente?

  26. Boa tarde, estou com viagem marcada para o início de junho. Mas não estou com meu cartão de covid – 19 completo. Como proceder ?
    Obs: tenho meu cartão de vacinação completo (infantil e adulto).

    • oi Ane, a minha primeira recomendação é que você corra para completar seu esquema de vacinação para sua própria segurança. Depois, é possível entrar na Colômbia sem o comprovante de vacinação, apresentando um teste negativo para Covid-19. PCR (até 72 horas antes) ou antígeno (24 horas antes do voo). Além disso, você deve também fazer o registro através do Check-Mig (nas 24 horas anteriores ao voo) e obrigatoriamente usar a máscara durante a viagem.

  27. Comprei as passagens de ida e volta para Bogotá, se da capital eu quiser comprar uma passagem para outra Cidade da Colombia para conhecer, vou conseguir, portando apenas o RG?

  28. Boa tarde, muito obrigada pelos esclarecimentos.
    Ficaremos um dia na Colômbia, no retorno dos EUA. Minha filha tem 2 anos. Ainda não há vacina para ela. Precisa apresentar o teste negativo? Li ali que você disse que menores de dois anos não precisam.

  29. Bom dia..
    Obrigado pelas informações…
    Ainda gostaria receber esclarecimentos…
    Sou colombiano.. mas pretendo viajar para Colombia com a minha familia, esposa e 2 filhos brasileiros.. eles precisam passaporte? ou basta a identidade..
    Gostaria receber confirmações de informação…

  30. Boa Noite, excelente post! Uma dúvida,tenho um voo para Orlando e tem uma conexão para Colômbia de duas horas e meia, mesmo assim precisa do certificado de febre amarela? Na hora de apresentar o certificado pode mostrar pelo celular ou precisa ser impresso? Eles só olham ou digitam algo no sistema?

    • oi Rafaela, tudo bem? A recomendação da Avisa é que os viajantes também devem atender às exigências dos países onde irão fazer escala/conexão de voos. Portanto, é recomendado que você tenha o certificado caso ele seja solicitado. Isso não quer dizer que, na prática, a companhia aérea irá te solicitar. Já que na página da Avianca, por exemplo, dizem que o certificado não é exigido para conexões inferiores a 24 horas. Eu checaria com a companhia aérea.

  31. Qual o esquema completo pra quem tomou a janssen? Tenho apenas a primeira dose única, devo tomar a dose de reforço pra completar o esquema ?

  32. Estou com a mesma dúvida: tomei duas doses, sendo a segunda em setembro (pfizer)! Preciso tomar mais?

    Qd falam esquema de vacinação completo a dúvida vem, pois um hr é dose única, depois, duas, três, quatro…não tem fim!

  33. Minha filha tem 17 anos e tomou a segunda dose em dezembro, pergunto! Em julho ela precisará fazer teste PCR ou ainda estará valendo a vacinação para entrar na Colômbia?
    Obrigada!

  34. Finalmente um conteúdo completo e atual sobre isso! Estava super em dúvida quando vi que era exigido um certificado internacional de vacinação, mas a ANVISA informou que não emitia nenhum certificado internacional relativo ao covid. Sou nômade digital e estava querendo entrar apenas com a passagem de ida. Obrigada pelos esclarecimentos!

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário!
Digite seu nome

RESOLVA SUA VIAGEM