Você já pode começar a planejar a sua tão sonhada viagem para Argentina. Desde 1º de novembro de 2021, o país está com as portas abertas para os turistas estrangeiros depois de um longo período com fechado por conta da pandemia de Covid-19.

Hoje em dia, depois da última atualização do governo argentino em 26 de agosto de 2022, brasileiros só precisam cumprir um único requisito para entrar na Argentina: apresentar documento de viagem válido (passaporte ou rg).

Além disso, eu também recomendo que você faça um seguro viagem. Por menos de R$10 por dia, você contrata um seguro que te permitirá aproveitar com segurança e tranquilidade todas as belezas de Buenos Aires, Bariloche, Ushuaia, Mendoza, Córdoba, Rosario e Salta.

Requisitos de viagem para Argentina em 2022



Requisitos e documentos necessários para entrar na Argentina

A seguir, você confere a lista atualizada das regras e documentos para entrar na Argentina em 2022. Use e abuse desse post e aproveite essas informações constantemente atualizadas sobre como está o turismo na Argentina hoje.

  1. Documento de viagem válido (RG ou passaporte);
  2. Apólice de seguro viagem com cobertura para COVID-19*.

*A contratação de seguro viagem não é mais obrigatória para entrar na Argentina, mas é extremamente recomendado ter um bom seguro.


1. Apresentar documento de viagem válido (RG ou passaporte)

Como a Argentina e Brasil fazem parte do Mercosul, brasileiros podem apresentar apenas o documento de identidade nacional (RG) para entrar na Argentina. Não é necessário ter passaporte.

É importante ressaltar que o RG deve estar em boas condições e a foto deve ser atual e permitir identificação clara do viajante pelo agente de migração argentina.

Para viagens de turismo de até 90 dias de duração, não há necessidade de visto.


Não precisa mais de PCR para viajar para Argentina? Nem da vacina?

Não. Nem o teste Covid nem a apresentação de comprovante de vacina são mais obrigatórios para entrar na Argentina.

Porém, o governo argentino recomenda que viajantes não vacinados ou com esquema vacinal incompleto façam um teste Covid 24 horas depois da chegada ao país, mas não é algo obrigatório. Você pode pagar por um teste em um dos laboratórios particulares, como o Stamboulian ou fazer o PCR gratuito
 em Buenos Aires.


2. É altamente recomendado contratar seguro viagem para Argentina com cobertura para a COVID-19

Apesar de não ser mais um requisito obrigatório para viajar para Argentina em 2022, eu recomendo que você contrate um seguro viagem Argentina com cobertura Covid.

Acidentes e emergências não têm hora e nem lugar para acontecer e se algo acontece no exterior, em um lugar que você não conhece nada e nem ninguém, já pensou na dor de cabeça?

Pessoalmente, eu não me sinto segura em fazer uma viagem para o exterior sem um bom seguro viagem. Eu sempre penso que caso aconteça qualquer coisa, a seguradora saberá me orientar melhor sobre onde e como procurar socorro.

Além disso, sempre faço as contas e chego à conclusão que qualquer atendimento que eu precisar que pagar do meu próprio bolso, certamente será mais caro do que o investimento que eu fizer no seguro viagem, já que hoje em dia é possível contratar ótimos planos por menos de R$10 por dia de viagem.


» Como contratar seguro viagem para Argentina?

A dica de ouro que eu sempre uso e recomendo para você também, é usar um comparador online como o site da Seguros Promo para comparar lado-a-lado os planos e escolher o que é melhor para a sua viagem.

Como a empresa trabalha com um volume grande de vendas, ela consegue negociar direto com as seguradoras e oferece preços muito mais baixos. Vale a pena conferir!

Eles ainda dão vários cupons de desconto durante o ano inteiro para te ajudar a economizar muito na sua viagem para a Argentina.

QUERO FAZER UMA COTAÇÃO GRÁTIS


» Os 4 melhores planos de seguro viagem Argentina que atendem aos requisitos do governo argentino

Para facilitar muito a sua vida, listei abaixo os 4 planos de seguro viagem Argentina mais contratados pelos nossos leitores.

O valor total do seguro na imagem tem um desconto de 20% aplicado e corresponde à 10 dias de proteção durante uma viagem para Argentina.

Lista de preços dos melhores planos de seguro viagem Argentina CovidConfira mais detalhes sobre os planos de seguro viagem para Argentina e escolha a melhor opção pra você!

  1. Travel Assist 15 Am. Latina +COVID-19 é o plano de seguro viagem para Argentina mais barato do mercado. Você investe menos de R$ 10 por dia de viagem e viaja com tranquilidade, com cobertura Covid e para esportes e atividades de risco.
  2. Travel Assist 30 Am. Latina +COVID-19 é o plano de seguro viagem para Argentina Covid com melhor custo-benefício. Tem os mesmos benefícios do primeiro plano, mas o dobro de cobertura, por cerca de R$ 11 por dia de viagem.
  3. GTA 75 EUROMAX COVID-19 PLUS10 é o plano recomendado para idosos, gestantes ou pessoas com efermidade preexistentes, que precisam de uma cobertura extra. Por isso tem um valor mais elevado: R$ 50 por dia de viagem.
  4. UA 40 MUNDO (exceto EUA) COVID-19 QUARENTENA é o único plano que oferece seguro para gastos com quarentena em hotel por conta de infecção por COVID-19 durante a viagem para Argentina. Tem um valor mais elevado, de R$ 59 por dia de viagem.
Clique para ver uma comparação entre os planos e saber quais são as coberturas mais importantes na hora de contratar seu seguro Covid Argentina
Seguradora Travel Assist Travel Assist Global Travel Assistance Universal Assistance
Plano
Travel Assist 30 Am. Latina +COVID-19 Travel Assist 30 Am. Latina +COVID-19  GTA 75 EUROMAX COVID-19 PLUS10 UA 40 MUNDO (exceto EUA) COVID-19 QUARENTENA
Despesas médicas e hospitalares USD 15.000 USD 30.000 USD 75.000 USD 40.000
Despesas médica e hospitalares por COVID-19 USD 10.000 USD 10.000 USD 10.000 USD 30.000
Cobertura médica para esportes USD 15.000 USD 30.000 NÃO USD 40.000
Cobertura para gestantes USD 15.000 até 28 semanas USD 30.000 até 28 semanas USD 75.000 até 28 semanas USD 40.000 até 28 semanas
Cobertura odontológica USD 200 USD 200 USD 800 USD 500
Cobertura farmacêutica USD 200 USD 200 USD 800 USD 800
Cobertura de gastos com quarentena NÃO NÃO NÃO SIM
Passagem Aérea Ida e Volta para Um Familiar NÃO NÃO USD 2.000 USD 1.000
Regresso sanitário USD 15.000 USD 20.000 USD 40.000 USD 10.000
Gastos por atraso de voo USD 100 (após 8 horas) USD 100 (após 8 horas) USD 250 (após 12 horas) USD 300 (após 12 horas)
Assistência na localização de bagagem NÃO NÃO SIM SIM
Seguro de bagagem extraviada USD 400 USD 400 USD 1.200 USD 1.300
Orientação em Caso de Perda de Documentos SIM SIM SIM SIM
Assistência Emergencial Via Aplicativo NÃO NÃO NÃO SIM
Orientação e Direcionamento à Rede de Atendimento Médico SIM SIM SIM SIM
Seguro de Invalidez Permanente Por Acidente USD 5.000 USD 10.000 USD 12.000 USD 10.000
Valor do seguro R$ 9,63 (por dia) R$ 11 (por dia) R$ 50,7 (por dia) R$ 59 (por dia)

*Como os preços podem variar, é importante fazer uma cotação grátis específica para a sua viagem e necessidades.

A cobertura de quarentena é obrigatória?

Você também pode contratar um plano com cobertura de quarentena, que cobre gastos de diárias de hotel (até 10 dias) e remarcação de bilhetes aéreos (diferença tarifária ou multa por alteração da data da passagem) caso você se contamine antes de voltar para casa.

Pode ser interessante para quem não quer se preocupar em ter que bancar dias extras de confinamento em um país estrangeiro, né?


Regras para viajar para Argentina com crianças

Crianças menores de idade também devem apresentar documento de identificação válido.

Vale a pena viajar para Argentina em 2022?

Vale muito! O real está muito valorizado diante do peso argentino, a oferta de voos para Buenos Aires, Bariloche, Salta e Ushuaia voltou a aumentar e o país e os argentinos estão de braços abertos e precisando muito de uma grande retomada do turismo internacional.

VEJA TODAS AS DICAS DA ARGENTINA


Covid na Argentina: qual é a situação atual?

No final de 2021, com o aparecimento de novas variantes do novo coronavírus, como a Ômicron, acompanhamos a explosão de casos de Covid-19 em quase todos os países do mundo e na Argentina não foi diferente.

Com mais de 80% da população argentina vacinada com as duas doses, o país atingiu o pico de novas infecções em 16 de janeiro. Mas desde então, os casos estão diminuindo e a média diária de infecções por Covid-19 teve queda acentuada.

Leia mais sobre a situação atual da pandemia de Covid-19 na Argentina


É obrigatório o uso de máscara na Argentina?

Desde outubro de 2021 não é mais obrigatório o uso de máscara em ambientes abertos. Porém, você ainda deve usá-las em locais fechados, incluindo transporte público.

Confira as atualizações sobre o assunto.


O que precisa para entrar na Argentina de carro

Se você tá pensando em em fazer uma viagem para Argentina de carro ou moto é importante saber que você também terá que providenciar uma documentação extra para entrar no país com o seu veículo.

1. Carteira Nacional de Habilitação (CNH) válida;

2. Comprovante de Seguro Carta Verde vigente, que nada mais é que um seguro de responsabilidade civil por danos causados a terceiros obrigatório para rodar em países do Mercosul como Uruguai, Chile e Paraguai (além de estrangeiros no Brasil).

É importante destacar que o Seguro Carta Verde cobre apenas danos a terceiros, ou seja, ele não substitui o seguro do seu veículo ou seu seguro viagem. Além disso, ele não precisa ser contratado junto à seguradora do seu carro. Ou seja, você pode pesquisar e encontrar o melhor preço com outras empresas.

E de acordo com determinação da Superintendência de Seguros Privados (SUSEP), o Seguro Carta Verde também é obrigatório para ‘motos, bicicletas motorizadas, reboques e moto homes matriculados e/ou registrados no Brasil, ao ingressarem, em viagem internacional, nos países membros do Mercosul’.

3. Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV), o famoso ‘documento do carro’, no nome do motorista do veículo.

No caso da viagem para Argentina ser feita em um veículo alugado, ou de terceiro, deve-se emitir e registrar em cartório uma Autorização para Circulação no MERCOSUL (ACM). Veja um modelo do documento aqui.

É importante também observar e respeitar todas as normas e regulamentos do Código Nacional de Trânsito da Argentina quando estiver visitando o país. Não vacile!

ATENÇÃO! Você não pode entrar na Argentina com sua CNH. É preciso ter em mãos o RG ou passaporte para passar pelo controle de imigração.


Pontos de fronteira abertos para viagem para Argentina

Em 7/4/2022, o regime operacional pré-pandemia dos pontos de entrada na Argentina foi retomado. A categoria de ‘corredor seguro’ foi eliminada e eles funcionarão nas condições estabelecidas antes da pandemia.

Clique para ver os principais aeroportos da Argentina abertos para viajantes estrangeiros.
  • Aeropuerto Internacional de Ezeiza e Aeroparque Jorge Newbery em Buenos Aires
  • Taravella – Aeroporto Internacional de Córdoba
  • Aeropuerto Internacional Gobernador Horacio Guzmán em Jujuy
  • Aeropuerto Internacional El Plumerillo em Mendoza
  • Aeropuerto Internacional Cataratas del Iguazú
  • Aeropuerto Internacional Juan Domingo Perón em Neuquén
  • Aeroporto Internacional Teniente Luis Candelaria em Bariloche
  • Aeropuerto Internacional Martín Miguel de Güemes em Salta
  • Aeropuerto Internacional Domingo Faustino Sarmiento em San Juan
  • Aeroporto do El Calafate
  • Aeropuerto de Ushuaia – Malvina Argentinas
Pontos de fronteira terrestre entre Brasil e Argentina abertos
  • Centro de Frontera Iguazú – Puente internacional Tancredo Neves;
  • Centro de Frontera Paso de los Libres – Uruguayana;
  • Bernardo de Irigoyen – Dionísio Cerqueira.

Clique para ver as localizações dos pontos de fronteira abertos para uma viagem para Argentina no mapa.


Requisitos para voltar ao Brasil depois da viagem para Argentina

Atualmente você não precisa da declaração jurada para sair da Argentina.

No Brasil, desde a publicação da Portaria Interministerial 670/22, viajantes internacionais que chegam no país de avião, devem apenas apresentar comprovante de esquema de vacinação completo. Não é mais preciso apresentar resultado negativo de teste para Covid-19.

Já os viajantes não vacinados que chegarem no país por via aérea, devem apresentar resultado negativo de teste para Covid-19 (RT-PCR ou antígeno) realizado um dia antes do momento do embarque.

Crianças com menos de 12 anos que estejam viajando acompanhadas, estão isentas de apresentar testes desde que os acompanhantes apresentem comprovante de vacinação ou resultados negativos.

Caso estejam viajando desacompanhadas, deverão apresentar o resultado negativo de teste para Covid (RT-PCR ou antígeno) realizado até um dia antes da volta para o Brasil.

Crianças menores de 2 anos estão isentas dos testes.

Brasileiros e estrangeiros residentes não precisam apresentar comprovante de vacinação ao entrar no Brasil por via terrestre. A apresentação do comprovante só é obrigatória para estrangeiros não residentes.

A Declaração de Saúde do Viajante (DSV) não é mais exigida para embarque com destino ao Brasil.


Perguntas frequentes: regras para entrar na Argentina 2022

Brasileiro precisa de passaporte para entrar na Argentina?

Não. Viajantes brasileiros só precisam da carteira de identidade nacional (RG) em boas condições e com uma foto atual para entrar na Argentina. Caso seu RG seja muito antigo, também é possível viajar com um passaporte brasileiro válido. Conheça todos os requisitos para entrar na Argentina em 2022.

Precisa de seguro Covid para entrar na Argentina?

Não. Depois da última atualização do governo argentino em 26/8/2022, não é mais necessário ter seguro viagem com cobertura Covid . Porém, eu super recomendo que você tenha um. Conheça 4 melhores planos de seguro viagem para Argentina.

O que preciso para entrar na Argentina?

Brasileiros precisam apenas apresentar documento de viagem válido (RG ou passaporte) para entrar no país. Ter seguro viagem com cobertura para COVID-19 é altamente recomendado.

Brasileiros já podem entrar na Argentina?

Sim. A entrada de brasileiros na Argentina está liberada desde o dia 1º de novembro de 2021 e recentemente o governo argentino anunciou novas medidas que facilitam a entrada de viajantes internacionais no país. Veja a seguir o que você precisa para entrar na Argentina hoje.

Preciso apresentar o certificado de vacinação para entrar na Argentina?

Não. O certificado de vacinação para COVID-19 não é mais uma exigência para entrar na Argentina desde o dia 7 de abril de 2022. Saiba quais são os requisitos para entrar na Argentina hoje.

Preciso de visto para entrar na Argentina?

Não. Como Argentina e Brasil são Estados Membros do Mercosu, viajantes brasileiros em viagens de turismo de até 90 dias de duração não precisam de visto. Veja quais são as exigências para viajar para Argentina em 2022.

Preciso fazer exame PCR para entrar na Argentina?

Não. O teste RT-PCR para detecção do Covid não é mais obrigatório para entrar na Argentina desde o dia 7 de abril de 2022. Saiba mais.


Leia mais dicas do que fazer em Buenos Aires e na Argentina


RESOLVA SUA VIAGEM

Viajante, fotógrafa e bióloga. Largou tudo e ganhou tudo ao mudar de rumo em 2012 depois de defender um doutorado em biologia molecular na USP. Desde então vive, viaja e trabalha com foto e vídeo, sua verdadeira vocação. Ama viajar fora do esquema turistão e gosta mesmo é de paisagem humana!

77 COMENTÁRIOS

  1. Boa noite Alessandra estou com uma dúvida! Quem viaja via aérea para Buenos Aires também não precisa mais fazer a carta jurada correto? Ou só que vai via terrestre que não precisa mais ?

  2. A gente precisa apresentar a passagem de ida e volta no aeroporto para embarcar para a Argentina, certo? Acho que ficou faltando essa informação aí.
    Sabe se a passagem de volta para o Brasil pode ser de ônibus? Ou precisa ser voo?

  3. Olá Alessandra, tudo bom? Estou com dúvida em relação a entrada para Buenos Aires vindo de Montevideu (terrestre). Vamos passar 4 dias lá e depois ir para Buenos Aires. Tem alguma restrição nessa entrada? Como ter que fazer alguma quarentena por ter vindo de outro país?

  4. Olá, primeiramente parabéns pelas postagens e informações. Em outro site tem a informação que o seguro viagem tem que ter cobertura mínima de $20.000 (dólares) para Covid (entendo que seria para os três casos: serviços de hospitalização, isolamento e transferência médica), consultei o site oficial é lá não diz valores, você sabe se procede esta informação? Obrigado.

  5. Boa Tarde !

    Vamos para o Chile com conexão em Buenos Aires , para ida fiz a Declaração exigida pela Argentina , para volta será necessário fazer novamente ? A conexão será no aeroporto Aeroparque .

  6. Alessandra, boa tarde!
    preciso de informações para não vacinados que retornam ao Brasil.
    Li que para entrar na Argentina não precisa do comprovante de vacina. Agora quando eu retornar ao Brasil, seria suficiente eu apresentar o teste negativo do COVID ou ainda assim me será exigido o comprovante da vacina? Por gentileza, até agora não obtive uma resposta satisfatória, pode me ajudar?

  7. Alessandra, tudo bem? Ótimo post, parabens! Fico com dúvida com relação ao seguro covid, irei entrar na Argentina por via terrestre (ónibus), em contato com a empresa para ver as documentações necessárias disseram que não é obrigatório fazer esse seguro, mais em todos lados vejo que é um item obrigatório, independente da forma que você vai entrar no país. Qual fonte voce achou a informação ? To buscando uma orientação sabe? to com medo de arriscar ir sem.

    • oi Romulo, tudo bem? Eu só me baseio pelas fontes oficiais dos países. Tem o link no post para você checar. Apesar de não ser obrigatório para entrada por via terrestre na Argentina, eu recomendo que você faça um. É um investimento que vale a pena.

  8. Vou para Corrientes de moto em dezembro. De moto precisa DDJJ e seguro? Temos as 03 doses da vacina, mais não temos as adicionais, tem algum problema ir ou voltar para o Brasil?

  9. Uma dúvida com criança não vacinada. Ela entra na Argentina com declaração e seguro. Mas no retorno para o Brasil precisa fazer o teste PCR então? Já que é exigido comprovante vacinação no retorno …

    • Crianças com menos de 12 anos, que estejam viajando acompanhadas, estão isentas de apresentar testes para rastreio da infecção (Covid-19) pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2), desde que todos os acompanhantes apresentem documentos com resultado negativo ou não detectável, do tipo laboratorial RT-PCR ou teste de antígeno, realizado até um dia antes do momento do embarque/ingresso no país.

      Você pode conferir todas as regrsa no site da Anvisa.

  10. Minha filha tem 3 anos e não tomou a vacina.
    Para o retorno ao Brasil eu e minha esposa devemos fazer o exame do covid 24h do embarque para a volta ao Brasil?
    Obrigado e parabens

  11. Bom dia Alexandra temos um planejamento. de viagem para a patagônia, de carro, em setembro… Acha possível ante a anunciada crise de abastecimento de combustível? Desde já obrigado

  12. Olá, Alessandra. Tudo bem? Eu e minha esposa resolvemos viajar para Argentina no fim de agosto e começo de setembro (Buenos Aires e Bariloche). Ela não conhece. No entanto, ouvimos que talvez não seja um bom momento, devido a questões políticas. Por outro lado, uma pessoa conhecida esteve em Buenos Aires há cerca de 3 meses, e disse que o país continua lindo e bom para turismo. Sabe me dizer algo a esse respeito, como está a situação por lá? Obrigado.

    • oi Celso, tudo bem?! Passei alguns meses na Argentina no primeiro semestre (voltei em abril) e está tudo lindo para o turista. Não vejo motivos para preocupação para quem está a passeio. Inclusive, o câmbio para brasileiros está ótimo!

  13. Olá! Uma dúvida com relação ao regresso ao Brasil, se a pessoa for não vacinada contra COVID.
    Pra entrar na Argentina sem comprovante de vacinação, está liberado, correto?
    Mas, pra retornar ao Brasil eu preciso comprovar vacinação? Seria isso, ou entendi errado? Obrigado!

  14. boa noite galera!!!
    para aqueles que farão sua tão sonhada primeira viagem internacional, antes de fazer seu seguro viagem, deem uma olhadinha nos benefícios do seu cartão de credito.
    muitos cartões dão o seguro viagem, saúde e inclusive seguro de automóvel no caso de locação, o que reduz muito o custo das viagens, nos trazendo benefícios.
    o seguro do cartão, é vc entrar em contato com a operadora do seu cartão, para avisar que vai fazer a viagem, os informando a data de ida e de retorno.
    em alguns cartões, se estende a toda família que vai viajar, no caso, seus dependentes (esposa e filhos)
    locadoras de veículo não informam, mas na hora de alugar um carro, quando retiramos o seguro da cotação, cai bastante o valor.
    e só vc ver se o seu cartão te dá este beneficio. entre no site e veja a categoria do seu cartão. nem sempre são só para cartões top.
    cartões de credito dão comodidades como reboque, chaveiro, instalação e manutenção de utensílios. esses mimos não saem de graça, estão embutidos na anuidade…
    espero ter ajudado

  15. BOA TARDE.
    ESTAREMOS INDO A BUENOS AIRES NA PROXIMA QUARTA FEIRA.
    VIA AEREA.
    TEMOS QUE TER EM MÃOS A APOLICE DO SEGURO SAUDE?

  16. Bom dia, fiquei com dúvida no regresso da Argentina para o Brasil.
    É necessário fazer teste de covid para voltar ao Brasil?

  17. Oi Alessandra, muito obrigada por suas dicas. Segui seu conselho, fiz um seguro viagem no site seguros promo para viajar para a Argentina no dia 30 de abril de 2022, optei pelo seguro My travel assist 15 Am. Latina +covid19 para 20 dias. Paguei R$ 153,70. A cobertura para covid19 é para despesas médicas e hospitalares. Não tinha cobertura de quarentena, nem traslado por covid19. Entrei sem nenhum problema na Argentina.

  18. Primeiro obrigado pelas dicas e parabéns pelo site. Segundo, minha duvida é: tenho seguro viagem do cartão de crédito, que cobre despesas médicas de COVID 19. Porém ele não possui cobertura de isolamento e traslado sanitário de covid 19. O seguro que já tenho basta ou tenho que contratar um seguro adicional?

  19. Olá,
    Vamos em setembro de 2022, vamos entrar pela Fronteira Foz-Puerto Iguazu (via terrestre) e pegaremos o voo em Puerto Iguazu com destino a Buenos Aires. Precisamos de um seguro viagem? O do cartão de crédito mastercard platinum é suficiente?

  20. Boa Tarde, o seguro de saúde para viagens oferecido pelo cartão de crédito preenche a exigencia de seguro para o turista ou teria que contratar tb um seguro de viagem diretamente?

  21. Olá, tudo bem?

    Estarei indo para Argentina e julho e como possuo o cartão de crédito Visa Platinum que dá direito ao Seguro Viagem que cobre Despesas médicas, hospitalares em viagem ao
    exterior por COVID-19, porém na apólice não consta nada sobre quarentena devido a COVID-19. As opções de de seguro viagem que são indicadas no post não possuem essa opção de quarentena devido a COVID- também, pois esse tipo de seguro está saindo até 4 vezes mais caro que a opção de “apenas” COVID-19.
    Será que eles estão pedindo o seguro COVID-19 quarentena para entrada?
    Obrigado

  22. Alessandra, obrigado pelo retorno. Última dúvida, a Coris emiti o certificado da apólice em inglês e em português, mas não emite em espanhol. Devo levar os dois impressos ou somente em inglês? Seu blog me ajudou com várias dúvidas pra essa viagem :) . Gratidão!

    • Fico feliz em ajudar, Thiago! Em inglês ou português tá beleza. Eles vão conferir no seu check in. Eu como sou muito encanada, gosto de destacar a parte onde está descrita a cobertura para Covid-19. Grande abraço e boa viagem! :)

  23. Boa tarde Alessandra. Contratei o seguro viagem Coris 60 Basic + Covid19. Vou entrar na Argentina via Buquebus (Montevideo – Buenos Aires). O plano que contratei não contempla a cobertura de isolamento, mas tenho o esquema vacinal completo, inclusive com dose de reforço. Por experiência, você acredita que é suficiente e que não irão me pedir a cobertura extra para isolamento?

  24. Outra questão, é com relação a hospedagem, iremos ficar em casa de amigos que moram lá, na imigração, pedem algum documento comprovando isso?

    • Olha, Mauro. Não pediram para mim e nem para meus amigos e familiares que foram me visitar. Mas se te deixar mais tranquilo, você pode pedir para seus amigos enviarem uma carta (por e.mail mesmo), explicando o convite, com o dni deles e endereço. Confesso que pedi para o dono do Airbnb que fiquei fazer uma, porque sou muito encanada. :)

  25. Boa tarde! Preciso apresentar a passagem aérea da volta? Pergunto pois iremos de avião mas a volta talvez seja de carro com amigos e se não for irei comprar as passagens já estando lá mesmo.

    • Não me pediram nada, Mauro. Eu sugiro isso para facilitar a vida de viajantes que não têm muita experiência. Caso alguém na imigração te peça a passagem de volta, é só falar isso que você acabou de me explicar.

  26. Olá, Alessandra.
    Muito obrigado pelo excelente post.
    Você não mencionou como está a obrigatoriedade do uso de máscara por lá.
    Poderia fornecer esta informação?
    Desde já, Muito obrigado por sua atenção.

    • oi Alex, tudo bem?! Agradeço o comentário. Vou adicionar a informação no texto. Bem útil, né?! Desde outubro de 2021 o uso de máscara em ambientes abertos não é mais obrigatório. Porém, você ainda deve usá-las em locais fechados, incluindo transporte público. Você pode conferir as atualizações sobre o assunto através deste link.

  27. Ótimas dicas , pretendo ir de ônibus
    Preciso ter o seguro saúde ?
    Ou só preencher a carta juramentada.
    Na hora que pergunta de seguro saúde marco em não , não vou ter problemas na migração ?

    • Oi Eduardo, tudo bem? Segudo as regras atualizadas, o seguro viagem não é obrigatório para entrada por via terrestre. Mas sinceramente, recomendo que você faça um, já que se tiver algum problema, terá que pagar do próprio bolso. É para sua própria segurança.

  28. Olá.. eu ainda fiquei em dúvida, vou de carro para Foz e passar um dia em Puerto Iguazu, preciso preencher a DDJJ ?

  29. Muito boas suas informações e dicas por nós que pretendemos viajar.
    Foi de grande valia, pois pretendo ir pra Buenos Aires brevemente e embarcando pelo aeroporto internacional cataratas de Iguaçu que fica no lado Argentino pois embarcando por lá a passagem é muiiiito mais barata.

  30. Segundo o Portal do Gov.:

    Prezado viajante,

    Conforme a Portaria Interministerial nº 670, de 1º de abril de 2022, a Declaração de Saúde do Viajante não é mais exigida para embarque com destino ao Brasil.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário!
Digite seu nome