Se você está planejando uma viagem para o Peru na pandemia de Covid-19, é muito importante se atualizar em relação a regras e requisitos para a entrada de viajantes brasileiros no país.

Neste post, eu vou te contar tudo o que você precisa saber para organizar a sua viagem ao Peru por via aérea ou terrestre. Informações super úteis e atualizadas sobre a reabertura do turismo no Peru durante a pandemia do novo coronavírus.

Dicas do melhor seguro viagem para o Peru



Viagem Peru em tempos de Covid-19: o país está aberto para brasileiros?

Sim, as fronteiras peruanas estão abertas para viajantes brasileiros desde setembro de 2021, com tendência a diminuir cada vez mais asrestrições de viagem.

Depois de um período fechado para o turismo durante o ápice da pandemia do novo coronavírus, o país iniciou um processo de reabertura gradual graças à queda no número de infeções e mortes por Covid-19.

Regras e requisitos para uma viagem para o Peru


Covid-19 no Peru: qual é a situação atual com a variante Ômicron?

No final de 2021, acompanhamos a explosão de casos de Covid-19 em quase todos os países do mundo e no Peru não foi diferente.

Apesar do suceso do programa de vacinação peruano, que já imunizou mais de 74% da população, o país viveu um pico de infecções em 23 de janeiro de 2022, causado pela variante Ômicron.

Desde então, o número de novas infecções por Covid-19 baixou muito e a situação parece estar controlada. Mesmo assim, é muito importante que você tome todos os cuidados na sua viagem para o Peru. Use sempre máscara pff2/N95, evite aglomerações e cuide-se!

A seguir, você saberá quais são todos os requisitos para entrada no Peru em 2022. Lembrando que é sempre necessário conferir as informações atualizadas através dos canais oficiais peruanos (site do IPERÚ e IPERÚ WhatsApp).

Requisitos para entrada no Peru durante a pandemia de Covid-19

De acordo com as regras do Ministério da Saúde do Peru, atualizadas em 28/02/2022, qualquer estrangeiro em viagem para o Peru, deverá cumprir os seguintes requisitos:

  1. Apresentar documento de viagem válido (RG ou passaporte);
  2. Apresentar comprovante de esquema completo de vacinação contra a Covid-19 até quatorze (14) dias antes do embarque;
  3. Preencher a ‘Declaración Jurada de Salud y Autorización de Geolocalización’ nas 72 horas anteriores à viagem para o Peru.

Mais detalhes sobre os requisitos para entrada de brasileiros no Peru

Como a preparação para a viagem para o Peru em tempos de pandemia de Covid-19 requer alguns cuidados e documentos extras, vou te dar mais detalhes sobre cada uma das regras e requisitos para a entrada de brasileiros no Peru.

1. Apresentar documento de viagem válido (RG ou passaporte)

Um dos requisitos obrigatórios para realizar uma viagem para o Peru é a apresentação de um documento de viagem válido, que pode ser passaporte ou documento nacional de identidade (RG), no caso de cidadãos da Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai, Equador, Colômbia, Bolívia e Chile.

Requisitos para viagem ao Peru na pandemia

É importante ressaltar que o RG deve estar em boas condições e a foto deve permitir identificação clara do visitante. O passaporte deve ter validade mínima de seis meses a partir da data da viagem para o Peru.


2. Apresentar comprovante de esquema completo de vacinação contra a Covid-19 até quatorze (14) dias antes do embarque

Estrangeiros com mais de 12 anos de idade (independente da nacionalidade) deverão apresentar comprovante de esquema vacinal completo há pelo menos 14 dias para viajar para o Peru.

O país aceita todas as vacinas aprovadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). São elas:

  • Pfizer/BioNTech Comirnaty
  • Oxford/AstraZeneca
  • Janssen (Johnson & Johnson)
  • Moderna
  • Sinopharm
  • Sinovac-CoronaVac
  • COVAXIN (Bharat Biotech)
  • CanSino
  • Sputnik-V (Generium)

São aceitos certificados de vacinação impressos ou digitais, comprovando esquema completo de vacinação com mais de 14 dias antes do embarque.

Para emitir seu Certificado de Vacinação Digital (em português, inglês e espanhol), basta acessar a plataforma ConectSUS.


E não precisa de PCR?

O Decreto oficial publicado em dia 9/12/2021, determina exigência de resultado negativo para Covid-19 em teste RT-PCR feito em até 48 horas antes da viagem apenas para pessoas maiores de 12 anos que não estejam vacinadas ou que não tenham completado o esquema de vacinação.

Menores de doze anos estão dispensados ​​da realização do teste RT-PCR desde que não apresentem nenhum sintoma de Covid-19.


3. Declaração Juramentada de Saúde e Autorização de Geolocalização

Para completar a lista de exigências para uma viagem para o Peru em 2022, é obrigatório preencher a ‘Declaración Jurada de Salud y Autorización de Geolocalización’ nas 72 horas anteriores ao embarque.

A declaração é individual e deve ser preenchida através de um formulário online disponível no site do governo (em inglês e espanhol).

Declaração Juramentada de Saúde e Autorização de Geolocalização do Peru
Foto: Reprodução

Ao terminar o preenchimento do formulário você receberá a declaração, que deverá ser apresentada à companhia aérea no embarque para sua viagem ao Peru (você pode apresentá-lo no celular ou impresso).

No caso de menores de idade, o preenchimento da declaração deverá ser realizado pelo responsável.

É bom ressaltar também, que viajantes que apresentarem sintomas de Covid-19 durante sua viagem ao Peru, deverão realizar isolamento obrigatório.


Seguro viagem Peru é necessário?

Seguro viagem para o Peru não é um dos requisitos obrigatórios para a entrada de turistas brasileiros no país. Porém é extremamente recomendável que você contrate um.

Apesar do sistema de saúde peruano ser fragmentado em setor público e setor privado, os hospitais públicos não oferecem atendimento gratuito a turistas estrangeiros e dependendo da gravidade da emergência, o atendimento pode custar o equivalente a dezenas, centenas ou milhares de dólares.

Meu lema é: nunca viaje para o exterior sem um bom seguro viagem. Principalmente em tempos de pandemia. É um investimento que você torce para não usar, mas que é te oferece uma segurança imensa.

Essa também é a recomendação do Ministério das Relações Exteriores do Brasil.

A dica para economizar em seguro viagem para o Peru é usar um comparador de seguros viagem online para comparar apólices de várias seguradoras lado-a-lado e contratar o plano ideal. Eu uso e recomendo o site da Seguros Promo, que tem o melhor preço e atendimento do mercado.

 

A tabela abaixo compara os valores para 1 semana de viagem para o Peru dos 4 planos mais contratados pelos nossos leitores no site da Seguros Promo.

Tabela com preços de seguro viagem para América do Sul
Foto: Reprodução

QUERO FAZER UMA COTAÇÃO GRÁTIS

Seguro viagem Peru com cobertura de quarentena

Atualmente, existe um seguro viagem com cobertura especial de quarentena que oferece proteção em caso de contaminação por Covid-19 antes de voltar para o Brasil.

A cobertura inclui cobertura de gastos de diárias de hotel (até 10 dias), remarcação de bilhetes aéreos (diferença tarifária ou multa por alteração da data da passagem) e viagem para acompanhante caso seja necessário.

Uma proteção a mais para quem não quer ter dor de cabeça nenhuma durante a viagem.


Ficou com alguma dúvida, acesse o guia completo com as melhores dicas de seguro viagem para o Peru em 2022 ou deixe um comentário.


Pontos de fronteira aérea e terrestre abertos para viagem ao Peru

Os aeroportos peruanos estão abertos para receber turistas brasileiros e desde 14/2/2022, mediante Decreto Supremo 015-2022-PCM, as fronteiras terrestres do país também foram reaberturas para o ingresso e transporte de passageiros.

Quais são as regras para escala de viagem no Peru?

Para escalas de viagem no Peru com permanência inferior a 24 horas, não é necessário preenchimento da Declaração Juramentada.

O viajante deve apresentar RT-PCR ou teste de antígeno negativo, somente se o país do destino final exigir.


Requisitos para voltar ao Brasil depois da viagem ao Peru

Desde a publicação da Portaria Interministerial 670 em 1/4/2022, viajantes internacionais com esquema de vacinação completo não precisam mais apresentar resultado negativo de teste para Covid-19.

A Declaração de Saúde do Viajante (DSV) também não é mais exigida para embarque com destino ao Brasil.

A Portaria atende à recomendação da Anvisa e entrou em vigor no momento de sua publicação.

Leia as informações completas no site do governo brasileiro.


Laboratórios em Lima para fazer teste PCR para voltar para o Brasil

Como o Brasil exige resultado negativo para Covid-19 ou através de teste RT-PCR (feito em até 72 horas antes do embarque) ou em teste rápido de antígeno, você precisará encontrar um laboratório para realizar um desses exames.

Alguns laboratórios que têm unidades nos principais hubs aéreos utilizados em viagens para o Peru, são:

  • Aptus (Lima). Entrega o resultado em 24 horas e reserva horário;
  • SYNLAB (Lima e Arequipa). Entrega o resultado entre 12 e 24 horas em Lima e em 48 horas em Arequipa;
  • Unilab (Lima e Arequipa). Entrega o resultado entre 12 horas em Lima e em 48 horas em Arequipa.

Leia mais dicas de viagem para o Peru


Salve essas dicas de viagem para o Peru no Pinterest

Saiba quais são todas as regras e requisitos para uma viagem para o Peru em 2022 durante a pandemia do novo coronavírus.

Saiba quais são todas as regras e requisitos para uma viagem para o Peru em 2022 durante a pandemia do novo coronavírus.


RESOLVA SUA VIAGEM

Viajante, fotógrafa e bióloga. Largou tudo e ganhou tudo ao mudar de rumo em 2012 depois de defender um doutorado em biologia molecular na USP. Desde então vive, viaja e trabalha com foto e vídeo, sua verdadeira vocação. Ama viajar fora do esquema turistão e gosta mesmo é de paisagem humana!

8 COMENTÁRIOS

  1. Para entrada no Peru, como NÃO tenho vacinação nenhuma para covid, posso apenas apresentar o exame PCR negativo com 72h de antecedência?

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário!
Digite seu nome