Você sabia que o Planetário Professor Aristóteles Orsini foi o primeiro planetário aberto ao público a ser inaugurado em janeiro de 1957 em São Paulo, no Brasil?!

Ele também é conhecido como Planetário Ibirapuera e está localizado no famoso Parque do Ibirapuera, um dos cartões postais da capital paulista.

Planetário Ibirapuera em SP

Além de ser um importante patrimônio histórico, científico e cultural da cidade de São Paulo, cada sessão é uma viagem deslumbrante através do espaço e do tempo e permite com que crianças a partir de 5 anos vejam, de suas poltronas, o universo revelado na projeção dinâmica em toda a cúpula do prédio.

Aproveita as dicas e vem conhecer esse passeio que voltou a fazer parte da programação cultural de SP. Vem viajar pelo espaço!



Planetário Ibirapuera: o primeiro planetário do Brasil

O Planetario Ibirapuera tem mais de 65 anos de atividade e alguns anos depois de ter sido inaugurado em 26 de janeiro de 1957, a Escola Municipal de Astrofísica (EMA) também foi construída no local, que tornou-se referência em astronomia e astrofísica no Brasil.

Hoje em dia, dentro do planetário funciona um projetor Starmaster do século passado da alemã Carl Zeiss recém arrumado, que agora oferece projeção fulldome. Ou seja, os espetáculos são projetados em toda a extensão da cúpula de 18 metros de diâmetro onde são projetados os astros que nos levam a viagens imersivas incríveis pelo nosso universo.

Sala do Planetário Ibirapuera em SP
Sala do Planetário Ibirapuera em SP

Antes de entrar no prédio do Planetário Ibirapuera, observe no teto da entrada principal as constelações das Três Marias, de Órion e do Cruzeiro do Sul. É como pegar um trem para as estrelas!

Entrada do Planetário Ibirapuera em SP
Entrada do Planetário Ibirapuera em SP

Para completar, ao sair da sessão no Planetário Ibirapuera, não deixe de conferir a exposição de objetos que contam um pouco da história do lugar e da astronomia brasileira. Vale a pena!

Exposição no Planetário Ibirapuera em SP
Pequeno museu no Planetário Ibirapuera

O prédio é um patrimônio da cidade de São Paulo tombado pelo Conselho Municipal de Tombamento e Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (CONPRESP) e pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado (CONDEPHAAT).


Leia também: Agenda Cultural SP – Os melhores eventos do mês na cidade


Atrações e programação do Planetário Ibirapuera

Desde sua reabertura, no final de 2021, o Planetário Ibirapuera segue com múltiplas sessões disponíveis ao público e a programação aumentou depois da mudança de administração.

O Planetário do Ibirapuera não é administrado pela Prefeitura de São Paulo através da Universidade Aberta do Meio Ambiente. ‘Quem comanda’ agora é a Urbia, concessionária responsável pela gestão de vários parques de São Paulo e do Sul do país

A programação acontece de quinta a domingo e é atualizada semanalmente. Você pode saber mais sobre ela no site oficial.

O passeio é para toda a família e alguns destaques da programação em cartaz, são:

Planetas do Universo

Sessão de pouco mais de 40 minutos sobre as mais importantes descobertas na busca por planetas fora do Sistema Solar.

Olhar o Céu de São Paulo Outra Vez

Essa é a atração que marcou a reabertura do Planetário Ibirapuera depois de muito tempo fechado. Ela destaca o céu de São Paulo, que há muito não se vê por causa da poluição luminosa na cidade.

Sessão Infantil

Sessão especial ao vivo com o projetor de estrelas, capaz de reproduzir o céu de qualquer lugar do mundo, no passado, presente ou futuro. Nesse espetáculo, a ideia é contemplar o céu de São Paulo, em homenagem ao aniversário da cidade.

Projeto Científico

Sessão com aproximadamente 35 minutos de duração, infantil, que conta a história de Neco e Silo, do Planeta Arconine, que ganharam um prêmio por um projeto científico sobre o Sistema Solar e decidem dividir essa alegria em uma transmissão pirata em plena cúpula do Planetário. Uma verdadeira imersão!

Apesar da programação ser livre para todas as idades, recomendo a partir de 5 anos.


Quanto custa a entrada do Planetário do Ibirapuera?

Os ingressos do Planetário Ibirapuera custam entre R$ 15 (meia-entrada) e R$ 30 e devem ser adquiridos com antecedência através do site.

Como acessar o Panetário do Ibirapuera? Qual é o portão?

Se você estiver de carro, a entrada é pelo portão 3 do Parque do Ibirapuera. Portão 10 para os pedestres. É bom chegar cerca de 1h antes de cada sessão para estacionar na Zona Azul com calma e chegar com tranquilidade.


Onde fica o Planetário Ibirapuera

Veja no mapa interativo a seguir, a localização do Planetário Ibirapuera, dentro do famoso Parque do Ibirapuera, que também abriga alguns dos melhores museus de SP.


Leia também: Como usar um mapa personalizado do Google para organizar sua viagem


Bônus: Tours no Parque Ibirapuera

Um dos jeitos mais diferentes de conhecer e aproveitar o Parque Ibirapuera é fazendo um tour guiado de 2 horas pelo parque.

Você também pode combinar uma visita ao Ibirapuera com um tour pelos museus de São Paulo.


Leia também: Os melhores parques de SP para lazer ao ar livre


Dúvidas frequentes sobre o Planetario Ibirapuera

Como funciona o Planetário do Ibirapuera?

A programação acontece de quinta a domingo e é atualizada semanalmente. O Planetário possui um projetor Starmaster com projeção em toda a extensão da sua cúpula de 18 metros de diâmetro. Uma imersão no Universo. Saiba como comprar seu ingresso.

Quanto custa o ingresso do Planetário Ibirapuera?

Os ingressos do Planetário Ibirapuera custam entre R$ 15 e R$ 30. Leia mais e compre seu ingresso.

Quanto tempo dura a sessão do Planetário do Ibirapuera?

As sessões tem duração aproximada de 40 minutos. Confira a programação para saber mais detalhes.

Qual é o portão do Planetario Ibirapuera?

Portão 3 para a entrada de carros e Portão 10 para pedestres. Veja mais detalhes.

Como comprar ingresso para o Planetário?

Você pode comprar seu ingresso com antecedência através do site da Urbia.


Leia mais dicas do que fazer em SP


RESOLVA SUA VIAGEM

Viajante, fotógrafa e bióloga. Largou tudo e ganhou tudo ao mudar de rumo em 2012 depois de defender um doutorado em biologia molecular na USP. Desde então vive, viaja e trabalha com foto e vídeo, sua verdadeira vocação. Ama viajar fora do esquema turistão e gosta mesmo é de paisagem humana!

4 COMENTÁRIOS

  1. Está aberto? Para visitas e sessões? Pode ir direto ou precisa comprar? Durante a semana abre, qual horário? Fins de semana abre? Quais horários? Não há essas informações atualizadas em lugar algum.
    Aguardo retorno. Muito obrigada por enquanto!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário!
Digite seu nome