Permissão internacional para dirigir na África do Sul: precisa da PID para alugar um carro no país?

Cupom de desconto para abrir sua conta Nomad

Um dos principais itens no planejamento de uma viagem de carro no exterior é ter a Permissão Internacional para Dirigir. E a PID na África do Sul é documento obrigatório para retirar o veículo na locadora, viu?

A boa notícia é que antes da minha última viagem de carro para o exterior, eu descobri uma dica maravilhosa que vai te ajudar a emitir esse documento oficial online, de maneira segura, confiável e mais rápido e mais barato que no DETRAN do seu estado.

Vem comigo que eu te conto tudo o que você precisa saber sobre a PID na África do Sul.

Precisa de PID na África do Sul?



O que é PID?

A PID (Permissão Internacional para Dirigir), também chamada de carteira internacional, é um documento oficial impresso, que vale como a tradução da CNH brasileira em nove idiomas: inglês, espanhol, português, chinês, japonês, árabe, russo, francês e alemão.

O documento segue um padrão internacional reconhecido por mais de 100 países signatários da Convenção de Viena sobre Trânsito Viário (em 1968) e é a comprovação oficial para autoridades estrangeiras de que você está habilitado a dirigir no país.

A Permissão Internacional para Dirigir é uma tradução da CNH brasileira. Precisa de PID para dirigir na África do Sul.


Clique para ver a lista de todos os países que fazem parte da Convenção de Viena sobre Trânsito Viário

África do Sul, Albânia, Alemanha, Anguila (Grã-Bretanha), Angola, Arábia Saudita, Argélia, Argentina, Arquipélago de San Andres – Providência e Santa Catalina (Colômbia), Armênia, Austrália, Áustria, Azerbaidjão, Bahamas, Barein, Bélgica, Bermudas, Bielo-Rússia (Belarus), Bolívia, Bósnia-Herzegovina, Bulgária, Cabo Verde, Canadá, Cazaquistão, Cayman (Grã-Bretanha), Ceuta e Melilla (Espanha), Chile, Cingapura, Colômbia, Congo, Coréia do Sul, Costa do Marfim, Costa Rica, Cote D’ivoire, Croácia, Cuba, Dinamarca, El Salvador, Emirados Árabes Unidos, Equador, Escócia Reino Unido), Eslovênia, Espanha, Estados Unidos, Estônia, Filipinas, Finlândia, França, Gabão, Gana, Geórgia, Gibraltar (Colônia da Grã-Bretanha), Grã-Bretanha, Grécia, Groenlândia (Dinamarca), Guadalupe (França), Guatemala, Guiana, Guiana Francesa (França), Guiné-Bissau, Haiti, Holanda, Honduras, Hungria, Ilha de Pitcairn (Colônia da Grã-Bretanha), Ilha Norfolk (Austrália), Ilhas Aland (Finlândia), Ilhas Cayman (Grã-Bretanha), Ilhas Cocos – Keeling (Austrália), Ilhas Cook (Austrália), Ilhas do Canal (Coroa Britânica), Ilhas Geórgia e Sandwich do Sul (Colônia Britânica), Ilhas Virgens (Grã-Bretanha), Ilhas Wallis e Futuna (França), Indonésia, Inglaterra (Reino Unido), Irã, Iraque, Iria Ocidental, Irlanda do Norte (Reino Unido), Israel, Itália, Kuweit, Letônia, Libéria, Líbia, Lituânia, Luxemburgo, Macedônia, Malvinas ou Ilhas Falkland (Grã-Bretanha), Marrocos, Martinica (França), Mayotte (França), México, Moçambique, Moldávia, Mônaco, Mongólia, Montenegro (Iugoslávia), Montserrat (Grã-Bretanha), Namíbia, Nicarágua, Níger, Niue (Nova Zelândia), Noruega, Nova Caledônia (França), Nova Zelândia, Nueva Esparta (Venezuela), País de Gales (Reino Unido), Panamá, Paquistão, Paraguai, Peru, Polinésia Francesa (França), Polônia, Porto Rico, Portugal, Quênia, Quirguízia ou Uirguiztao, República Centro Africana, República Democrática do Congo, República Dominicana, República Eslovaca (Tchecoslováquia), República Tcheca (Tchecoslováquia), Reunião (França), Romênia, Rússia, Saara Ocidental, Saint-Pierre e Miquelon (França), San Marino, Santa Helena (Grã-Bretanha), São Tomé e Príncipe, Seichelles, Senegal, Sérvia, Suécia, Suíça, Svalbard (Noruega), Tadjiquistão, Terras Austrais e Antártica (Colônia Britânica), Território Britânico na Antártica (Colônia Britânica), Território Britânico no Oceano Índico (Colônia Britânica), Timor, Toquelau (Nova Zelândia), Tunísia, Turcas e Caicos (Grã-Bretanha), Turcomenistão, Turquia, Ucrânia, Uruguai, Uzbequistão, Venezuela, Vietnam e Zimbábue. Para maiores informações, consulte o site do Ministério das Relações Exteriores.

Você também pode conferir a lista no site do DETRAN-SP .


Ter a PID é obrigatório para aluguel de carro na África do Sul?

Viajantes brasileiros precisam da carteira internacional para dirigir na África do Sul. A PID é exigida pelas locadoras de veículos sul-africanas na hora de pegar o carro e também é indispensável em caso de blitz ou qualquer tipo de acidente com o carro alugado e/ou com terceiros.

Essas abordagens de trânsito acontecem frequentemente na África do Sul. Eu mesma já fiz duas viagens de carro pela África do Sul e presenciei muitos bloqueios nas estradas.

Além disso, ouvi relatos de dezenas de leitores aqui do blog sobre diversos tipos de abordagem policial em vários destinos do país.

Precisa de PID para dirigir na África do Sul?E em todos eles, uma única certeza: o oficial de trânsito ou policial pode solicitar a carteira internacional em qualquer momento. E você precisa ter em mãos o documento. Caso contrário, é multa pesada e até apreensão do veículo.

E não adianta tentar usar a desculpa do ‘eu sou turista brasileiro e não sabia’. Não cola! O assunto é sério.

Além disso, também é necessário apresentar a carteira de motorista válida aqui do Brasil e seu passaporte. Vai viajar de carro na África do Sul? Então ande sempre com esses três documentos.


Leia também: A nova carteira nacional de habilitação não substitui a Permissão Internacional para Dirigir?


Como solicitar a PID online e quanto custa

Existem duas maneiras para emitira a PID (Permissão Internacional para Dirigir) antes de sair do Brasil:

  1. Através do site do DETRAN do estado onde a sua CNH foi emitida;
  2. Através do site carteirainternacional.org, do Automóvel Clube Brasileiro (ACBr), a única entidade civil autorizada a emitir a PID no Brasil além dos DETRANs.

Para primeira opção, emita sua carteira internacional no mesmo órgão (DETRAN) que emitiu a sua CNH brasileira. O valor do serviço e processo de emissão varia em cada um dos estados brasileiros, como você pode ver na tabela abaixo.

Estado Tarifa em 2023 Dá para pedir online?
Acre (AC) R$ 223,21 Não
Alagoas (AL) R$ 361,46 Sim
Amapá (AP) R$ 544,95 Não
Amazonas (AM) R$ 289,32 Sim
Bahia (BA) R$ 418,06 Não
Ceará (CE) R$ 263,63 Sim
Distrito Federal (DF) R$ 187 Sim
Espírito Santo (ES) R$ 365,17 Sim
Goiás (GO) R$ 264,65 Sim
Maranhão (MA) R$ 182 Não
Mato Grosso (MT) R$ 313,88 Sim
Mato Grosso do Sul (MS) R$ 237.00 Não
Minas Gerais (MG) R$ 233,74 Sim
Pará (PA) R$ 290 Sim
Paraíba (PB) R$ 200 Não
Paraná (PR) R$ 105,43 Sim
Pernambuco (PE) R$ 289,14 Sim
Piauí (PI) R$ 224,64 Não
Rio de Janeiro (RJ) R$ 183,24 Não
Rio Grande do Norte (RN) R$ 132 Não
Rio Grande do Sul (RS) R$ 78 Não
Rondônia (RO) R$ 387,86 Sim
Roraima (RR) R$ 235,54 Sim
Santa Catarina (SC) R$ 101,51 Não
São Paulo (SP) R$ 387,86 Sim
Sergipe (SE) R$ 207 Não
Tocantins (TO) R$ 222,69 Sim

Você também pode emitir a PID online através do site do Automóvel Clube Brasileiro.

Emitir PID online através do site carteirainternacional.org do ACBrEles cobram um preço fixo de R$ 243 (+ custo da entrega pelos Correios), independente do estado onde sua CNH foi registrada.

Mais barato que o DETRAN em 15 estados brasileiros: Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Rondônia, Roraima, São Paulo e Sergipe.

Bem mais barato e rápido que o contato com o DETRAN de São Paulo, por exemplo, que cobra mais de R$ 380 pelo mesmo documento. Ou que o DETRAN-BA, onde o documento custa mais de R$ 418.

O Automóvel Clube Brasileiro é a única entidade civil autorizada, desde 2017, a emitir o documento no país (Art. 15 da portaria nº 176, de 09/08/2017, com certificação homologada através da portaria nº 1.077, de 9/11/2023).

Tanto eu quanto a Sofia e muitos leitores do blog já emitimos nossas PIDs com eles. Comprovamos que o processo é confiável e seguro.

O tempo de emissão da PID pelo site do ACBr também é bem mais vantajoso: até 3 dias úteis após confirmação do pagamento, mais prazo de entrega dos Correios (dependendo da modalidade que você escolheu).


Leia também: Confira o passo-a-passo para solicitar sua PID online pelo site carteirainternacional.org


Quem pode tirar a PID?

Qualquer pessoa que tenha uma CNH ou Permissão para Dirigir (PPD) válidas poderá tirar a PID sem a necessidade de teste ou curso extra.

Você deve estar com o documento físico em mãos e além de estar dentro do prazo de validade, sua CNH brasileira não deve ter nem um impedimento legal.

Ou seja, ela não pode estar suspensa, cassada ou ter qualquer condenação por crimes de trânsito ou determinação judicial.

Precisa de PID para dirigir na África do Sul?!


Qual é a validade da PID?

A validade da PID é três anos ou segue a data da validade da sua CNH brasileira. O que vier primeiro.


Multa para quem não apresentar carteira internacional: o que pode acontecer se eu for pego dirigindo sem a PID no exterior ou sem a carteira de motorista brasileira?

Dirigir na África do Sul sem a PID poderá acarretar multa pesada e até apreensão do veículo alugado. E isso não é brincadeira!

Já pensou que dor de cabeça? Muito melhor fazer a PID online, rapidinho e viajar com a documentação toda certinha para evitar problemas.

Lembre-se também que a PID só é um documento válido quando apresentado junto com a carteira nacional de habilitação (CNH) na versão física e o passaporte.

A CNH Digital não é aceita fora do território nacional.

Como é alugar carro na África do Sul e quais os documentos necessários

Para alugar carro na África do Sul, você precisará dos seguintes documentos:

  • Carteira de habilitação brasileira (CNH) dentro do prazo de validade exigido pela locadora de veículos;
  • PID (Permissão Internacional para Dirigir) válida;
  • Passaporte;
  • Um cartão de crédito internacional desbloqueado para compras no exterior no nome do condutor principal.

Eu também recomendo usar um comparador online para comparar tarifas de carros de várias empresas em uma só plataforma, simples e fácil de usar.

Uso e recomendo a Rentcars há anos porque além de ser uma empresa brasileira (com suporte em português), ela tem a melhor ferramenta de busca do mercado e oferece excelentes ofertas de aluguel de carros.

Usar Rentcars para alugar carro na África do SulComo a empresa é um consolidador de ofertas, ela negocia grandes volumes direto com as locadoras de veículos e por isso oferece preços menores ou iguais aos sites das próprias locadoras.

E como eles não cobram para alterar ou cancelar a reserva, dá para você ir acompanhando os preços até conseguir a melhor tarifa para as datas/destinos da sua viagem.

Para completar, o pagamento pode ser feito em real, parcelado no cartão de crédito e sem cobrança de iof.

Faça uma cotação grátis e reserve o carro ideal para sua viagem para a África do Sul.


Leia também: Guia completo de como alugar carro na África do Sul em 2023


Não viaje sem seguro viagem, hein?

Contratar um bom seguro viagem para a África do Sul é a sua garantia de assistência especializada em caso de emergências médicas ou odontológicas, além de imprevistos como atraso de voo, extravio ou dano de bagagem e até perda de documentos.

Use um comparador online para economizar muito e pesquisar planos e seguradoras diferentes em um único lugar. A gente sempre usa o site da Seguros Promo.


Como é dirigir na mão inglesa na África do Sul?

Dirigir na mão inglesa é algo que pode parecer um desafio no começo, já que não estamos acostumados om o volante que fica do lado direito do carro, mas te garanto que não é complicado dirigir nem aqui e nem em qualquer lugar do mundo (com exceções).

Com um pouco de prática e mantendo a calma, você não terá nenhum problema mais profundo, ao dirigir um carro na África do Sul, mesmo que não seja um motorista confiante.

Dirigir na mão inglesa na África do Sul

Eu também vou te dar uma excelente dica para dirigir nessa situação: é possível solicitar um carro automático para as locadoras. E vale o investimento! Um carro com câmbio só vai complicar mais todo o processo.

Lembre-se sempre de seguir as regras de trânsito da África do Sul para não ser multado por excesso de velocidade. Confira o funcionamento de itens básicos do carro alugado, como dos faróis, seta e do limpador e fique bem atento ao tráfego ao seu redor.

A África do Sul é um destino maravilhoso, e dirigir na mão inglesa vai ser mais um item na aventura que essa viagem é.


Leia também: Como é dirigir na África do Sul

Mais dicas de como dirigir na África do Sul sobre pedágios e como são as estradas na África do Sul

Se você já tem sua PID em mãos, pode ficar tranquilo: as principais estradas e rodovias da África do Sul são seguras e bem conservadas.

A maioria delas possuem pedágios, que hoje em dia podem ser pagos com um sistema de pagamento eletrônico que se conecta automaticamente aos pedágios por onde você passa, como o nosso ‘Sem Parar’.

O valor será cobrado no seu cartão de crédito após a devolução do carro e é bom considerar que algumas locadoras cobram também uma ‘taxa de aluguel’ desse sistema automático de cobrança.


Quer economizar muito em uma viagem para África do Sul?

Passei a economizar MUITO nas minhas viagens para o exterior desde que comecei a usar os cartões de débito internacional vinculados à conta Nomad digital e conta multimoedas Wise.

Essas contas são gratuitas e usam o câmbio do dólar comercial. Bem mais vantajoso do que o dólar turismo, usado pelas casas de câmbio e bancos. Além disso, cobra apenas 1,1% de IOF. Menos que os cartões de crédito brasileiros.


Use nosso cupom Nomad exclusivo ao abrir sua conta global gratuita e ganhe um presentão na primeira operação de câmbio.


Conclusão: você vai precisar de permissão internacional para dirigir para alugar um carro na África do Sul?

Sim. Você precisará emitir a carteira de habilitação internacional (PID) para alugar um carro na África do Sul.

Saiba como pedir a sua PID online mais barato que no DETRAN.

3 Roteiros de viagem de carro na África do Sul

Aqui estão três itinerários incríveis de viagem de carro na África do Sul:

1. Joanesburgo + Parque Nacional Kruger + Rota Panorâmica: Duração: 10 a 14 dias

Comece sua viagem em Joanesburgo e dirija até a província de Mpumalanga, onde ficar o Parque Nacional Kruger, um dos principais destinos de safári do país.

Faça quantos safáris você puder e divirta-se tentando avistar os ‘Big Five’ (leão, leopardo, elefante, búfalo e rinoceronte).

Na volta para Joanesburgo, faça um desvio até a Rota Panorâmica, uma estrada cênica que oferece vistas deslumbrantes e vale pelo menos 2 dias.

Leia nosso guia completo do que fazer em Joanesburgo para organizar sua programação na cidade.

2. Aventura na Garden Route (Rota Jardim): Duração: 7 a 10 dias (dependendo do ritmo)

Comece sua viagem explorando a belíssima Cape Town (Cidade do Cabo) em dois ou três dias. Inclua no seu roteiro uma visita ao icônico Cabo da Boa Esperança e também um tour pela vinícolas de Stellenbosch. E se beber, NÃO DIRIJA.

Dirija ao longo da Rota Jardim, o trecho mais cênico da costa sul africana. Faça uma parada em Hermanus para avistar baleias (durante a temporada) e visite as deslumbrantes praias de Plettenberg Bay, onde você pode avistar leões marinhos ou até mesmo nadar com eles!

Explore o Parque Nacional Tsitsikamma, conhecido por suas florestas nativas e pela famosa Ponte Bloukrans, onde você pode experimentar o mais alto salto de bungee jump do mundo.

Termine a viagem em Mossel Bay, conhecida por suas belas praias e locais históricos. Não deixe de aproveitar as diversas atividades aquáticas disponíveis nessa região, como mergulho com snorkel ou mergulho em gaiolas com tubarões.

Port Elizabeth, uma cidade costeira com belas praias e uma animada área de calçadão.

Joanesburgo + Pilanesberg Park + Pretoria. Duração: 7 a 10 dias

Depois da chegada em Joanesburgo, explore a cidade. Conheça Soweto e visite Museu do Apartheid, faça um tour de arte urbana no descolado Maboneng e coma muito bem em uma das cidades mais cosmopolistas do continente africano.

Aproveite também para visitar o Craddle of Humankind, Patrimônio Mundial da UNESCO e um dos locais mais importantes do mundo para a paleoantropologia, onde você também pode visitar Sterkfontein Caves, um complexo de cavernas calcárias que contém fósseis de hominídeos e animais pré-históricos.

Continue a viagem até o Pilanesberg Park, excelente opção para um safári perto de Joanesburgo. Essa reserva Big 5 situada na cratera de um vulcão extinto há 1.2 bilhões de anos e lá você pode fazer safáris e ver animais como leões, elefantes, rinocerontes, búfalos e leopardos.

Visite também Pretoria, a capital administrativa da África do Sul conhecida por seus belos jardins e edifícios históricos.

Perguntas frequentes sobre aluguel de carro no exterior

Precisa de PID na África do Sul?

Sim. A PID (Permissão Internacional para Dirigir) é documento obrigatório para que brasileiros possam dirigir nas estradas da África do Sul. Saiba mais sobre a PID na África do Sul.

O que preciso para dirigir na África do Sul?

É necessário apresentação de carteira nacional de habilitação (CNH) brasileira, PID (Permissão Internacional para Dirigir e o passaporte do motorista. Saiba mais sobre o assunto.

Em quais países a PID é aceita?

A PID é um documento reconhecido por mais de 100 países signatários da Convenção de Viena sobre Trânsito Viário. Veja a lista completa.

Pode beber é dirigir na África do Sul?

Não. Não é permitido dirigir após ingerir bebidas alcoólicas na África do Sul. Saiba mais sobre as regras de trânsito no país.

A carteira brasileira é aceita para dirigir na África do Sul?

A carteira nacional de habilitação (CNH) na sua versão física é válida na África do Sul com a apresentação da PID e passaporte do motorista. Saiba mais sobre o assunto.

Como saber com qual combustível devo abastecer o carro alugado?

Confira na tampa do tanque do carro qual é o combustível compatível com o veículo alugado. Saiba mais sobre aluguel de carro na África do Sul.



Leia mais dicas de viagem de carro pela África do Sul e como dirigir no exterior


Alessandra B. Fratus
Alessandra B. Fratushttps://www.alessandrafratus.com
Viajante, fotógrafa e bióloga. Largou tudo e ganhou tudo ao mudar de rumo em 2012 após defender um doutorado em biologia molecular na USP. Desde então vive, viaja e trabalha com foto e vídeo, sua verdadeira vocação. Ama viajar fora do esquema turistão e gosta mesmo é de paisagem humana!
LEIA TAMBÉM

Esse post pode conter links de afiliados. Ao utilizar um deles para fazer as reservas da sua viagem, você ajuda a manter o nosso site sempre atualizado. E não paga nada a mais por isso. Muito obrigada pelo seu apoio!

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário!
Digite seu nome

RESOLVA SUA VIAGEM