Apaixone-se por Sirmione, no Lago di Garda

Sirmione é uma das cidades mais lindas do Lago di Garda, na Itália  e você logo percebe o porquê.

Sirmione, no Lago di Garda

Sirmione, a Pérola do Garda

O centro histórico da encantadora Sirmione fica em uma península localizada na região sul do Lago di Garda, o maior lago da Itália.

Sirmione é a minha cidade preferida em todo o Lago di Garda e oferece opções para todos os estilos, desde praias cercadas pelo azul do Garda e oliveiras carregadas até ruínas romanas, já que as águas termais de Sirmione são famosas por curar diversos males desde aquela época.

A História de Sirmione

É isso mesmo que você ouviu. Sirmione é uma cidade bem antiga, com primeiros vestígios de presença humana datados de 5 ou 6 a.C. É muito provável que tenha sido o balneário das famílias ricas de Verona, a principal cidade romana no nordeste da Itália.

Exemplo disso e uma das principais atrações da cidade são as ‘Grutas de Catullo‘, que não são bem grutas, mas sim ruínas da maior Villa Romana encontrada no norte da Itália.

Sirmione, no Lago di Garda

O Lago di Garda

O Garda é o maior e mais mediterrânico dos lagos alpinos da Itália, localizado no norte do país entre as regiões de Trentino, Veneto e Lombardia.

A região toda é lindíssima e você pode ler mais dicas sobre como explorá-la no nosso Roteiro de 2 a 5 Dias no Lago di Garda, um guia completão cheio de inspiração!

Sirmione, no Lago di Garda

Leia: O Belíssimo Lago di Garda, na Itália

Como Chegar em Sirmione

Você pode chegar até Sirmione a partir de uma das 2 estações de trem mais próximas: Desenzano ou Peschiera del Garda. As distâncias são bem curtas e é só pegar um ônibus ou táxi.

Os aeroportos mais próximos são os de Milão, Verona ou Veneza.

  • Viajar de Carro pelo Lago di Garda

Mas pra mim, a melhor maneira de viajar pelo Lago di Garda é de carro. Você fica independente e faz tudo no seu tempo.

Minha dica é alugar um carro usando a Rentcars.com. Além de garantir o melhor preço, você não paga iof, e pode parcelar em até 12x sem juros! Pode economizar pra comer mais gelato! Hmmm!


Usando os links de afiliado do Tô Pensando em Viajar você ajuda a manter o blog funcionando e não paga nada mais por isso!


  • Viagem de Carro e Centros Históricos

Se você escolher o carro, lembre-se que apenas moradores e hóspedes de hotéis dentro do centro histórico de Sirmione tem acesso motorizado a essa região. Pro resto dos mortais, existem 2 tipos de estacionamento do lado de fora do centro histórico: O que você paga na saída e o pré-pago, aquele que você vai até o parquímetro, escolhe quantas horas quer ficar, paga, e coloca o recibo no para-brisa do seu veículo.

É sempre bom ficar de olho nas placas pelo caminho, que indicam quantas vagas livres restam em cada um dos estacionamentos. Isso vale para todas as cidades do lago.

Onde Se Hospedar em Sirmione

Sirmione conta com uma ótima estrutura turística e você pode se hospedar dentro no Centro Histórico da cidade, onde está a maior parte dos hotéis, ou em Colombare di Sirmione, onde os preços serão mais camaradas e você pode alugar seu próprio apartamento. Você pode ler o artigo Dicas de Onde se Hospedar em Sirmione e fazer a sua escolha!

+ Encontre ofertas de hospedagem em Sirmione

O Que Fazer em Sirmione

  • Conhecer o Castello Scaligero de Sirmione

Aproveite o começo da manhã para conhecer o  Castello Scaligero, o coração histórico da cidade. Alugue uma bicicleta, vá andando, pegue um ônibus, ou vá de carro. Você escolhe!

Castello Scaligero em Sirmione, no Lago di Garda

A Lenda do Castello Scaligero de Sirmione

‘Há muito tempo viviam no Castello o jovem Ebengardo e sua amada Arice. Certo dia, durante uma noite de tempestade um cavaleiro pediu abrigo, e durante a noite, encantado por Arice, tentou invadir seu quarto. Arice, assustada, começou a chorar, e o cavaleiro a esfaqueou. Ebengardo correu para o quarto onde encontrou Arice sem vida. A lenda conta que, ainda hoje, em noites de tempestade, você pode ver e ouvir Ebengardo passeando ao redor do Castello, em busca de Arice.’

Sirmione, no Lago di Garda

  • Rocca Scaligera

Suba até o alto da Rocca Scaligera, já dentro do Castello pra uma vista incrível da cidade. Chegue bem cedinho pra evitar o congestionamento de turistas.

O horário de funcionamento é de terça a sábado das 8.30 às 19:30 (entrada até às 19 horas) e aos domingos das 8:30 às 13:30 (entrada até às 13 horas).

O ingresso inteiro custa €5, e o reduzido €2,50 (crianças e cidadãos europeus até 25 anos). As ‘crianças‘ vão adorar o passeio pelo antigo porto fortificado!

Sirmione, no Lago di Garda

  • Aproveitar as praias de Sirmione
Lido Delle Bionde

Depois da subida, e descida, faça uma pausa para o gelatto mais gostoso que você já tomou e vá até Lido Delle Bionde, ou praia das loiras, passando pela Passegiata Panoramica.

Sirmione, no Lago di Garda

Ao chegar lá, aproveite o lago cristalino, e se quiser, continue até a escondida Giamaica, praia que só é acessada por uma ‘trilha’ dentro do lago. Se não, relaxe por ali mesmo.

Arrume um lugarzinho à sombra das oliveiras ou ao sol e aproveite a farofa! É tão gostoso, que dá pra passar o dia todo ali.

Sirmione, no Lago di Garda

  • Águas termais e medicinais nas Terme di Catullo

Outra opção é a estância termal Terme di Catullo. As águas termais de Sirmione são famosas por curar diversos males, principalmente os respiratórios.

Você pode comprar diferentes tipos de ingresso para acessar as termas: ‘Aquaria All Day‘ (vale para o dia inteiro – €53), ‘Aquaria Day Lux‘ (válido por 5 horas – €43 para qualquer diada semana, ou €39 de segunda a sexta), ou o ‘Aquaria 1 Ora‘, válido para todos os dias da semana, com 1 hora de duração (€15). A hora extra custa €10, e criança até 14 anos paga €21 no ingresso de 5 horas.

Os ingressos dão acesso às piscinas termais, hidromassagem, chuveiros, saunas e áreas de relaxamento. Este programa também está na minha lista pra ser feito na próxima viagem!

As termas funcionam todos os dias das 10 às 22 horas, e quinta e sábado até às 24 horas. Estarão fechadas nos dias 31 de dezembro de 2016, 1 de janeiro de 2017, e possivelmente de 1 a 26 de janeiro de 2017.

  • Grotte di Catullo

Depois do mergulho, vá até o complexo Grotte di Catullo, ruínas de uma das maiores Villas Romanas no norte da Itália. Um ótimo passeio pra quem gosta de História.

Sirmione, no Lago di Garda

O sítio arqueológico é bem grande e é possível ter uma ideia de como os antigos romanos ricos passavam suas férias. A posição das grutas é incrível, bem na pontinha da península, com um panorama completo pro azul di Garda.

Sirmione, no Lago di Garda

 

Percorra as ruínas no seu tempo, e fique de olho nas crianças!

O horário de funcionamento é de terça a domingo (março a outubro), das 8:30 às 19 horas. Durante os meses de novembro a fevereiro das 8:30 às 16:30 horas. O ingresso inteiro custa €5 e o reduzido €2,5. A visita é grátis para visitantes com menos de 18 e mais de 65 anos.

  • Almoço no Castello

Aproveite para almoçar em um dos vários restaurantes do Castello.

Sirmione, no Lago di Garda

  • Passeio de Barco

Depois do cafezinho e da pausa para outro gellato, faça o passeio de barco, que dá a volta pela península de Sirmione. O passeio custa cerca de €40 e dura cerca de 40 minutos. Geralmente os barqueiros ficam na entrada do Castello.

Sirmione, no Lago di Garda

  • Navegue pelo Garda pilotando seu próprio barco

Pra quem quiser mais, dá pra alugar um barco também – sem carta náutica – e fazer um passeio por conta própria! Confesso que amarelei em alugar um barco, porque nunca pilotei um barco na vida, mas quem sabe no próximo ano…

Sirmione, no Lago di Garda

  • Veja o sol se pôr tomando um Spritz, drink local sensação

Depois do passeio dá pra esperar o sol se pôr em um dos bares com deck à beira lago, tomando um bom spritz, drink típico dessa região, ou mais ‘reservadamente‘ em uma das prainhas em Colombare di Sirmione.

Sirmione, no Lago di Garda

  • Piadina, você TEM que experimentar!

Se você estiver com fome, não deixe de provar a piadina, um lanche super típico e maravilhoso da região. Recomendo a Piadineria Scaligera, na Via Colombare. Eu AMO piadina!

Especial: Verão em Sirmione

Se você estiver em Sirmione durante o mês de agosto, alta temporada, vai dar a sorte de pegar uma programação cheia.

Apesar de sofrer com a lotação do feriado de Ferragosto, assistimos ao concerto ‘Quando le stelle vanno a dormire‘, na beira do lago durante o nascer do Sol, foi uma das coisas mais lindas que já assisti, dessas que ficam marcadas na memória, sabe?!

Sirmione, no Lago di Garda

Não tem nada que eu goste mais do que parar e observar o sol nascer e se pôr! Sobre o Garda então, ô coisa incrível!

Sirmione, no Lago di Garda

A prefeitura de Sirmione tem um aplicativo super legal com toda a programação da cidade. É só fazer o download aqui, ó. Além dele, tem também um áudio guia (com versão em inglês) sobre a cidade, e suas principais atrações. Vale a pena dar uma olhada!

E você, conhece Sirmione?! Tá pensando em viajar?!


Se você gostou das dicas e quer ajudar o Tô Pensando em Viajar a continuar trazendo dicas e inspiração, pode usar nossos links de afiliado pra ALUGAR UM CARRO, RESERVAR SUA HOSPEDAGEM e FAZER SEU SEGURO VIAGEM

É rápido, fácil e você não paga nada mais por isso! ;)


Leia Mais Sobre a Itália:


Você pode seguir o TÔ PENSANDO EM VIAJAR nas redes sociais

FACEBOOK, INSTAGRAM e TWITTER


Apaixone-se por Sirmione

Salvar

Compartilhe!
Alessandra

ALESSANDRA é viajante, fotógrafa, e bióloga. Largou tudo e ganhou tudo ao mudar de rumo em 2012 depois de defender um doutorado em biologia molecular na USP. Desde então vive, viaja e trabalha com foto e vídeo, sua verdadeira vocação. Ama viajar fora do esquema turistão, e gosta mesmo é de paisagem humana!

Leia também...

14 Comentários

  1. Natalie disse:

    Oi, Alessandra. Tudo bem? :)

    Seu post foi selecionado para o #linkódromo, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Bóia – Natalie

  2. A Itália foi um dos países que mais gostei de conhecer e pretendo voltar. Não conhecia Sirmione, mas achei linda! Já quero ir!!!

  3. Que lugar charmoso! :D Não conhecia e adorei saber mais no seu post. deu vontade de conhecer :)

  4. Mariana Dutra disse:

    Não conhecia Sermione ainda, mas fiquei morrendo de vontade de ir pra lá depois de ler o seu post. Como vou para Itália em novembro, vou tentar encaixar uma passadinha na cidade. :)

  5. Essas cidades pequenas na Itália são um charme… com praia pra curtir depois do centro histórico, então, deve ser demais! Lido Delle Bionde parece ser um lugar lindo :)

  6. Marianne disse:

    Amei o lugar e as fotos. Inspiradoras! Também sou dessas que topa acordar cedo pra ver um belo nascer do sol! Difícil é convencer os outros viajantes, né? hehe

  7. Dani Bispo disse:

    Nossa que post maravilhoso! Conheço bem a Itália mas infelizmente ainda não fui ao Lago Di Garda! É esse concerto? Para marcar. Parabéns pelo post

    Bjs
    Dani Bispp

  8. Marina Heimer disse:

    Uma das minhas cidades preferidas na Itália… Fizemos um roteiro de carro pelo país no começo do ano e encontramos muita coisa legal pelo caminho, mas arrisco dizer que Sirmione foi, entre tantas, a melhor surpresa! Deu até saudade agora… Rs!

  9. Que lugar MARAVILHOSO! Essas fotos do nascer do sol estão absurdas!

    Nem conheço e já me apaixonei! Bucket list já! :)

  10. Francisco Agostinho disse:

    Não conhecia esse lago, e essa vila, muito bonito belas fotos e óptimas dicas, perfeito !

  11. adorei e me apaixonei!! quero muito conhecer, ano que vem vou para a Itália e já coloquei esse lugar na lista!!! chega novo 2017!!!!!!

  12. Josiane Bravo disse:

    Dá para se apaixonar e curtir mil vezes? Que lugar maravilhoso e que fotos são essas, lindas demais. A foto do pôr do sol é de tirar o fôlego. Ainda não conheço a Itália, mas sou completamente apaixonada pelo país, sonho em conhecer Cinque Terre, e agora esse lugar já está na listinha dos lugares para conhecer no país da pasta :)

    Abraços

  13. Érika disse:

    Adorei as dicas! Posso te pedir um conselho? Você acha que vale a pena eu sair de Florença e ir de trem e ônibus até sirmione, lá dormir uma noite, depois ir a Veneza e depois ir a Milão?(obs: já tenho reservas em florenca, Veneza e Milão, estou com 1 “dia sobrando” e estou a procura de uma cidade para conhecer entre florenca e Veneza) obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *