Barra Grande, na Península de Maraú, vem despontando entre os destinos mais desejados do litoral da Bahia. Com cenários que arrancam suspiros, a vila mais conhecida de Maraú atrai viajantes em busca de praias estonteantes, belezas naturais e mansidão. Neste roteiro de 4 dias conto o que fazer em Barra Grande e Maraú.

O que fazer em Barra Grande e Maraú, litoral da Bahia
Foto: Márcio Filho – MTUR

Quando ir a Barra Grande e Maraú

O clima em Barra Grande e Maraú é quente e úmido. As maiores temperaturas são registradas no verão, entre dezembro e março, meses com média mínima de 23 °C e máxima de 29°C.

Entre junho e agosto, as temperaturas ficam um pouco mais baixas sendo julho o mês mais frio com média mínima de 20°C e máxima de 24°C.

Dicas do que fazer em Barra Grande: taipú de Fora

Chuvas ocorrem o ano todo na região. O período com menor volume de chuva vai de agosto a fevereiro. De março a julho são observados os maiores índices pluviométricos, sendo abril o mês mais chuvoso (232 mm de precipitação).

As piscinas naturais se formam nas marés baixas e a melhor época do mês para visitá-las é durante as luas cheia e nova.

Dicas do que fazer em Barra Grande: Ponta do Mutá


Fonte: Climatempo


Roteiro de 4 dias em Barra Grande e Maraú

Em quatro dias inteiros é possível conhecer os principais atrativos da Península de Maraú. Esse foi o meu tempo de viagem e fiz tudo sem pressa, aproveitando bem todos os dias.

Eu fiquei hospedada em Taipu de Fora na charmosa Pousada Espaço do Sagui, que fica a poucos metros da praia.

Dica de onde ficar em Taipu de ForaCom base na minha experiência, acredito que dividir a hospedagem entre Barra Grande e Taipu de Fora seja a melhor opção para aproveitar os lugares próximos a esses dois vilarejos. Assim diminuímos os deslocamentos pelas estradas de terra da região.

Confira o roteiro com as sugestões de o que fazer em Barra Grande e Maraú dia-a-dia.


DICA: Se você for dividir a hospedagem faça os dois primeiros dias quando estiver em Barra Grande e os outros dois em Taipu de Fora.

» Dia 1 – Carapitangui – Rio e Mar

Passe o dia entre o mar tranquilo da baía de Camamu e o rio Carapitangui, em Barra Grande. A sugestão é chegar ainda pela manhã no Bar da Rô, que possui uma excelente estrutura para você aproveitar o dia todo.

Dicas do que fazer em Barra Grande: Carapitangui

De um lado, à beira mar ficam quiosques com mesas e cadeiras de praia. O serviço de bar conta com opções de bebidas e ótimos petiscos. Depois de pegar uma praia bem tranquilinha e quando a “fome de almoço” bater é hora de mudar de lado.

Vá para o restaurante que fica em um deque sobre o rio Carapitangui. Ali você encontra um cardápio com pratos saborosos. Eu comi e comeria de novo a lagosta com arroz negro, manteiga de sálvia e lascas de amêndoas, ideal para duas pessoas. As caipirinhas também são bem boas.

Depois, que tal um banho de água doce? A experiência de nadar no rio Carapitangui é imperdível. Para fechar com chave de ouro, fique ali para contemplar a mudança das cores do dia virando noite.

Dicas do que fazer em Barra Grande: rio Carapitangui
SUP no Rio Carapitangui

» Dia 2 – Ponta do Mutá – Pôr do Sol

A praia da Ponta do Mutá é conhecida por ter o mais belo pôr do sol de Barra Grande. Mas não é por isso que você só precisa ir para lá no final da tarde. Aproveite o dia inteiro nessa praia, que é uma delícia e tem ótimas opções de restaurantes e bares.

Dicas do que fazer em Barra Grande: Ponta do Mutá
Ponta do Mutá

Aqui a minha recomendação é almoçar no O’bar, um lugar super agradável de frente para o mar e que tem um menu repleto de delícias. Gostei muito do prato que comi: bobó de camarão e banana da terra. E para acompanhar não deixe de provar a caipirinha de mel de cacau (dica: peça sem açúcar e adoce a seu gosto).

Depois do almoço migre para um dos bares que ficam à beira-mar. Conheci o Sol do Mutá e o Mucama, um do lado do outro. Ambos possuem mesas, sombreiros, cadeiras e espreguiçadeiras para você curtir boas horas, bebendo uma água de coco, uma cerveja e petiscando.

Tome um banho de mar e fique ali até o fim da tarde para assistir ao espetáculo do pôr do sol na Ponta do Mutá. Você não vai se arrepender.

» Dia 3 – Algodões 

Desde que li, em uma revista de bordo, uma matéria sobre Algodões eu não tirei mais esse lugar da cabeça. E a minha expectativa foi correspondida.

Dicas do que fazer em Barra Grande: Algodões
Praia de Algodões

A praia de Algodões tem mar transparente, uma longa faixa de areia cercada por coqueiros e é praticamente deserta. Ainda por cima, possui uma grande piscina natural, que infelizmente não aproveitei pois fui quando a maré estava alta.

Passei algumas horas na charmosa Casa del Mar, um bar-restaurante e pousada, de frente para a praia de Algodões. O lugar possui alguns espaços com gazebos para você curtir a praia com comodidade. Há opções de bebidas (provei a caipirinha de caju), petiscos e pratos.

Dicas do que fazer em Barra Grande: Lagoa do Cassange
Lagoa do Cassange

O caminho para Algodões pode ser feito todo pela BR 030 ou por uma trilha, acessada por carro e quadriciclo. Ambos trajetos são por estradas de terra porém é mais bonito ir pela trilha, que alterna quilômetros de vegetação e de faixa de mar. Uma parte desse percurso é chamado de Trilha das Bromélias Gigantes. Eu nunca tinha visto antes bromélias tão grandes.

Se quiser tomar um banho de água doce depois da praia, pare na Lagoa do Cassange ou na Lagoa Azul. Há outros pontos durante o trajeto que são recomendados visitar: Farol de Taipu, Morro do Celular e Praia de Saquaíra.

» Dia 4 – Taipu de Fora – Piscinas Naturais

Taipu de Fora além de ser uma praia muito bonita, repleta de coqueiros, possui formação de piscinas naturais nos períodos de marés baixas, o que torna o banho de mar ainda mais maravilhoso.

Dicas do que fazer em Barra Grande: taipú de Fora
Taipu de Fora

Para aproveitar as piscinas naturais de Taipu de Fora ( e a de Algodões também) é importante observar a tábua de marés. O ideal é que a maré esteja de 0,3m para baixo, no entanto, eu fui com 0,4m e tinha uma agradável piscina, com direito a peixes coloridos.

E o melhor é que, como a barreira de corais fica próxima da areia, as piscinas são formadas bem na beira da praia. Se conseguir se planejar, o mais garantido é ir no período de lua cheia ou nova.

Dicas do que fazer em Barra Grande: Ponta do Mutá

Na praia de Taipu de Fora há a possibilidade de alugar equipamentos para mergulho durante a formação das piscinas naturais. Para quem quer curtir a praia em um bar à beira mar recomendo o Buda Beach e o Bar das Meninas.


O que fazer em Barra Grande e Maraú | No Mapa


Leia também: Use um mapa personalizado do Google para organizar o seu roteiro de viagem


Como chegar em Barra Grande, Maraú, Bahia

O aeroporto mais próximo de Barra Grande é o de Ilhéus, são cerca de 130Km de distância. Já o trajeto via Salvador é de aproximadamente 280 Km, utilizando o ferry-boat (ideal) ou cerca de 420 Km do jeito que eu fiz, sem ferry, só por estradas.

Se você for de carro até Barra Grande recomendo um carro alto, se for 4X4 melhor ainda, pois parte da estrada é de terra e outra de areia. Na época de chuvas intensas, um carro comum talvez não dê conta do recado.

O trecho final de acesso à Maraú pela BR-030 (o famoso trecho de terra), é obrigatório a partir de qualquer parte da Bahia. Desse modo, quem não quiser encarar os 45Km de estrada de terra deve ir até Camamu, deixar o carro em um estacionamento pago e pegar uma lancha até Barra Grande.

Como chegar em Barra Grande, na Península de Maraú

Ao escolher ir de carro até a Península de Maraú, a recomendação é ligar na pousada antes para saber a condição da estrada.

Confira abaixo todos os detalhes de como chegar em Barra Grande, Maraú.

Precisa alugar um carro com desconto?

Nós sempre usamos o site da Rentcars para comparar preços de diferentes locadoras em uma única plataforma. A Rentcars garante o melhor preço, as melhores condições, com pagamento em real, parcelado no cartão de crédito e sem iof.

FAÇA JÁ UMA COTAÇÃO


Leia também: O site da Rentcars é confiável? Vale a pena usar?


» De Ilhéus a Barra Grande via Camamu + Lancha

🚗 Carro: do aeroporto de Ilhéus siga pela BA 001 (sentido norte) até Camamu (120Km). Deixe o carro em um estacionamento em Camamu e pegue uma lancha para atravessar até Barra Grande, a travessia leva 40 minutos.

Uma das empresas que fazem a travessia de lancha é a Camamu Adventure com preço de R$55 por pessoa (dez/2020).

🚍 Ônibus: A Águia Branca faz o trajeto de ônibus de Ilhéus para Camamu em dois horários: 8h e 14h20. A viagem leva cerca de 2h30. A passagem custa R$ 33,60 (dez/2020).

O mais seguro é pegar o ônibus da manhã pois o ônibus da tarde chega em Camamu por volta das 16h50 e a última lancha parte às 17h para Barra Grande. O melhor é pernoitar em Ilhéus e pegar o ônibus das 8h.

🚕 Táxi ou Transfer: Você pode ainda contratar um transfer ou pegar um táxi até Camamu e de lá pegar a lancha até Barra Grande.

» De Ilhéus a Barra Grande por estrada

De Ilhéus para Barra Grande pegue a BA 001 (sentido norte) e depois a BR 030 até Barra Grande. São cerca de 130 Km, lembrando que o trecho da BR 030 é aquele complicado de terra, por isso o trajeto leva cerca de 3 horas.

» De Salvador a Barra Grande via ferry + estrada + lancha

🚗 Carro: o jeito mais rápido de ir de Salvador para Barra Grande é pegando o ferry-boat no Terminal de São Joaquim ( Salvador) até Bom Despacho, na Ilha de Itaparica.

De Itaparica siga até Camamu pela BA 001 ( sentido Itacaré), passando por Nazaré das Farinhas, Valença e Ituberá. Deixe o carro em um estacionamento em Camamu e pegue uma lancha para atravessar até Barra Grande.

A travessia leva 40 minutos. Uma das empresas que fazem a travessia de lancha é a Camamu Adventure com preço de R$ 55 por pessoa (dez/2020).

🚍 Ônibus: Vá de ferry-boat até Bom Despacho (Itaparica) e de lá pegue um ônibus até Camamu. A empresa Águia Branca opera esse trecho, a viagem leva de 4h a 4h30. A passagem custa a partir de R$ 44 ( dez/2020). De Camamu é só pegar a lancha até Barra Grande. Leve em consideração que a última lancha sai de Camamu às 17h.

» De Salvador a Barra Grande por estrada

A partir de Salvador utilizar a BR 324 sentido Feira de Santana, antes de chegar em Feira seguir pela BR 101 (sentindo sul) até Valença. Pegar a  BA 001 passando por Camamu. No entroncamento com a BR 030 virar à esquerda e seguir até Barra Grande.

» A minha experiência

Optei pela autonomia de poder me locomover de carro por Maraú e a bordo de um 4×4 embarquei em uma longa viagem de Salvador à Taipu de Fora. Foram cerca de 7 horas (420 Km) de estradas de asfalto e de terra. Chegar ao paraíso não é fácil!

No dia da minha viagem, o ferry-boat (Salvador-Bom Despacho) tinha uma fila de espera de 4 horas, que eu não quis encarar. Durante a pandemia não é possível agendar horário no ferry mas normalmente é possível e recomendado.

Utilizei as rodovias: BR 324, BR 101 até Valença e depois BA 001 (sentido sul) passando por Camamu. No entroncamento com a BR 030 é só virar à esquerda e seguir até Barra Grande.

Os últimos 45 quilômetros da viagem são de estrada de terra, que em boa parte do caminho tinha condições razoáveis. Lembrando que com o carro alto tudo fica mais fácil. Nesses primeiros 35 km sem asfalto (até Taipu de Fora), a estrada é de terra batida, com buracos e ondulações. O trecho mais problemático do percurso é o que vai de Taipu de Fora a Barra Grande (10km), aí a estrada é de areia e bem ruim.

Leia mais dicas de viagem para a Bahia


Salve essas dicas do que fazer em Barra Grande no Pinterest

O paraíso existe e fica na Bahia. Leia neste post o que fazer em Barra Grande e Maraú. Roteiro de 4 dias de viagem. Saiba também quando e como ir.
Foto: Márcio Filho – MTUR

RESOLVA SUA VIAGEM

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário!
Digite seu nome