Conhecer a Muralha da China era um sonho de criança. Desses que a gente sonha uma vida inteira e quando chega lá é surpreendido por uma identificação imediata e absoluta. Afinal de contas, a história de quem passou por aqui, de quem construiu essa Muralha é também a nossa história, e esse, pra mim, é o grande barato de viajar: aprender a se reconhecer no outro, no longe.

A incrível experiência de visitar a Muralha da China a partir de Pequim

A minha visita à Grande Muralha da China foi repleta de momentos mágicos, já que eu e meu grupo estávamos praticamente sozinhos em um dos trechos visitáveis da Muralha e devo dizer que tive uma aventura memorável!


Encontre ofertas de passagem aérea para Pequim


A Grande Muralha da China

Dizem que as diversas muralhas que compõe a Grande Muralha foram construídas durante milênios, desde 220 a.C. Esse complexo de muralhas tem mais de 6.000 quilômetros de extensão, mas até hoje ninguém tem dados concretos.

Especula-se que a Muralha da China tenha sido construída como proteção contra as invasões bárbaras. Seus muros alcançam 7 metros de altura e foram construídos com diversos materiais, como blocos de pedras de calcário, granito e tijolos.

A incrível experiência de visitar a Muralha da China a partir de Pequim

Pisar em tanta história é uma sensação bem forte, que faz da visita à Muralha da China uma das coisas mais especiais que um viajante pode sentir!

Qual trecho da Muralha da China visitar?

Visitar a Grande Muralha da China é algo praticamente obrigatório e relativamente simples pra quem está com viagem marcada para Pequim. Você pode visitar vários trechos da Muralha a partir da capital da China. Alguns mais ‘autênticos’ que os outros, outros mais vazios e com melhor acesso a pessoas com restrições de locomoção.

Confira essa lista com alguns dos trechos visitáveis da Muralha da China e suas todas as dicas para visitá-los. Chegou a hora de tirar a tão sonhada visita à Muralha da China do papel, hein?

Leia mais sobre cada um dos trechos visitáveis da Muralha da China

A incrível experiência de visitar a Muralha da China a partir de Pequim

Badaling

70 Km de Pequim | 45 RMB | 6h30 17h30 (alta temporada) e 7h30 16h30 (baixa temporada) | Melhor época para visitar: Março a maio e setembro a novembro

Esse é um dos trechos da Muralha da China mais populares entre o turistas chineses. Fica a apenas 70 km do centro de Pequim, uma viagem de apenas 2 horinhas. Porém, a proximidade com a capital chinesa é uma vantagem que pode virar desvantagem nas férias ou em feriados chineses.

A incrível experiência de visitar a Muralha da China a partir de Pequim

Evite visitar Badaling no começo de maio e outubro. As férias de julho e agosto também são épocas bastante cheias por aqui. Já pensou ter que dividir a sua experiência incrível na Muralha da China com 678.000.000 de pessoas?

O visual é lindo e esse trecho é relativamente acessível. Conta com piso ‘regular’ e corrimões, o que ajuda muito quem tem algum problema ou restrição de mobilidade. Porém, você vai ter que subir e descer muitos degraus.

Conheci a Ancient Part em Badaling, uma parte menos lotada e adorei! Para minha primeira vez na China, foi mais do que eu esperava.

A incrível experiência de visitar a Muralha da China a partir de Pequim


Leia meu relato ou continue a explorar os vários trechos visitáveis da Muralha da China.


Como chegar

Você pode chegar a Badaling de excursão, que foi o nosso caso, ou por conta própria, de táxi, ônibus ou de trem.

Se eu tiver uma outra oportunidade, vou seguir os conselhos da Adriana Miller e conhecer a Muralha da China por conta própria!

A incrível experiência de visitar a Muralha da China a partir de Pequim
Photo by CEphoto, Uwe Aranas / via Wikimedia Commons

Para chegar até Badaling de ônibus, pegue o ônibus 877 na estação Deshengmen em Pequim. A viagem leva 1 hora e custa 12 RMB por pessoa. Outra opção é o ônibus turístico Linha 1, que sai a cada meia hora de Qianmen, ao sul da Praça da Tiananmen e custa 20 RMB por pessoa.

O trem até Badaling sai da estação ferroviária de Huang Studan. A viagem dura 1 hora e meia e custa 6 RMB por pessoa. De lá você pode pegar um ônibus gratuito até a estação de teleférico. Se não tiver afim de ficar na fila, pode andar mais 15 ou 20 minutos até a entrada da área de visitação da Muralha.


Leia também: O que fazer em Pequim: turistando na China


✓ Juyonguan

60 Km de Pequim | 40 RMB (novembro a março) e 45 RMB (resto do ano) | 8h30 5h30 | Melhor época para visitar: Abril a outubro

Esta é a seção mais próxima de Pequim e é adaptada para cadeira de rodas. Como esse trecho fica mais perto ainda da cidade, fica valendo o mesmo conselho que demos em Badaling: evite visitá-la no começo de maio e outubro (feriados chineses).

A incrível experiência de visitar a Muralha da China em Juyongguan
By Bjoertvedt (Own work) [CC BY-SA 4.0], via Wikimedia Commons
Uma curiosidade interessante desse trecho da Muralha da China é que o próprio Genghis Khan conduziu suas tropas através do Passe Juyong durante sua conquista do território chinês. Legal, né?

✓ Jiankou

80 Km de Pequim | 20 RMB |  Trecho selvagem e intocado da Muralha da China

Jiankou é uma das seções mais selvagens da Muralha da China. Com uma perigosa inclinação, é também uma das mais perigosas, recomendada apenas para quem tem experiência em trilhas em montanhas.

Essa seção não está oficialmente aberta ao público, mas os moradores locais cobram visitantes 20 RMB por pessoa.

Curta a página do Tô pensando em viajar no Facebook

✓ Mutianyu

90 Km de Pequim | 40 RMB | Melhor época para visitar: Abril, maio, setembro e outubro

Localizada a 90 quilômetros de Pequim, é uma das melhores e mais bonitas regiões para visitar a Muralha da China, com destaque para as vistas incríveis e para a quantidade de torres de vigia Ming que você vai ver lá. 

A incrível experiência de visitar a Muralha da China a partir de Pequim
By Laika ac from UK – Great Wall at Mutianyu, CC BY-SA 2.0, Link

Os visitantes têm acesso a dois teleféricos, que ajudam na subida e um tobogã, que te leva de volta rapidinho.

Como chegar

Você pode contratar um tour em grupo, privado, ou pegar um ônibus até lá, a partir da estação de ônibus de Dongzhimen. O ônibus 916 Express até a Estação Huairou North Avenue (Huairou Beidajie) custa 12 RMB e a viagem dura cerca de 1 hora e pouco. Em seguida, pegue um ônibus h23, h24, h35 ou h36 até Mutianyu.

✓ Gubeikou

146 Km de Pequim | 25 RMB | 7h30 18h30 | Melhor época para visitar: Abril, maio, setembro e outubro

A Muralha da China em Gubeikou fica a 2 horas de Pequim e é uma parte que ainda não foi restaurada. Por isso mantém a sua beleza original.

a incrível experiência de visitar a Muralha da China em Gubeikou
By Ronnie Macdonald from Chelmsford, United Kingdom (Gubeikou 34) [CC BY 2.0], via Wikimedia Commons
O acesso aqui é bem difícil e recomendado só pra quem tem experiência.

Como chegar

Não existe transporte direto de Pequim até Gubeikou. O melhor é contratar um transporte particular ou em grupo até aqui.

✓ Jinshanling

130 Km de Pequim | 65 RMB (abril a outubro) e 55 RMB (novembro a março) |  8h – 17h | Abril, maio, setembro e outubro

Essa é uma das partes mais preservadas da Muralha da China e aqui você pode ver o sistema defensivo completo da Muralha, incluindo as paredes de barreira, de batalha, as torres de vigia, e paredes para bloqueio de cavalos. Até furos de tiro você consegue ver. Já pensou que emocionante?

a incrível experiência de visitar a Muralha da China a partir de Pequim
By Ekrem Canli (Own work) [CC BY-SA 3.0], via Wikimedia Commons

Como chegar

A maneira mais fácil e prática de chegar até aqui é com o ônibus turístico, que opera de abril a novembro, e parte da Wangjing West Station em Pequim. O ônibus sai às 8h e volta às 15h. O bilhete custa 32 RMB e viagem dura cerca de 2 horas.

✓ Simatai

70Km de Pequim | 40 RMB | Melhor época para visitar: Abril, maio, setembro e outubro

O trecho da Muralha da China em Simatai foi parcialmente restaurado e a área turística é limitada à seção leste. Diferente do que aconteceu em trechos mais turísticos como Badaling, a renovação aqui se concentrou apenas no reforço da estrutura, mantendo a aparência original da Muralha.

Para visitar Simatai é recomendável fazer uma reserva online com até 10 dias de antecedência da sua visita pois o número de visitantes à essa parte da Muralha da China é limitado. Após a chegada, compre o ingresso no centro do visitante usando a mensagem de confirmação da reserva e seu certificado de identificação. A partir daí, você será guiado para o ônibus para a Grande Muralha. O serviço de emissão de bilhetes só está disponível às 10:00, 12:00 e 14:00, portanto, você deve organizar seu itinerário bem.

A incrível experiência de visitar a Muralha da China a partir de Pequim
By yeowatzup (Great Wall At Simatai, Beijing) [CC BY 2.0 (http://creativecommons.org/licenses/by/2.0)], via Wikimedia Commons
Simantai é também a única seção da Muralha da China aberta para tours noturnos. Já imaginou que experiência extraordinária? De abril a outubro você pode visitar esse trecho da Muralha das 18h às 22h e de novembro a março das 17h30 às 21h (segunda a sexta) e das 17h30 às 21h30 durante os finais de semana. Já coloquei na minha lista de desejos!

Como chegar

Combine com um transporte particular para te trazer até aqui, ou use o ônibus 980 Express, a partir da estação Dongzhimen em Pequim. Salte na estação Miyun e pegue outro ônibus (Mi 37, Mi 50 ou Mi 51) até Simatai Village Station. Caminhe até o centro de visitantes da Gubei Water Town.

O bilhete do ônibus 980 Express custa 17 RMB e do ônibus Mi 8 RMB.


Leia também: Onde ficar em Pequim: dicas de hospedagem na capital da China


Huangyaguan ou Huangya Pass

120Km de Pequim | 50 RMB | 7h30 – 18h30 | Melhor época para visitar: Abril a outubro

Localizada a 120 km de Pequim, este é o maior trecho restaurado da Muralha da China. Aqui você vai poder andar entre bases de pedra originais construídas durante a dinastia Qi do Norte e se quiser, pode até participar da Huangyaguan Great Wall Marathon, uma maratona anual pelos íngremes degraus da Muralha da China. Já pensou que demais?

A incrível experiência de visitar a Muralha da China a partir de Pequim
By Ronnie Macdonald from Chelmsford, United Kingdom (Taipingzhai to Huangyaguan 11) [CC BY 2.0], via Wikimedia Commons
Se você for percorrer à pé os 2,2km entre as duas entradas, é recomendado começar na entrada leste e seguir até a entrada principal fica no Huangya Pass. Você também pode fazer o trajeto com um ônibus turístico que custa 20 RMB por pessoa.

Como chegar

Pegue um ônibus em Beijing Sihui até Jixian. O ônibus sai a cada meia hora, das 6h30 às 19h30. A viagem dura cerca de duas horas e a tarifa do bilhete é 30-40 RMB. Quando chegar em Jixian, pegue outro ônibus até a Muralha. A viagem dura uma hora e custa 25-30 RMB por pessoa.

Se preferir ir de trem, vá até Jixian a partir da estação ferroviária do leste de Pequim. A viagem dura cerca de uma hora e o bilhete custa 14,5 RMB por pessoa. Em seguida, siga até a Muralha de ônibus turístico. Saiba mais sobre os horários de trem na China.

A minha experiência na Muralha da China

Minha expectativa de conhecer a Muralha da China era muito grande, mas assim que passamos pelo primeiro trecho – bem mais turistão -, fui ficando preocupada com as dezenas de centenas de turistas ‘escalando’ os pedaços de muralha que passavam pela minha janela e me lembrei de todos os blogs que diziam que Badaling é o pedaço mais pega turista de todos.

Perguntei para a guia onde iríamos exatamente e ela me respondeu que visitaríamos um pedaço ‘recém inaugurado‘ da Muralha em Badaling, chamado ‘Ancient Part’, logo após o túnel Qinglong, e que só tinha acesso a pequenos grupos. Relaxei.

A incrível experiência de visitar a Muralha da China a partir de Pequim

Sozinha na Muralha da China

Quando chegamos ao estacionamento ela nos olhou e disse: Vocês têm sorte, viemos no horário ideal. Acho que estaremos sozinhos e vocês terão 3 horas para explorar a Muralha.

UAU! Eu estava pisando na Grande Muralha da China e eu mal podia acreditar. Saí voando pelas escadas. Era tudo tão emocionante, que à medida que eu subia, queria continuar subindo mais e mais.

A incrível experiência de visitar a Muralha da China a partir de Pequim

Quando cheguei até a primeira torre vi meu pai ainda no começo de sua caminhada, eu pude finalmente sentir o que era caminhar sobre a Grande Muralha da China.

Continuei caminhando sozinha na muralha da China – ! -. Tirei meus sapatos e continuei caminhando até chegar a um ponto de onde eu conseguia ver tudo a meu redor.

De repente comecei a ouvir um barulho bem baixinho. Fechei os olhos pra me concentrar melhor e o som que eu ouvia parecia vindo de um instrumento musical, como uma flauta, ou algum instrumento de sopro. Abri os olhos assustada, olhei ao meu redor e não vi nada.

A incrível experiência de visitar a Muralha da China a partir de Pequim

Um arrepio me percorreu a espinha. Pensei em todas as pessoas que em algum momento passaram por ali. Pensei nos soldados chineses passando rigorosos invernos naquele lugar solitário e pensei em como os lugares podem absorver os sentimentos de quem passa ali. Não pensei em turistas, não pensei em nada, eu estava ali, 12 horas no futuro, revivendo mesmo que na minha imaginação um passado muito muito distante.

Ô sorte!

A incrível experiência de visitar a Muralha da China a partir de Pequim

Saí de lá como uma criança, carregando comigo memórias e centenas de fotografias pra não esquecer de nada.

A incrível experiência de visitar a Muralha da China a partir de Pequim

E aí, valeu a pena visitar a Muralha da China?

Muito, muito mesmo! Como eu disse, visitar a Muralha da China era um sonho de infância. Foi uma viagem a um passado remoto e maravilhoso em uma das partes mais conservadas da Muralha.

E você, já visitou a Muralha da China? Deixa um comentário, conta pra gente como foi!

E não se esqueça do seguro viagem, hein?

Se você tá pensando em viajar para China a contratação de um seguro viagem é essencial! Ele é a sua garantia de assistência médica em caso de acidente ou emergência.

Faça uma cotação grátis e ganhe 5% de desconto com o código TOPENSANDO05. Pague menos por uma cobertura mais abrangente para seu investimento!

Leia mais sobre a China e o Tibet


Salve essas dicas no Pinterest

Visitar a Grande Muralha da China é uma experiência inesquecível. Ela é uma das grandes construções feitas até hoje e pode ser visitada em uma curta viagem a partir de Pequim, capital da China.


Você pode seguir o TÔ PENSANDO EM VIAJAR nas redes sociais

FACEBOOK, INSTAGRAM e TWITTER


Deixe seu comentário

Deixe seu comentário!
Digite seu nome