O ponto alto de toda viagem de carro é a estrada. Na maioria das vezes o caminho é muito mais importante que o próprio destino. E durante nossa viagem de 10 dias pela Califórnia tivemos muita estrada! Mas definitivamente, ir do Death Valley ao Yosemite no inverno foi um dos pontos altos dessa nossa aventura. Vou contar tudo pra você!

Do Death Valley ao Yosemite no inverno

Como ir do Death Valley ao Yosemite no inverno

Saímos cedinho de Stovepipe, no Death Valley em direção ao Yosemite National Park, no norte da Califórnia, um dos parques nacionais mais visitados dos Estados Unidos.

Como era inverno, tivemos que escolher a rota mais longa: seguir pela Highway 190, pegar a 395 e seguir pela 99, rodovia que liga o sul ao norte da Califórnia pelo vale central, chamado San Joaquin Valley.

Fomos obrigadas a fazer essa escolha pois durante o inverno (novembro a maio), a belíssima CA-120, ou Tioga Road fica fechada por conta da neve.

Os primeiros quilômetros depois de Stovepipe são bem complicados, pois a estrada é muito sinuosa e estreita, mas o visual é incrível! Seguimos firmes pela 190 até Panamint Springs.

Viajar de carro pelos Estados Unidos

Alugar um carro nos Estados Unidos é uma das melhores maneiras de conhecer o país. E não é a toa que a Califórnia é conhecida como um dos melhores destinos para uma road trip americana.

Considere o site da Caltrans o seu melhor amigo. É só digitar o nome da estrada pra conferir quais são as condições, em tempo real.

Do Death Valley ao Yosemite no inverno

Uma ótima dica para economizar em aluguel de carro nos EUA é usar um comparador online. Nós usamos o site da Rentcars, uma empresa brasileira, que além de garantir o melhor preço, oferece pagamento em real, sem iof, com parcelamento no cartão de crédito, sem juros!

FAÇA UMA COTAÇÃO GRÁTIS


Leia também: O site da Rentcars é confiável? Vale a pena usar?


Os Gigantes do Death Valley

A região do Panamint Valley tem uma história muito interessante, que vem sendo contada e recontada desde os tempos dos antigos habitantes da região, os índios Paiute, lembra deles lá do Zion National Park?!

A história fala da existência de uma cidade subterrânea encontrada por 2 moradores da região depois de terem descido por um buraco no fundo de uma mina de ouro abandonada. Eles teriam passado por debaixo das Montanhas Panamint e se depararam com uma enorme cidade, aparentemente abandonada há séculos, cheia de objetos de ouro e múmias preservadas que mediam mais de 2 metros de altura.

Os dois moradores teriam levado algumas peças até o Smithsonian Institute, mas a história não convenceu os cientistas, especialmente porque os dois homens não foram capazes de localizar novamente o tal buraco que levava até a caverna subterrânea.

Do Death Valley ao Yosemite no inverno

Pra melhorar a história, Charles Manson, o famoso psicopata, foi preso pela última vez em 1969 nessa mesma região. E com ele foi encontrado equipamento de mergulho. Reza a lenda que ele também sabia da existência e da localização dessas cavernas subterrâneas. Será?

E não se esqueça do seguro viagem, hein?

Contratar um bom seguro viagem para os Estados Unidos é essencial no planejamento de uma aventura assim. Uma visita ao pronto-socorro nos EUA pode facilmente ultrapassar os 5.000 dólares. Melhor investir bem menos e contratar um seguro viagem internacional, né?!

Nós usamos e recomendamos o site da Seguros Promo para contratar seguro viagem mais barato. Aproveite a oportunidade e ganhe até 10% de desconto com o código TOPENSANDO05 e pagamento com boleto bancário.

QUERO DESCONTO


Leia também: Dicas infalíveis para comprar seguro viagem mais barato


Hit The Road!

Bem, voltando ao nosso trajeto do Death Valley ao Yosemite, continuamos na 190 até Olancha, passando pela incrível Father Crowley Vista.

Do Death Valley ao Yosemite no inverno

Com companhia constante das Montanhas Inyo cercadas pelo deserto. Um visual alucinante!

Do Death Valley ao Yosemite no inverno

Chegamos ao Owens Lake animadas com a queda da temperatura e com o visual incrível das montanhas nevadas.

Do Death Valley ao Yosemite no inverno

Em Olancha você pode abastecer o carro, comer pistaches e ligar pra casa.

Nossa programação neste dia era curtir a estrada, como começamos bem demais, resolvemos fazer um pequeno desvio da rota do GPS, que era seguir pela 395, depois pela 58 até Bakersfield, e de lá pegar a 99), e pegamos a 178 em direção ao Lake Isabella.

Do Death Valley ao Yosemite no inverno

Calculamos esse desvio direitinho, olhando tanto nosso amado Rand McNally Road Atlas, quanto as condições das estradas. E devo confessar: Não nos arrependemos nadinha! O caminho foi MARAVILHOSO.

A 178 não é uma rodovia como a 58, que permite uma velocidade maior. Ela é uma estrada pra percorrer devagar, tranquilamente observando tudo. Começamos com um pouquinho do deserto Mojave, e suas incríveis Joshua Trees (não tão comuns no Death Valley). Passamos por esculturas naturais incríveis, e a viagem só ia ficando mais bonita depois que chegamos nos limites da Sequoia National Forest.

Do Death Valley ao Yosemite no inverno

Fizemos algumas paradas pra fotos do incrível Rio Bravo e seguimos em direção à Bakersfield, nossa parada para almoçar, e pegar a 99.

Do Death Valley ao Yosemite no inverno

Uma longa jornada e muitas surpresas ainda nos esperavam até o sensacional Yosemite National Park, nossa próxima parada!

Leia mais dicas da Califórnia


Salve este artigo no Pinterest!
Vamos continuar nossa viagem de carro pela Califórnia, percorrendo o visual alucinante do caminho do Death Valley ao Yosemite no inverno. Saiba como foi a nossa viagem e encontre dicas e inspiração para viajar melhor por um dos estados mais lindos dos Estados Unidos.


DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário!
Digite seu nome