Valinhos

Valinhos é um município do estado de São Paulo, região Sudeste do Brasil. Está localizado, estrategicamente, na Região Metropolitana de Campinas. Sua população, conforme estimativas do IBGE de 2019, era de 129 193 habitantes e sua área territorial é de 148,538 km².

Conhecida como a Capital do Figo Roxo, Valinhos é hoje também lembrada pela grande produção de goiaba, bem como por ser a cidade natal do compositor, cantor e ator Adoniran Barbosa.

Nascido no dia 6 de agosto de 1910, Adoniran Barbosa foi um dos artistas mais consagrados e de referência no âmbito do samba, tendo feito história na cidade de São Paulo com a composição da música Trem das Onze; cidade na qual viria a falecer em 23 de novembro de 1982.

A cidade é considerada a melhor cidade do Brasil na categoria Indicadores Sociais, de acordo com pesquisa realizada pela Consultoria Austin Rating, para a 2ª edição do Anuário Melhores Cidades do Brasil 2022, da Revista Isto É. Os índices avaliados foram Qualidade de Vida, Educação, Saúde, Habitação, Responsabilidade Social, Atenção ao Jovem e Desenvolvimento Humano. Em 2015, na primeira versão da pesquisa, a cidade havia ficado em 38º lugar.

O município de Valinhos persegue sua vocação turística desde a década de 1920, quando o então prefeito de Campinas, Orozimbo Maia se torna proprietário da Fazenda Cachoeira e, em 12 de julho de 1921, inaugura a Fazenda Hotel Fonte Sônia.

Comprovando as propriedades benéficas da água da fonte para os males dos rins, bexiga e outros órgãos e visando desfrutar financeiramente da descoberta, Maia transforma metade da casa da fazenda em hotel e dá início à produção comercial do líquido. A Fonte Sônia também ficou famosa pela produção de doces como figada e a goiabada e por suas belezas naturais, como as cascatas e matas nativas.

Em 2013 ela foi fechada para visitação e entre 2015 e 2016 foi objeto de um projeto imobiliário.

Em vários momentos da história a imprensa valinhense levantou a questão da vocação do município para o turismo, sendo que o primeiro jornal de Valinhos, editado no ano de 1939 por Gedeão Menegaldo, trouxe um artigo com o título “Valinhos enquanto estância termo climática”, que falou mais diretamente sobre esta vocação. No âmbito institucional, em 1996, o Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) concedeu a Valinhos o Selo de Cidade com Potencial Turístico.

No final da década de 1990, produtores de frutas de Valinhos descobriram uma nova fonte de renda: o agroturismo. Ele é realizado na região dos bairros da Reforma Agrária, Macuco e Capivari e visa explorar o potencial turístico das mais de 400 chácaras produtoras de uma grande diversidade de frutas, além de valorizar o trabalho do homem do campo.

O município passou a fazer parte, desde 2022, do Mapa do Turismo Brasileiro, além de ser reconhecido pelo Ministério do Turismo como integrante do Programa de Regionalização do Turismo dentro da região turística dos Circuitos das Frutas, que abrange os municípios de Atibaia, Indaiatuba, Itatiba, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira, Morungaba, Valinhos e Vinhedo.

Visitada pelos turistas interessados em suas atrações variadas, Valinhos é um dos destinos cada vez mais procurados no interior paulista, especialmente pela boa gastronomia, parques naturais, atrações históricas, museus, sítios, vinícolas, igrejas, entre outros pontos turísticos. Com belíssimas paisagens, o município tem a cada ano se desenvolvido em muitas atividades turísticas e culturais, entre elas de turismo rural, ecoturismo, turismo religioso, cicloturismo e outros. Entre os meses de janeiro e fevereiro, recebe milhares de visitantes numa das mais tradicionais festas do Estado de São: a Festa do Figo e Expogoiaba.

Turismo de Negócios: Valinhos é privilegiada por fazer divisa com Campinas, a maior cidade em extensão e população da RMC e que ocupa posição de destaque nas execuções de transações de negócio. A região oferece multiplicidades de atividades econômicas, o que potencializa a atração para novos investimentos. Valinhos está, portanto, muito próximo a este polo de turismo de negócios, aumentando sobremaneira as diversas transações comerciais.

Turismo cultural: a cidade oferece belo roteiro histórico-cultural e artístico e se orgulha de ser a terra natal e moradia de grandes artistas como Adoniram Barbosa, saudoso compositor e cantor brasileiro. Sua imagem pode ser contemplada em uma escultura em bronze, em tamanho real, no CACC (Centro de Artes, Cultura e Comércio) ‘Adoniran Barbosa’, onde os visitantes podem se sentar ao lado e registrar uma boa fotografia. Também merece destaque dentro do roteiro o artista plástico e arquiteto renomado Flávio de Carvalho, que escolheu Valinhos para viver. Deixou na história sua casa modernista na sede da Fazenda Capuava, com 650 m² de área construída, em catorze cômodos, testemunhando a irreverência do arquiteto. A estrutura é tombada pelo CONDEPHAAT – Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico.

Conheça algumas atrações turísticas de Valinhos:

Ciclo Tour da Rota do Figo: é sucesso na região onde também é desenvolvido o Agroturismo, nos bairros Reforma Agrária, Macuco e Capivari. São três tipos de trilha: interna, do Parque do ARA; intermediária (iniciantes) e completa, esta última com visitação às propriedades locais, área rural, plantações, degustações. A rota tem um trajeto de no máximo 41 km em ritmo de cicloturismo.

Ponto de Apoio do Turista e do Agricultor: Localizado na casinha de madeira no bairro Reforma Agrária, em frente da portaria principal do Parque Estadual da ARA, no km 5 da Estrada Municipal Luís de Queirós Guimarães, o Ponto serve de apoio aos turistas e cicloturistas e também aos produtores rurais para orientações e atividades diversas, mediante agendamentos pelo telefone (19) 3829-5200 e e-mail: sde@valinhos.sp.gov.

Agroturismo: é realizado na região dos bairros da Reforma Agrária, Macuco e Capivari. Visa explorar o potencial turístico das mais de 400 chácaras produtoras de uma grande diversidade de frutas, além de valorizar o trabalho do homem do campo. Oferece aos visitantes a oportunidade de conhecerem o processo de produção de algumas frutas, doces, vinhos e licores.

Point do Food Truck: aberto à visitação, o point é promovido sempre às quintas-feiras, a partir das 18h, na Praça Washington Luiz. Conta com a participação de 17 trailers de alimentos variados e infraestrutura completa com banheiros públicos, playground e estacionamento gratuito. O evento recebe visitantes de várias cidades da região, em ambiente familiar, onde todos podem ter bons momentos de lazer e fazer refeições de qualidade. Os visitantes também podem adquirir lindos artesanatos confeccionados por artesãos da cidade.

Parque ARA: No turismo sustentável em Valinhos, a Prefeitura em parceria com a gestão do Parque ARA (Parque Estadual Assessoria de Reforma Agrária), localizado na área rural do município, na Estrada Luiz Queiroz Guimarães, km 5, promove a visitação e a conscientização do meio ambiente. Fundado em 1969 e sob a gestão da Fundação Florestal, o parque tem 64 hectares e abriga uma grande diversidade de plantas e animais.

Feira Arte na Praça: aberta ao público e realizada sempre aos domingos, das 9h às 13h, na Praça Washington Luís, os visitantes desfrutam de momentos de lazer em família em um ambiente espaçoso, com infraestrutura completa, segurança e praça de alimentação. Semanalmente são apresentadas atrações musicais e culturais diversificadas e o público ainda tem a oportunidade de adquirir artesanatos e prestigiar a feira de adoção de pets organizada pela Coordenadoria do Bem Estar Animal

CLT – Ayrton Senna da Silva: O Centro de Lazer do Trabalhador Ayrton Senna da Silva é um espaço aberto ao público e destinado para a prática de esportes, lazer e também sedia eventos esportivos e culturais durante o ano. O espaço conta com quiosques, quadra de tênis e poliesportivas, lago, pistas para caminhada e ciclismo, além de quadra de tênis e playground. O CLT fica na Avenida Doutor Altino Gouveia, 878, no bairro de Jardim Pinheiros.

Museu Municipal: Outro ponto turístico bem procurado pelos nhancement-1601a961-b3be-4db2-9c86-0e3ea39fa033″ class=”textannotation”>visitantes é o Museu e Acervo Municipal ‘Fotógrafo Haroldo Ângelo Pazinatto’. Localizado no edifício da antiga Estação Ferroviária da Companhia