Rua Haddock Lobo

A Rua Haddock Lobo é uma das principais vias do Jardim Paulista, bairro da cidade de São Paulo. O seu nome é uma homenagem ao médico e político, Dr. Roberto Jorge Haddock Lobo, do Partido Conservador. Com edifícios de alto padrão residencial, a rua também é conhecida por abrigar badalados restaurantes e estreladas grifes nacionais e internacionais, como Louis Vuitton, Giorgio Armani, Christian Dior, Marc Jacobs, Bulgari, Cartier, Salvatore Ferragamo, Ermenegildo Zegna, Diesel, Max Mara, Montblanc e Alexandre Herchcovitch. Roberto Jorge Haddock Lobo (Cascais, 19 de Fevereiro de 1817 – Rio de Janeiro, 30 de Dezembro de 1869) foi um médico e político brasileiro, nascido em Portugal. Emigrou para o Brasil e ingressou na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro em 1834. Embora se dedicasse ao comércio, continuou a aplicar-se ao estudo da Medicina e de vários problemas sociais e de administração. Foi delegado da Inspetoria da Instrução Pública, Juiz de Paz, membro da Academia Imperial de Medicina e da Sociedade Auxiliadora da Indústria Nacional. Destacou-se por ter realizado a primeira anestesia no país, a nível ainda experimental, a 20 de Maio de 1847, em um estudante da Faculdade de Medicina, de nome Francisco d’Assis Paes Leme. Organizou, em 1849, o recenseamento do Município Neutro (atual município do Rio de Janeiro). Eleito vereador pelo Partido Conservador, chegou à presidência da Câmara. Empreendeu diversos melhoramentos na cidade do Rio de Janeiro, como por exemplo, a introdução do calçamento de paralelepípedos. Por essas iniciativas, foi condecorado com a Ordem de Cristo e com a Ordem da Rosa. Em 1864, publicou o “Tombo das Terras Municipais”, que se constituiu na base do Patrimônio Municipal. Foi redator dos Anais Brasilienses de Medicina e colaborador do Arquivo Médico Brasileiro, onde divulgou os avanços da medicina da sua época.