Mangal das Garças: Passeio imperdível em Belém do Pará

6
blog de viagem

Se eu fosse você e estivesse indo hoje pra Belém do Pará, mesmo que em uma viagem curta, eu com certeza faria uma visita ao Mangal das Garças. Acredite em mim, você vai se surpreender!

Mangal das Garças em Belém do Pará

Mangal das Garças, um passeio imperdível em Belém do Pará!

Visitar o Mangal das Garças foi, sem sombra de dúvidas, um dos meus passeios preferidos em Belém, uma cidade que me surpreendeu desde o primeiro minuto por sua beleza natural, pela simpatia de seu povo – acho que todo mundo é gente fina em Belém – e por uma cultura tão cheia de misturas que parece nos apresentar um novo Brasil, um Brasil diferente e lindo!

Você já viu o vídeo da nossa viagem de 7 dias pelo Pará?!


Leia também: Roteiro de 3 dias em Belém do Pará


O que é o Mangal das Garças

O Mangal das Garças é um parque naturalístico criado em 2005 em Belém do Pará. Uma área alagada de 40.000 metros às margens do Rio Guamá foi revitalizada e retransformada para a criação do Mangal.

Segundo o site do Mangal das Garças: ‘A transformação foi cuidadosa. O pré-requisito era o aproveitamento máximo das condições paisagísticas da área. A ideia, representar as diferentes macrorregiões florísticas do Pará: as matas de terra firme, as matas de várzea e os campos, com sua fauna.’


Leia também: Orla ao entardecer, passeio de barco em Belém do Pará


O Que Ver no Mangal das Garças, em Belém

  • Viveiro das Aningas

Comece o passeio pelo viveiro de aves, onde os visitantes podem conhecer mais de 35 espécies de aves locais.

Mangal das Garças em Belém do Pará

Mangal das Garças em Belém do Pará

Mangal das Garças em Belém do Pará

  • Farol de Belém

Depois, suba até o topo do ‘Farol de Belém‘, uma torre com estrutura de metal de 47 metros de altura.

Mangal das Garças em Belém do Pará

Você pode subir até o alto da torre e acessar dois níveis de observação, o primeiro a 15 metros e o segundo a 27 metros.

Mangal das Garças em Belém do Pará

Quando a gente chega lá no alto, dá pra ver o Mangal das Garças todinho, a cidade e o rio. Ô coisa linda!

Mangal das Garças em Belém do Pará

  • Mirante do Rio

Depois da subida, uma rápida pausa pra contemplação do rio Guamá e do centro histórico de Belém do Pará.

Mangal das Garças em Belém do Pará

É só atravessar a passarela de 100 metros sobre a vegetação nativa que você chega até o Mirante do Rio. Sente só o vento!

Mangal das Garças em Belém do Pará

Borboletário José Márcio Ayres

Outro lugar muito interessante pra visitar no Mangal das Garças é o borboletário, um viveiro de borboletas e beija-flores.

Mangal das Garças em Belém do Pará

Achei a visita ao borboletário do Mangal das Garças muito interessante. Primeiro porque eu adoro borboletas e segundo porque pudemos presenciar cenas lindíssimas! Como essas bichinhas ficam bem na foto, né?!

Mangal das Garças em Belém do Pará

Segundo do próprio Mangal das Garças: ‘São produzidas mensalmente mais de 5 mil borboletas adultas, sendo cada animal produzido identificado e registrado. Entre as espécies produzidas, estão à borboleta olho de coruja (caligo illoneus), ponto de laranja (anteosmenippe), Júlia (dryas iulia), brancão (ascia monusti) e battus (battus polydamas).’

Você já viu um ovinho de borboleta?!

Mangal das Garças em Belém do Pará

Açaí no pé

Aliás, por falar em ‘você já viu’, no Mangal das Garças você também pode ver um dos grandes astros do Pará, o açaí em toda sua glória original, diretamente de um pé de açaí.

Você já viu?!

Mangal das Garças em Belém do Pará

  • Alimentação das Garças

Mas vou te contar outro segredinho. Se você quiser presenciar uma cena surreal, planeje sua visita para estar no Mangal durante a alimentação das garças.

Mangal das Garças em Belém do Pará

Olha só a correria e ‘voação‘ por conta de uns míseros peixinhos.

Mangal das Garças em Belém do Pará

Cena surreal, né?!

Fique de olho na programação exposta na entrada do Mangal das Garças pra não perder o momento da alimentação!

  • Memorial Amazônico da Navegação

Você ainda pode visitar o Memorial Amazônico da Navegação em uma sala feita de ipê, com telhado revestido de palha e piso de pedra-sabão. Os painéis com fotografias e textos contam a evolução dos meios de transporte de navegação na Amazônia.

Mangal das Garças em Belém do Pará

Segundo o site do Mangal das Garças: ‘Os visitantes encontram também os três aspectos da evolução dos meios de transporte de navegação na Amazônia: o aspecto militar, (representado pela Marinha do Brasil); o comercial representado por um breve histórico da Enasa; e o regional, revelado na exposição de barcos que são muitos utilizados na região Norte.’

Mangal das Garças em Belém do Pará

Mangal das Garças em Belém do Pará

  • Lojinha

Se você é daquele tipo de pessoa que não pode ver uma lojinha, então vai adorar a lojinha do Mangal, cheia de produtos artesanais ‘da terra’.

Mangal das Garças em Belém do Pará

Mangal das Garças em Belém do Pará

  • Restaurante Manjar das Garças

Se der fome, você pode experimentar a comida do super bem falado Restaurante Majar das Garças, que funciona em sistema de buffet no almoço (R$65) e oferece jantar à La carte. O horário de funcionamento do Manjar das Garças é de terça a quinta-feira das 12h às 15h e das 20h à 0h e às sextas e sábados, das 12h às 16h e das 20h à 0h. Aos domingos, o restaurante abre apenas para almoço.

  • Horário de Funcionamento do Mangal das Garças

O Mangal funciona de terça-feira a domingo, das 9h às 18h e o passaporte, que permite a visitação de todos os espaços custa R$15. Você pode também pagar as entradas separadas, por exemplo, se quiser conhecer só o borboletário José Márcio Ayres você paga R$5, se quiser subir até o alto do Farol de Belém, mais R$5 e assim por diante. Eles aceitam meia-entrada para estudantes e às terças-feiras a visitação do Memorial Amazônico da Navegação é gratuita.

Saiba mais sobre as visitas guiadas ao Mangal das Garças através deste site.

Quer fazer um tour virtual pelo Mangal das Garças?!

Como chegar ao Mangal das Garças

Optamos alugar um carro pra nos locomover por Belém e ir até a Ilha do Marajó. Se você curte dirigir e quer aproveitar ao máximo seus dias na cidade, com muita independência e autonomia, essa é uma ótima opção.

E pra alugar um carro com segurança, garantia de melhor preço e pagamento em até 12 vezes sem juros, recomendo usar a nossa parceira RentCars.com.

Usando os links do blog você ajuda o Tô Pensando em Viajar a se manter e continuar trazendo informação e inspiração!

Onde se hospedar em Belém

Dá uma olhada no artigo Onde se hospedar em Belém: Hotel Golden Tulip Belém pra saber como foi a nossa experiência nesse hotel super confortável e bem localizado, e com uma piscina com uma vista de babar!


+ Encontre as melhores ofertas de hospedagem em Belém do Pará


Salve essa dica no Pinterest pra não esquecer

Leia mais sobre o Pará:


Você pode seguir o TÔ PENSANDO EM VIAJAR nas redes sociais

FACEBOOK, INSTAGRAM, e TWITTER


Salvar

Compartilhe!
Alessandra
ALESSANDRA é viajante, fotógrafa, e bióloga. Largou tudo e ganhou tudo ao mudar de rumo em 2012 depois de defender um doutorado em biologia molecular na USP. Desde então vive, viaja e trabalha com foto e vídeo, sua verdadeira vocação. Ama viajar fora do esquema turistão, e gosta mesmo é de paisagem humana!

6 COMENTÁRIOS

  1. Alessandra, parabéns pelo post. Um dos mais lindos que já li. Me deu vontade de voar agora para Belém do Pará. Lugar incrível e atrações ainda mais tentadoras.

  2. Nossa. Fiquei triste agora. Já fui para Belém duas vezes e não conheci o Mangal :/
    Da próxima tenho que ir. Adorei as fotos e o texto.
    Obrigado por compartilhar.

  3. Que lugar incrível! Que lindo esse revoar das garças atrás da comida! Deve ser um espetáculo!
    Ia ficar um tempão nesse mirante só curtindo a vista, sem me preocupar com mais nada na vida!

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário!
Digite seu nome