Home ÁFRICA ÁFRICA DO SUL Dicas de fotografia para um safári na África do Sul

Dicas de fotografia para um safári na África do Sul

17

Fazer um safári na África do Sul pode ser o sonho de muitos viajantes fotógraf@s e amantes de fotografia. Ficar cara a cara com animais selvagens e ainda conseguir uma boa foto é satisfação certa pros nossos espíritos fotográficos e com essas dicas de fotografia de safári você vai brilhar muito. Quer apostar?!

Dicas de fotografia para um safári na África do Sul

A história dos safáris na África do Sul

Os safáris no sul e leste da África tornaram-se populares ao longo do século 20, mas nem sempre foram assim, fotográficos.

A palavra safari significa ‘jornada’, ‘expedição’ em suaíli e era exatamente isso que os safáris eram antigamente: grandes jornadas através de rotas comerciais que cruzavam o continente africano. Depois de um tempo apareceu outro sinônimo: caçadores embarcavam em uma jornada para encurralar e matar animais selvagens, sem a menor piedade. Uma imbecilidade sem tamanho que ainda é um dos grandes problemas nessa parte do mundo.

Trocar munição letal por munição fotográfica é bem mais paz e amor e contribui para a conservação de espécies ameaçadas.

Dicas de fotografia para um safári na África do Sul

Onde fazer safári na África do Sul

Se você tá pensando em fazer um safári na África do Sul, a sua primeira opção tem que ser a região das províncias de Limpopo e de Mpumalanga, no nordeste do país. É ali que está localizado o Kruger Park, o mais importante parque nacional sul-africano, que é cercado por dezenas de reservas particulares que abrigam os melhores lodges do país.

Se não der pra ir tão longe, outra opção para safári na África do Sul é o Pilanesberg Park, que fica a duas horas de Joanesburgo.

Safári no Kruger

Além de abrigar uma diversidade animal e vegetal incrível e ser um exemplo de conservação natural na África do Sul e no mundo, é no Kruger que estão alguns dos melhores lodges do planeta!

Dicas de fotografia para um safári na África do Sul

Os lodges são opções de hospedagem que oferecem conforto, luxo e safáris tudo em um mesmo pacote! Eles geralmente ficam em reservas particulares e são uma experiência a parte! Recomendo!

Dicas de fotografia para um safári na África do Sul

Os brasileiros amam os lodges Kapama, Sabi Sands e Thornybush. Mas se você procurar bem, vai encontrar ótimas opções de hospedagem perto do Kruger Park, mesmo pra quem não está com a conta tão recheada assim.

Makumu Private Game Lodge

Nós escolhemos o Makumu Private Game Lodge, na Klaserie Private Nature Reserve em Hoedspruit, uma reserva Big Five e uma das maiores reservas naturais privadas na África do Sul, com 60.000 hectares.

Dicas de fotografia para um safári na África do Sul


Leia mais sobre a nossa experiência única no Makumu Private Game Lodge.


A possibilidade de fugir das multidões de turistas e ter uma experiência mais íntima e exclusiva foram alguns dos motivos que nos fizeram escolher o Makumu Private Game Lodge durante nossa viagem de 10 dias na África do Sul. O lodge funciona no esquema all inclusive, com bebidas, 3 refeições e 2 game drives diários inclusos na diária. E vou te falar uma coisa: não poderia ter sido melhor!


Encontre ofertas de hospedagem no Makumu!


Safári econômico no Kruger

Se você quiser uma opção mais econômica de safári na África do Sul, você pode fazer os chamados self-drives. Você mesmo dirige pelas estradas do Kruger e pode ficar hospedad@ em alguma das cidades próximas ao parque, que oferecem opções de hospedagem bem mais convidativas.

As principais cidades são:

Também fizemos um self-drive e foi uma experiência bem diferente. Durante os game drives do lodge a gente se sentia em uma caçada mesmo, entrando no meio do mato, off road total. Já dentro do Kruger o off road é proibido e você vai passando pelos animais pela estrada.

Dicas de fotografia para um safári na África do Sul

Safári no parque Pilanesberg, perto de Joanesburgo

Pra quem não tem muito tempo na África do Sul, outra boa opção para safári é o Parque Pilanesberg, que fica a 2 horas do aeroporto de Joanesburgo (220km), o maior hub sul-africano.

O Parque Nacional Pilanesberg é o quarto maior parque da África do Sul, e está situado na cratera de um vulcão extinto há 1,2 bilhões de anos, com diâmetro de quase 600 km².

Dicas de fotografia para um safári na África do Sul

Pilanesberg é uma reserva Big five‘, ou seja, é lar dos cinco animais mais temidos pelos caçadores: o leão, o elefante africano, o búfalo africano, o leopardo e o rinoceronte, e conta com uma variedade incrível de paisagens: montanhas, colinas, riachos e lagos. Como o parque está situado numa zona de transição entre a savana úmida e a árida, típica do Kalahari, ele abriga espécies vegetais e animais características de ambos ecossistemas.

As opções de hospedagem são muitas por toda a região. Você pode escolher ficar em um dos hotéis do resort Sun City, ou escolher uma opção diferente, como o delicioso Kwa Maritane Lodge, que fica dentro do parque.

Safári na África do Sul

Viajar de carro na África do Sul

De qualquer maneira, um ótimo jeito de viajar pela África do Sul é de carro. As estradas são lisinhas, bem cuidadas e apesar da mão inglesa, o carro te dá uma liberdade e independência que vão valer o esforço, você vai ver.


Leia mais sobre como é dirigir na África do Sul.


Nossa dica para alugar um carro na África do Sul é usar o site da Rentcars.com. Assim você pesquisa de uma vez só os preços de várias locadoras diferentes, garante as melhores condições no aluguel de carro, em português, não paga iof e ainda pode dividir o valor em até 12 vezes sem juros.

Safári na África do Sul: Dicas de fotografia

Apesar de não ser especialista em fotografia de safári, estive recentemente na África do Sul e levei toda a minha parafernália fotográfica comigo. Depois de mais de 4 game drives e um self-drive no parque, acho que deu pra acumular alguma experiência e passar algumas dicas sobre o que aprendi.

Que equipamento levar para um safári fotográfico?

Câmera e Lentes

Levei comigo minha câmera principal, uma Canon 5d mkIII e minha câmera reserva, uma Canon 60d, com um set de lentes pensado especialmente para o safári fotográfico: uma Sigma 70-200mm f2.8 e uma Canon 17-40mm f4.0L.

Dicas de fotografia para um safári na África do Sul

A grande diferença entre a 5dmkIII e a 60D é que a mkIII é full frame e produz uma imagem de qualidade bem superior, principalmente em condições de baixas luzes, como por exemplo, o safári noturno.

Por outro lado, a lente 70-200mm na 60D ‘aumenta’, e por conta do tamanho do sensor da câmera, ela ‘se transforma’ em uma 112-320mm, alcançando mais longe ainda.

Sei que a 70-200mm f2.8 – mesmo a da Sigma – é uma lente cara, mais pra uso profissional, uma outra opção mais barata e versátil seria a Canon 24-105mm f4.0L, ou mesmo a Canon 75-300mm, que eu acho uma lente péssima, mas que em compensação é bem mais barata.

Tripé

Eu não costumava viajar com tripé não, vou te falar a verdade. Mas de uns tempos pra cá ele tem se tornado cada vez mais um companheiro de viagem. É chato pra carregar? É. É pesado? Pode ser. Mas a estabilidade do tripé ajuda a fazer fotos incríveis, como essa.

Dicas de fotografia para um safári na África do Sul

Durante os safáris na África do Sul, usei bastante o tripé como apoio, principalmente no comecinho da manhã e no fim da tarde e quase sempre para usar a 70-200mm, que é bem pesada.

Cartões de memória e bateria extra!

Não se esqueça de levar muitos cartões de memória, hein?! Eu ando com cerca de 10 cartões SD e CF. Já que a 5d mkIII permite o uso desses dois tipos de cartões ao mesmo tempo.

Recomendo também comprar um porta cartões de memória bastante resistente pra manter os cartões organizados e protegidos.

E não esqueça das baterias extras, hein?! Não dá pra ficar sem bateria ao ficar cara a cara com um elefante lindo maravilhoso, não é mesmo?!

Dicas de fotografia para um safári na África do Sul

Safári na África do Sul: escolha a sua câmera!

Escolher a câmera fotográfica certa pra você e para o safári na África do Sul depende bastante da sua necessidade e do seu bolso.

Publicamos um guia Viagem e fotografia: qual câmera comprar e ele pode te ajudar nessa decisão.

blog de viagemAlgumas características importantes para escolher a câmera certa para um safári fotográfico, são:

  • Modo de exposição manual, que te permite controle total das funções da câmera.
  • Autofoco, essencial para a correria do safári.
  • Capacidade alta de ISO para fotografar em baixas luzes.

Você também ama fotografia?! Conheça a nossa série Fora de Foco, com histórias e dicas fotográficas que vão te inspirar e informar! ;)


6 dicas práticas para um safári fotográfico

1. Escolha e cuide bem do seu equipamento (câmera, lentes e acessórios)

Escolha o equipamento ideal pra você e prepare-se com antecedência. Formate os cartões, carregue baterias e se joga! Cuidado com a câmera e as lentes, hein?! O ideal é usar um filtro UV para protegê-las.

2. Use os modos criativos da câmera

Não tem muito talento com o modo manual da sua câmera?! Não tem problema! Acostume-se a usar os modos criativos da câmera como o Modo Tv (ou Modo S na Nikon). Este é o modo de prioridade do obturador, que te permite definir uma velocidade mais rápida para evitar as famosas fotos borradas.

3. Fotografe em RAW

Fotografando em RAW ao invés de JPG você consegue produzir uma imagem com mais detalhes e com maior flexibilidade na pós-produção.

A desvantagem é que o arquivo é bem maior e você precisa passá-lo por um programa de edição, como o Lightroom, por exemplo.

Prefiro qualidade de imagem. E você?!

Dicas de fotografia para um safári na África do Sul

4. Capriche na composição

Sei que é difícil vencer a adrenalina e se concentrar na composição da foto, mas isso é super importante para que você vá além. Cuidado com a posição do sol também, que deve sempre estar atrás de você, a não ser quando você estiver procurando criar uma imagem com silhuetas e contornos, o que também é super interessante.

Dicas de fotografia para um safári na África do Sul

Use e abuse da Regra dos Terços e não tenha medo de desafiar conceitos e regras!! Fotografia é sentimento e conexão com o aqui e agora! Permita-se e…

6. Divirta-se!

Acho que isso é o mais importante de tudo! E não se esqueça de olhar com os olhos, hein?!

Dicas de fotografia para um safári na África do Sul

Qual a sua dica?

E você, já fez um safári na África do Sul?! Tem alguma dica? Deixe um comentário. Vamos adorar trocar uma ideia com você!

Seguro viagem na África do Sul

Se você tá pensando em viajar para a África do Sul, uma das coisas mais importantes no planejamento da sua viagem é o seguro saúde. Contratar um seguro viagem é uma garantia em caso de algum acidente ou emergência. Já pensou que dor de cabeça estar desamparad@?!

Nossa dica é usar o site da Segurospromo, para comparar planos variados, de vários seguradoras em uma só plataforma simples e fácil de usar.

Como eles são nossos parceiros, todos os leitores do Tô Pensando em Viajar ganham um desconto de 5% na contratação de qualquer seguro viagem. É só usar o código TOPENSANDO05 durante sua compra no site.

10 dias na África do Sul de carro

Quer saber mais sobre a nossa viagem pela África do Sul?! Dá uma olhada no roteiro completo de 10 dias na África do Sul de carro.

Passeio de tuk tuk em SowetoLeia mais sobre a África do Sul:


Salve esse artigo no Pinterest e aproveite todas as nossas dicas por lá!

Confira várias dicas de fotografia imperdíveis para você arrasar nas lembranças fotográficas do seu safári na África do Sul.


Você pode seguir o TÔ PENSANDO EM VIAJAR nas redes sociais

FACEBOOK, INSTAGRAM, e TWITTER


Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Compartilhar
Alessandra Fratus

Viajante, fotógrafa, e bióloga. Largou tudo e ganhou tudo ao mudar de rumo em 2012 depois de defender um doutorado em biologia molecular na USP. Desde então vive, viaja e trabalha com foto e vídeo, sua verdadeira vocação. Ama viajar fora do esquema turistão e gosta mesmo é de paisagem humana!

17 COMENTÁRIOS

  1. Não sei se vou conseguir fazer fotos tão maravilhosas quanto a de vocês mas ainda assim vou seguir esse roteiro todinho porque ele está perfeito!! imagino a emoção da primeira noite num lugar desses!

  2. Taí um passeio que a gente morre de vontade de fazer. Mas não sabíamos nem metade das informações que vocês passaram! kkkkkk
    E este self drive? Deu vontade! Mas também deu medinho… rsrs
    Obrigado por compartilhar!

  3. Que post maravilhoso, Alessandra!! Eu sonho em fazer um safari um dia, e confesso que não sabia nem por onde começar quando pensava na questão das fotos… Espero que até lá já tenha uma lente poderosa pra poder fotografar os animais :-)

  4. Que massa, deve ser uma experiência incrível! E as dicas foram valiosas. Hoje eu não sinto necessidade de uma tele, mas com certeza é uma aquisição que gostaria de fazer em uma viagem assim

  5. Muito boas dicas! Eu adoro o guia de câmeras de vocês e essas dicas para fotografar safaris são preciosas! Pena que ainda não tenho uma boa câmera com zoom… mas quando for à África do Sul, vou ter uma!

  6. Gente, esse lodge que você ficaram é demais, hein? Adorei!
    Eu fiquei dentro do Kruger também, mas nos alojamentos do próprio parque. Fiquei em uma casa lindinha e super confortável e bem equipada e também num chalé menorzinho e mais simples, mas igualmente bom. Foi ótimo! E barato! hehe
    Ai que saudades e vontade de voltar!

  7. Que legal deve ser isso tudo! Eu tenho muita vontade de fazer um safari e fiquei aqui babando com todas essas informações, essas dicas, essas fotos, ai, e o hotel all inclusive, que delícia deve ser! Amei o post.

  8. Deve ser uma experiência marcante fazer esse safari, tão perto dos animais selvagens que vemos na televisão desde crianças! Muito boas dicas para a fotografia, parabéns pelo artigo. Abraço desde Braga.

  9. Muito boas as dicas Alessandra….adorei. Toques sobre fotografia são sempre muito bem vindos pois a imagem encanta a todos. Obrigada por compartilhar.

  10. Ah Alê, eu tive a sorte de ir acompanhando essa viagem e amando cada cantinho que vcs mostravam! Preciso muito tirar esse sonho do papel aí volto aqui pra reler :)
    E que aula de fotografia express no fim do post hein!! Adoro!

  11. Que dicas incríveis! E as fotos, nem se fala! Estão maravilhosas! Imagino a emoção (e medo!!!) que é ficar de cara com um elefante ou uma onça pintada! Tem que ter controle emocional pra fazer uma foto linda igual a essas!!! Parabéns e obrigada pelas dicas preciosas!

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário!
Digite seu nome