A minha pesquisa antes da viagem para Toronto, no Canadá foi bastante intensa. Além dos lugares para visitar, das exposições e dos bares pra conhecer, ainda pesquisei muito sobre arte de rua na cidade, e o que descobri foi ouro: não é que existem muitas obras do Banksy em Toronto?

Tratei logo de procurar algumas delas. Quer ver o que encontrei?

Procurando Banksy em Toronto, no Canadá

Arte de rua em Toronto

Toronto é uma cidade riquíssima em arte de rua, apesar – ou como consequência – da administração linha dura do prefeito Rob Ford, que abraçou como missão, a “limpeza” das paredes da cidade, distribuindo multas a proprietários de estabelecimentos que tenham fachada grafitada, transformando artistas em procurados da polícia. Essa catastrófica forma de lidar com a arte urbana só provocou mais turbulência, transformando o prefeito em personagem recorrente em stencils e lambes.

O pessoal do documentário ‘Between the lines‘ tem feito um trabalhando incrível desde que o Ford assumiu a prefeitura, acompanhando alguns dos principais graffiti writers de Toronto como Spud e Deadboy.


Encontre promoções de passagem aérea para Toronto


Procurando Banksy em Toronto

Toda essa agitação me deixou animada e eu esperava ver muita, mas muita coisa pela cidade. Nessa pesquisa, um artigo do site Torontoist, sobre onde achar obras do Banksy em Toronto. Na mesma hora anotei as indicações e fui procurar. Óbvio!

Acredita-se que Banksy esteve em Toronto pela primeira vez em maio de 2010 e pintou em 7 locais diferentes, mas só 2 ‘sobreviveram’…

O primeiro no lado leste da Spadina, entre as ruas Sullivan e east side of Spadina, na rua Phoebe, bem judiado. Este lugar fica bem perto de Chinatown em Toronto. Passamos por ele na ida para o Kensington Market, uma região muito especial da cidade, cheia de cor e estilo.
< p style=”text-align: left;”>Já o segundo Banksy estava atrás de uma proteção plástica, num beco do lado oeste da Church Street, próximo ao The Esplanade. Centro histórico da cidade, bem próximo ao nosso hotel.

Procurando Banksy em Toronto, no Canadá

Mas uma amiga me disse que esse aí já era. Pena!

Quem é Banksy

Banksy é um misterioso e polêmico artista britânico cuja identidade é desconhecida. Em uma de suas primeiras ‘ações’, ele mandou fabricar notas de 10 libras falsas praticamente idênticas às originais, com uma única diferença: As notas levavam o rosto da princesa ao invés do rosto da rainha. Essas notas foram distribuídas durante o carnaval de Notting Hill e muitas pessoas chegaram a gastá-las como se fossem verdadeiras. Você ainda pode encontrar algumas delas em leilões de arte online.

Pra quem não sabe quem ele é,  ou não conhece a história dele, recomendo assistir o ótimo Exit Through The Gift Shop.


Leia também:


Como se locomover em Toronto

Como Toronto é uma cidade plana e era verão, andamos muito, muito mesmo. Também utilizamos o street car (bondinho), para nos levar até o lado oeste da Queen e vice-versa. O street car é bem legal, custa $3 e o cobrador é o próprio motorista e você só pode pagar com dinheiro ou com passes.

Para descer basta pisar no segundo degrau que a porta abre. Se isso não acontecer, pode se dirigir ao motorista educadamente, falando: ‘Excuse me! Can you open the door, please? (Com licença, poderia abrir abrir a porta, por favor?).

Se você preferir, pode alugar um carro e conhecer a cidade por conta própria. É sempre uma ótima opção. Costumamos fazer uma cotação na Rentcars para encontrar o melhor preço e pagar em até 12 vezes sem juros, sem iof.

Onde se hospedar em Toronto

Ficamos hospedadas no Holiday Inn Express Toronto Downtown, hotel que recomendo. Quarto bom, com uma vista bacana, limpo, com café da manhã super gostoso – com máquina de panquecas e tudo! -.

O Holiday Inn fica na Rua Lombard, bem próximo à Church Street e à Queen, do lado leste, uma super localização. A região do hotel é bem bacana, bem perto do Distillery Historic District ($10 de taxi), do St. Lawrence Market – e as mais lindas berries (frutas vermelhas) que já vi – .

Saíamos à pé quase todas as noites, sozinhas, sem maiores problemas. Fomos a um pub ótimo bem pertinho do hotel, o PJ O’Brien. O único ponto negativo da região foi que às 9 da noite não tinha quase nada aberto mais, e foi super difícil arranjar um lugar pra jantar. Só o que tinha aberto era um subway – bem ruinzinho, prá falar a verdade -.


Encontre outras ofertas de hospedagem em Toronto


O que fazer em Toronto

Visitar o Kensington Market

O lugar que mais gostei em Toronto me foi apresentado pelo querido amigo Carlinhos, a região do Kensington Market, que com certeza merece uma visita exclusiva.

Procurando Banksy em Toronto, no Canadá

É uma área cheia de arte de rua, por todos os lados, colorida, alto astral, até meio riponga. Se você adora um lugar diferente, Kensington market oferece ÓTIMAS surpresas.

Procurando Banksy em Toronto, no Canadá

Procurando Banksy em Toronto, no Canadá

Procurando Banksy em Toronto, no Canadá

Procurando Banksy em Toronto, no Canadá

Procurando Banksy em Toronto, no Canadá

Toronto é uma cidade muito limpa e organizada, uma cidade grande com cara de interior. Vale a visita!


Você pode seguir o TÔ PENSANDO EM VIAJAR nas redes sociais

FACEBOOK, INSTAGRAM, e TWITTER


Compartilhar
Alessandra Fratus
Viajante, fotógrafa e bióloga. Largou tudo e ganhou tudo ao mudar de rumo em 2012 depois de defender um doutorado em biologia molecular na USP. Desde então vive, viaja e trabalha com foto e vídeo, sua verdadeira vocação. Ama viajar fora do esquema turistão e gosta mesmo é de paisagem humana!

1 COMENTÁRIO

  1. Lembra do Banksy do lado do predio que estava framed?! It is gone! Estao construindo do lado, e nao sei se destruiram, ou se retiraram com cuidado… to be found out…

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário!
Digite seu nome