Hanói

Hanói (Hà Nội, em vietnamita) é a capital e segunda maior cidade do Vietnã. Situa-se no centro da planície do delta do rio Vermelho, a 88 km das costas do golfo de Tonquim, onde está o seu anteporto, Hai Phong. Hanói é uma das cinco “cidades centralmente governada” (em vietnamita: thành phố trực thuộc trung ương) do Vietnã e possui o mesmo estatuto das províncias. A área incorporada total da cidade é de 3.344,7 km² e sua população total é habitantes, sendo urbana e rural (censo 2009). Em 1 de agosto de 2008, ocorreu uma expansão dos limites administrativos da cidade de Hanói, que passou a cobrir uma área quase 4 vezes maior que a anterior, com vasta área rural. A área da cidade anterior à expansão era de 921 km² e a população de 3,4 milhões de habitantes no final de 2007. Ocupada pelas tropas francesas em 1872 e em 1882, depois do desmembramento do Vietname tornou-se centro administrativo do Tonquim e, em 1902, capital da Indochina Francesa. Durante a Segunda Guerra Mundial foi ocupada pelos japoneses e, em 1945, foi proclamada a República Democrática do Vietname. Em Dezembro de 1946 começou a guerra de resistência contra os franceses; as tropas francesas retiraram-se em Outubro de 1954, e a cidade regressou à República Democrática do Vietname. Por diversas vezes bombardeada pela aviação norte-americana durante o conflito vietnamita, tornou-se capital da unificada República Socialista do Vietname. Rodeada por uma ampla cintura agrícola, nos finais do século XX, a cidade registou um próspero desenvolvimento na indústria e no sector terciário. As grandes instalações industriais operam no sector mecânico, das aparelhagens eléctricas, da borracha, químico, cimenteiro, alimentar, têxtil e do vestuário. Importante nó rodo-ferroviário, Hanói também é servida por um porto fluvial.