A Romaria do Divino Pai Eterno, na cidade de Trindade, região metropolitana de Goiânia, Goiás, é uma tradição antiga, com origem em meados do século XIX. Ela nos apresenta um Brasil profundo, com raízes sertanejas.

Participar dessa Festa me ensinou muito sobre raízes, tradição e fé. Como costumo dizer, o Brasil de verdade, esse que você não vê na televisão, só acontece quando você sai de casa e abre o peito para sentir e aprender mais sobre a nossa matéria-prima.

Afinal de contas, do que é feito o Brasil?


Encontre promoções de passagem aérea para Goiânia


A Festa do Divino Pai Eterno

A Festa do Divino Pai Eterno em Trindade é considerada a segunda maior festa religiosa do Brasil. Em 2018 bateu pela primeira vez a marca de 3 milhões de fiéis, vindos de todos os estados do país.

Durante os dias da romaria, são realizadas mais de 100 missas, 45 novenas, 27 orações do terço, 11 procissões, alvoradas, vigílias e outros eventos. Além disso, o evento também tem programações artísticas e culturais de entidades públicas e privadas.

Festa do Divino Pai Eterno em Trindade (GO)
Foto: Rodolfo Carvalhaes/AFIPE

O Padre Robson de Oliveira é um dos grandes responsáveis pelo crescimento do evento. Ele foi reitor do Santuário do Divino Pai Eterno por 11 anos e é presidente-fundador da associação de fiéis, a Afipe (Associação Filhos do Pai Eterno).

Em 2016, parte da programação diária da REDEVIDA de televisão passou a ser transmitida direto do Santuário, em Trindade, dando notoriedade nacional e internacional à devoção ao Divino Pai Eterno.

A História da Devoção ao Divino Pai Eterno em Trindade, Goiás

Festa do Divino Pai Eterno em Trindade (GO)

A história conta que em 1843, um casal de lavradores que vivia em Barro Preto, pequeno povoado no sertão de Goiás, encontrou, durante a preparação da terra, um pequeno medalhão de barro cozido com a imagem da Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, coroando a Virgem Maria.

Tomados pela grande emoção de ter recebido um sinal divino, Constantino Xavier e sua mulher Ana Rosa, começaram a receber em sua casa vizinhos e outras pessoas, em busca das ‘bençãos do achado’.

O tempo passou, e o número de devotos só aumentou. Tiveram, então, que construir uma pequena capela para que o achado ficasse sempre ‘ao alcance dos olhos dos fiéis’.

Constantino recebeu a missão de ir à cavalo até Pirenópolis, outra cidade no interior de Goiás, e encomendar ao artista Veiga Valle uma réplica maior da imagem do medalhão. Mas quando foi receber a imagem, e pagar o artista, Constantino reparou que não tinha dinheiro suficiente para pagar o trabalho. Ele teve que deixar o cavalo e voltar a pé.

Assim que se aproximou de Barro Preto, o povo já o esperava, e veio ao seu encontro receber a imagem.


Li essa história no livro Santuário Basílica do Divino Pai Eterno – História, fé e devoção, do Pe. Antonio Games e achei incrível


É bonito demais ver como as raízes da fé são profundas e ramificadas. Religião, cultura, história, tradição. Acho que essa é uma das características mais bonitas da Romaria do Divino Pai Eterno, em Trindade, Goiás.

A Rodovia dos Romeiros

Durante o período da novena e da festa, milhares de pessoas de todas as idades e estilos percorrem os 18km da GO-060, também chamada de Rodovia dos Romeiros. É um momento para agradecer, para pensar sobre o que passou, sobre o que vai ser.

Caminhando pelo percurso, o fiel está colocando-se a caminho, caminhando ao lado do Divino Pai Eterno. Lindo isso, né?!

Festa do Divino Pai Eterno em Trindade (GO)

» Via Sacra

Ao longo dos 18 quilômetros do ‘Caminho da Fé’ os romeiros podem apreciar 14 painéis com 10 metros de largura por 4 de altura que retratam a Via Sacra.

A arte dos painéis ficou por conta da criatividade do artista plástico goiano Osmar Souto, que usou mosaicos de cerâmica e concreto em alto relevo para construir as imagens.

Festa do Divino Pai Eterno em Trindade (GO)

O que nem todo mundo sabe, é que em todos os painéis da Via Sacra ao longo da GO-060, há uma criança.

É uma homenagem a Leide das Neves, uma das 4 vítimas fatais do acidente radiológico de Goiânia, em 1987. A menina, que morreu aos 6 anos, depois de ter entrado em contato com Césio 137, tornou-se o símbolo da tragédia.

Festa do Divino Pai Eterno em Trindade (GO)

Portal da Fé

Para chegar em Trindade, os romeiros devem passar pelo Portal da Fé, um monumento com mais de 20 metros de altura, construído em 2011. Aos pés da cruz há uma imagem do Divino Pai Eterno onde os fiéis costumam acender velas e fazer orações.

Festa do Divino Pai Eterno em Trindade (GO)

Este é um importante ponto de apoio para os romeiros, que são recebidos por uma equipe de acolhimento, sempre disposta a ajudar, com palavras de incentivo ou até uma ajudinha para fotos.

Ao lado do Portal da Fé atendimento médico, caso necessário. A estrutura é muito boa e a equipe super prestativa.

Santuário Basílica

Em 1943, quando a Romaria do Divino Pai Eterno completou 100 anos, Dom Emanuel Gomes de Oliveira, o arcebipo de Goiás na época, lançou a pedra fundamental do atual Santuário do Divino Pai Eterno. A partir de 1974 as novenas e a Festa do Divino Pai Eterno já eram realizadas aqui.

Uma curiosidade interessante é que em 2006, o Papa Bento XVI concedeu o título de Basílica ao Santuário, tornando-a a única no mundo dedicada ao Divino Pai Eterno.

Festa do Divino Pai Eterno em Trindade (GO)

» Fita do Beijamento

A Basílica é imensa e costuma ficar lotada durante as missas que acontecem em seu interior. Os fiéis peregrinam até a Fita do Beijamento, para pedir bençãos e agradecer aos pés da Imagem do Divino Pai Eterno.

Festa do Divino Pai Eterno em Trindade (GO)

De acordo com Pe. Robson de Oliveira, a Fita do Beijamento é uma tradição mundial do Cristianismo. “As pessoas não alcançam a Imagem, mas é como se estivessem ligadas a ela quando beijam a fita. Como se a graça de Deus se derramasse sobre eles”.

Igreja Matriz

O primeiro Santuário do Divino Pai Eterno foi inaugrado em 1912. Hoje em dia, ele é conhecido como Igreja Matriz, tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e como Patrimônio Cultural Material do Brasil.

Festa do Divino Pai Eterno em Trindade (GO)

Romaria do Divino Pai Eterno, em Trindade (GO)

A Igreja é ponto de partida para a tradicional Romaria dos Carros de Boi e para o Desfile dos Cavaleiros e Muleiros.

A Romaria dos Carros de Boi

A Romaria dos Carros de Boi de Trindade é patrimônio cultural imaterial do Brasil desde 2017, por sua relevância histórica e importância para a preservação das tradições rurais. É uma experiência única, te garanto.

Romaria do Divino Pai Eterno, em Trindade (GO)

Este ano, mais de 350 carros de boi participaram da romaria, na quinta-feira antes do final de semana da festa.

A procissão segue desde a Igreja Matriz, onde os carreiros são benzidos, até o Carreiródromo Ada Cira, acompanhados de perto por uma multidão.

Romaria do Divino Pai Eterno, em Trindade (GO)

» Carreiródromo Ada Cira

Sim! Voce não leu errado. O ‘Carreiródromo’ é uma imensa via cercada por arquibancada dos dois lados, por onde passam os carreiros e seus carros de boi.

Romaria do Divino Pai Eterno, em Trindade (GO)

Romaria do Divino Pai Eterno, em Trindade (GO)

» A viagem do carreiros

Alguns carreios, de diversas partes de Goiás, e até de outros estados, viajam por mais de 10 dias até chegar em Trindade. Eles vêm com as famílias e vão acampando pelo caminho até chegar aqui.

Conversei com alguns deles, que me contaram que essa é uma tradição passada de geração em geração dentro das famílias. Muitos dos carreiros hoje adultos, costumavam vir para a Romaria dos Carros de Bois com seus pais e avós.

Romaria do Divino Pai Eterno, em Trindade (GO)

» O ‘cantar’ do carro de boi

Durante a Romaria dos Carros de Boi, não dava para não notar as duas figuras diferentes, andando o tempo todo atrás dos carros, carregando boom, microfone e equipamentos de gravação de áudio a tiracolo.

Romaria do Divino Pai Eterno, em Trindade (GO)

Conheça Xabier Erkizia e Luca Rullo, dois pesquisadores espanhóis que foram parar em Trindade pesquisando a origem do uso do carro de boi e seu ‘canto’, som característico emitido pelo veículo ao se movimentar.

Demorei para acreditar, mas fiquei fascinada pela pesquisa deles, que é super extensa, e vai muito além dos carros de boi.


Saiba mais no site audio-lab.org


Romaria do Divino Pai Eterno em Trindade

Os primeiros vestígios do uso do carro de boi aparecem no Egito Antigo, como forma de transporte das pedras para construção de pirâmides. Evidências do uso do carro de boi também aparecem em países da Europa, Ásia e África, e no Brasil, em vários períodos da história da humanidade.

Segundo Xabier, ‘o cantar’ dos carros de boi está entre os sons mais antigos da humanidade, e durante a Idade Média ele servia como uma forma de comunicação.

O Brasil é o único país em que a tradição do carro de boi se mantém viva, e a ideia deles era gravar todos os 350 carros de boi que participaram da romaria e pesquisar diferenças entre esses sons. Segundo Xabier, os cantos dos carros de boi são únicos e cada carreiro tem o seu. Demais, né?!

Desfile dos Cavaleiros e Muladeiros

Romaria do Divino Pai Eterno em TrindadeOutra tradição da Romaria do Divino Pai Eterno de Trindade (GO) é o Desfile dos Cavaleiros e Muladeiros, que também começa na Igreja Matriz da cidade.

Na manhã da sexta-feira que precede o final de semana centenas de cavaleiros e muladeiros desfilam e pedem bençãos ao Divino Pai Eterno montados em seus cavalos e mulas.

Assim como a romaria dos carros de boi, o desfile é uma tradição passada de geração e geração e levada muito a sério pelas famílias e grupos de fiéis e romeiros.

Uma outra face do Brasil que parece ter ficado em outro tempo, mas que está mais viva do que nunca. Emocionante!

Bonde do Pai Eterno

O Bonde do Pai Eterno é uma maneira animada para fazer um tour por Trindade. Sob a batuta da guia Ana Cláudia, o pessoal se divertiu bastante durante todo trajeto, que passa pelos principais pontos turísticos da cidade.

Romaria do Divino Pai Eterno em Trindade


PS. Recomendo boné e bastante filtro solar, hein?!


O que fazer em Trindade: outros pontos de interesse na cidade

» Vila São Cottolengo

A Vila São Cottolengo é uma instituição filantrópica fundada em 1951, que cuida, em tempo integral, de crianças e adultos com diversos tipos de deficiência.

Romaria do Divino Pai Eterno em Trindade

A Vila faz um trabalho reconhecido nacionalmente e conta com doações e com ajuda dos missionários redentoristas para se manter. Durante o período da Festa, eles preparam uma programação super especial com apresentações de música e dança dos internos. Trabalho incrível!

» Igreja do Santíssimo Redentor

Na  Igreja do Santíssimo Redentor também é conhecida como Igreja do Padre Pelágio, você pode aprender mais sobre a história do missionário redentorista alemão, que viveu boa parte dos seus 83 anos em Goiás e é conhecido pelo trabalho de atenção à população carente.

A Igreja acolhe os restos mortais do Padre Pelágio, atualmente em processo de beatificação.

» Museu da Memória de Trindade

Museu fundado em 1998, instalado em um prédio construído em 1912. Seu acervo é composto de fotografias, objetos e documentos que contam a história de Trindade, assim como obras de artistas locais que retratam os primeiros milagres após a descoberta do medalhão.

» Capela do Cruzeiro

Linda capela localizada em um mirante próximo ao canteiro de obras. A vista do atual Santuário vale a visita!

Romaria do Divino Pai Eterno em Trindade

» Cineteatro Afipe

O Cineteatro Afipe, antigo cinema de Trindade, ícone art déco da cidade, foi recém reformado e ampliado. O espaço é dedicado à cultura e entretenimento e recebe diversos eventos abertos à população em geral e aos visitantes.

Romaria do Divino Pai Eterno em Trindade

Romaria do Divino Pai Eterno em Trindade

» O Novo Santuário

Com o crescimento no número de visitantes e fiéis, em 2010, a Afipe decidiu começar um novo desafio: a construção de um novo Santuário. O canteiro de obras impressiona. São nada mais nada menos do que mais de 12 mil metros quadrados. Construção da Nova Basílica do Divino Pai Eterno

Onde ficar em Trindade

Uma ótima opção de hospedagem em Trindade é o Hotel Liguori, localizado na entrada da cidade, quase em frente ao Portal da Fé. O hotel, empreendimento da Afipe, é considerado o melhor hotel de Trindade, e tem nota 9.3 no Booking.com.

Dica de onde ficar em Trindade para a Festa do Divino Pai Eterno

O hotel é novo e conta com ótima estrutura. Os quartos são grandes, bastante confortáveis e o café da manhã é ótimo. No final de semana da Festa tinha até tapioca preparada na hora. Adorei!


Encontre outras ofertas de hospedagem em Trindade (GO)


Leia mais sobre Goiás

Leia mais sobre viagens de fé no Brasil


Alessandra viajou para Trindade a convite da Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe), com o apoio da AFG Comunicação. Todas as opiniões contidas aqui são independentes e frutos de experiências pessoais. Leia mais sobre as políticas do blog.


 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário!
Digite seu nome