Fora de Foco | Foto 19

3

Fora de Foco | Foto 19

Ramal do Remansinho, Acre, Brasil. Abril de 2013

Vou confessar de novo pra vocês: eu gosto mesmo é de ver a vida passar. Assim, sem frescura, mel e fel, desse jeitinho que ela é. E também não vou negar: não resisto a seus clichês. A beleza está sim naqueles momentos de descuido. Quando se menos espera, lá está ela: a beleza, a imagem, a fotografia.

falar de fotografia

Henri Cartier Bresson já dizia: Fotografar é colocar na mesma linha de mira, a cabeça, o olho e o coração.

Tudo isso e um pouco de sorte, né, Bressão?! Sorte, acaso ou competência?! Acho que esse é o dilema de todo fotógrafo, né não?! Você é um caçador ou um pescador?! Você persegue suas imagens ou as pesca, com a paciência de um mongebudistapescadordoPantanal?!

Acho que o bom fotógrafo tem que ser, na verdade, um mágico. Ou melhor, um feiticeiro. Bruxo mesmo, desses que arrepiam.

Assim que você chega ali, naquele determinado lugar, naquele determinado tempo, a imagem já deve estar ali, muito provavelmente te esperando, viva como ela só. Persistente como ninguém. E ela te persegue. É fazer ou fazer, não tem jeito.

Com essa imagem acredito que foi assim. É uma das minhas fotos preferidas de todos os tempos. É a foto que tenho em casa, de casa. E você?! O que te vem à cabeça ao olhar pra essa imagem?!

Leia mais: O Acre existe!

dupla exposição

Continue Acompanhando a Série Fora de Foco!


Por que Fora de Foco?!

O nome Fora de Foco é uma referência a autobiografia do fotógrafo Robert Capa, ‘Ligeiramente Fora de Foco‘. Capa é muito conhecido por seu trabalho como fotógrafo de guerra e é o autor da frase ‘Se sua foto não está boa, é porque você não está perto o suficiente‘, uma grande influência no modo como fotografo.

Ele descrevia suas imagens de guerra como “ligeiramente fora de foco, e um pouco sub-expostas” e assim como a própria guerra, as imagens de um bom fotógrafo têm que ser capazes de transmitir sensações. Medo, angústia, tensão. É isso! A fotografia tem essa incrível capacidade de transmitir sensações e sentimentos através de uma única imagem.

É o que faz da fotografia uma das mais fantásticas formas de expressão artística. Você não acha?!


Você pode seguir o TÔ PENSANDO EM VIAJAR nas redes sociais

FACEBOOK, INSTAGRAM, e TWITTER


Salvar

Salvar

Salvar

Compartilhar
Alessandra Fratus

Viajante, fotógrafa, e bióloga. Largou tudo e ganhou tudo ao mudar de rumo em 2012 depois de defender um doutorado em biologia molecular na USP. Desde então vive, viaja e trabalha com foto e vídeo, sua verdadeira vocação. Ama viajar fora do esquema turistão e gosta mesmo é de paisagem humana!

3 COMENTÁRIOS

  1. Alessandra, parabéns pelo blog, e pela série Fora de Foco, to gostando de observar as fotos, e tentar entender seus sentimentos nela. Esta foto é singela, e ao mesmo tempo dura. Traz pra mim, um pouco do desconforto da vida rural, e o quanto esse simples pode ser valorizado. É linda, provoca… Adorei!

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário!
Digite seu nome