Passar o Dia de Iemanjá em Salvador, no Rio Vermelho, foi uma das experiências mais incríveis que já vivi nesses meus ‘nem tantos anos’ de vida.

Iemanjá em Salvador

2 de fevereiro: Dia de Iemanjá em Salvador

A primeira vez que pisei nas areias da praia do Rio Vermelho em Salvador, no dia 2 de fevereiro de 2011, fui transportada para um mundo de fé e devoção incrível, embalada pelo som dos tambores em festa para a rainha do mar.

Iemanjá em Salvador

É algo que recomendo a todos nós brasileiros, pelo menos uma vez na vida! É uma ótima oportunidade pra conhecer um pouco da cultura e das raízes que formaram o que conhecemos por nação brasileira.

Iemanjá

Iemanjá é a rainha das águas e mares. Sereia vaidosa de cabelos longos é considerada a protetora dos pescadores e jangadeiros, que também a chamam de Janaína.

Seu nome vem de uma expressão Iorubá que significa ‘Mãe cujos filhos são peixes‘. É um orixá muito respeitado e cultuado e por isso a festa em sua homenagem é tão importante.

Iemanjá em Salvador

A Festa de Iemanjá

A festa do Dia de Iemanjá em Salvador começa na noite do dia 1, na Casa de Iemanjá no Rio Vermelho, em Salvador. Os fiéis passam a noite cantando e celebrando Iemanjá ao som dos tambores e fazem fila para deixar seu presente junto ao presente principal, que é levado para alto mar pelos pescadores no final do dia 2 de fevereiro, dia de Iemanjá.

É algo que recomendo a todos nós brasileiros, pelo menos uma vez na vida!

A História da Festa de Iemanjá no Rio Vermelho, em Salvador

A história conta que a tradição do Cortejo de Iemanjá no Rio Vermelho começou em 1923. Depois de um período de escassez de peixes, os pescadores do Rio Vermelho começaram a fazer oferendas pra Iemanjá pedindo mar tranquilo e abundância de peixes.

Iemanjá em Salvador

Desde então, a rainha do mar é celebrada em 2 de fevereiro no Rio Vermelho, em uma festa linda, cheia de cores, sons e fé, muita fé!

Festas Populares em Salvador

Salvador é uma das cidades mais incríveis do Brasil. A cultura afro-baiana é interessantíssima e produz festas populares maravilhosas.  O Viaje na Viagem tem um artigo muito bom sobre sincretismo, orixás e festas populares em Salvador.

Iemanjá em Salvador

Dicas pra Festa de Iemanjá em Salvador

– As homenagens começam na noite de 1 de feveiro no Rio Vermelho. Sempre dou um pulinho lá no final do dia pra fazer umas fotos. Além de sentir o clima da ‘preparação’, o pôr do Sol do Rio Vermelho é de babar!

Iemanjá em Salvador

– No dia 2 de fevereiro, recomendo chegar cedo na praia do Rio Vermelho. Bem cedo. 5 da manhã no máximo, que é quando a celebração começa oficialmente, com uma alvorada de fogos, que sempre conta com a presença de Carlinhos Brown.

Iemanjá em Salvador

– Vou repetir: Chegue cedo!! Você não vai se arrepender de ver o sol nascer ao som dos tambores. É algo mágico. Se você gosta de fotografar então, prepare-se!! É a festa dos fotógrafos! Literalmente, são centenas deles!

Iemanjá em Salvador

– Fique esperto! No dia 2 de fevereiro, toda a região do Rio Vermelho fica interditada. Recomendo reservar um hotel no Rio Vermelho.


Se você resolver encarar a multidão que vai até o Rio Vermelho, principalmente durante a tarde, fique atento! Recomendo levar só o que você consegue carregar. Cuidado com os bolsos, hein?!


Você também pode acompanhar vários grupos de samba, percussão e capoeira durante todo o dia na orla do Rio Vermelho. Aproveite!

Iemanjá em Salvador

É um ótimo momento pra concentrar as energias e pedir axé para o ano que começa! Afinal de contas, banho de pipoca não faz mal a ninguém, né?! ;)

Iemanjá em Salvador

iemanjá em salvador

Odoyá!

Onde se hospedar em Salvador para a Festa de Iemanjá

Como já falei nas dicas, se você tiver pensando em ir pra Salvador especialmente no dia 2 de fevereiro para a Festa de Iemanjá, recomendo reservar um hotel no bairro do Rio Vermelho, perto da praia. Por conta da interdição de toda essa região, os deslocamentos ali ficam bem complicados.

Testamos e aprovamos 2 opções: O Ibis Rio Vermelho (★ 8.3) e o Mar Hotel (★ 7.7), um pouco mais simples, mas literalmente do outro lado da rua da praia do Rio Vermelho.

Para quem estiver buscando uma opção mais confortável, o Zank by Toque Hotel (★ 8.1), Hotel Catharina Paraguaçu (★ 8.7) e Mercure Salvador Rio Vermelho (★ 8.6) são ótima opções.


Leia também: Onde ficar em Salvador: dicas dos melhores bairros e hotéis


Como se locomover em Salvador

Eu acho que Salvador é uma dessas cidades onde alugar um carro é a melhor opção.

Sei que questões como trânsito e estacionamento podem desanimar quem não curte muito dirigir seu próprio carro, mas esse não é o meu caso. Já fui 3 vezes a Salvador, todas dirigindo e sempre fui onde queria, quando queria.

Claro que no 2 de fevereiro o carro ficou guardado, mas como sempre emendamos mais uns dias na cidade, acho que vale a pena.

Minha dica para economizar em aluguel de carro é usar um comparador online como a Rentcars. Além de conseguir o melhor preço, você ainda pode pagar em até 12 vezes sem juros, na maior segurança e facilidade. A gente usa e recomenda!

Leia mais dicas da Bahia


Salve essas dicas no Pinterest

Dia de Iemanjá em Salvador


22 COMENTÁRIOS

  1. Olá, qual o restaurante q vc sugere na orla?? Irei me hospedar em outro bairro😞, q horas devo chegar, tem acesso p taxis/ uber? 🤔

    • oi Lela, a feijoada de Iemanjá é tradicional no dia 2 de fevereiro. Os hotéis na Orla têm boas opções. No Rio Vermelho também fica a Casa de Tereza, da chef Tereza Paim, mas não é na Orla. Outro restaurante IMPERDÍVEL em Salvador é o Amado. Vamos publicar um review essa semana ainda sobre ele. Eu acho que as ruas ficam fechadas para trânsito de carro, não importa de taxi ou Uber. O ideal é checar o horário que começa a valer o bloqueio e chegar antes. Eu recomendo que você chegue na madrugada, porque depois vai perdendo o encanto, na minha opinião. Obrigada pela visita e comentário! Odoyá!

  2. Oi Alessandra, estou pesquisando sobre a festa, pra ir assistir em 2019. Tenho uma dúvida, se puder me esclarecer….durante a celebração, ali na areia, existem rodas de orixás incorporados? ou é difícil encontrá-las? Obrigada, Thais

  3. Olá Alessandra!

    Belo artigo e fotos lindas!
    Sou fotógrafa também e gostaria saber em relação a levar câmera fotográfica para um evento com tantas pessoas. Qual sua dica?
    Obrigada!

    • oi Amanda, tudo bem? Se você for bem cedinho não vai ter tanta gente assim. Se quiser fotografar a multidão mais pro meio do dia, recomendo levar SÓ a câmera e uma lente. Mais nada. Você vai ver como tem muitos fotógrafos lá. Muitos mesmo. Obrigada pela visita.

  4. Uau! Deve ter sido uma experiência e tanto mesmo! Quero muito conhecer a Bahia e se for em uma época festiva então… Deve ser demais mesmo! Adorei o post e tenho que parabenizar vocês pelas fotos, que como sempre estão sensacionais!!!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário!
Digite seu nome