Fora de Foco | Foto 15

Fora de Foco | Foto 15

Centro de São Paulo, janeiro de 2016

Me lembro perfeitamente de quando me mudei pra São Paulo. A sensação era de estar perdida, sem saber pra onde ir. Depois do primeiro mês na selva de pedra, a desorientação deu lugar a curiosidade. Conhecer a cidade, ela todinha, passou a ser desafio, obsessão. Comecei pelas beiradas e cheguei ao centro.

Sou apaixonada pelas ruas de pedestre do centro de São Paulo. A luz incide ali de uma maneira diferente, já reparou?! É só andar por ali na hora certa, e pronto! A gente imediatamente percebe uma beleza ‘escondida’.

Hoje é quarta-feira, 25 de janeiro, feriado. Dia do aniversário de São Paulo, que em 2017 faz 463 anos. Minha inspiração para escolher esta foto e escrever esse texto veio do ótimo artigo Três mulheres ‘excepcionais’ ajudaram a desenhar a paisagem de São Paulo, que lembra 3 forças artísticas femininas: Tomie Ohtake, Lina Bo Bardi e Rosa Kliassque, que tiveram e têm muita influência na construção da paisagem paulistana.

centro de são paulo

Não pude deixar de agradecer a elas, e todas as outras forças femininas que ajudaram São Paulo a se desenvolver dessa maneira: diversa, diferente, plural.

Essa foto representa os momentos mágicos que acontecem todos os dias na nossa frente. Abra os olhos! :)!

azul do Lago de Garda


Continue Acompanhando a Série Fora de Foco!


Por que Fora de Foco?!

O nome Fora de Foco é uma referência a autobiografia do fotógrafo Robert Capa, ‘Ligeiramente Fora de Foco‘. Capa é muito conhecido por seu trabalho como fotógrafo de guerra e é o autor da frase ‘Se sua foto não está boa, é porque você não está perto o suficiente‘, uma grande influência no modo como fotografo.

Ele descrevia suas imagens de guerra como “ligeiramente fora de foco, e um pouco sub-expostas” e assim como a própria guerra, as imagens de um bom fotógrafo têm que ser capazes de transmitir sensações. Medo, angústia, tensão. É isso! A fotografia tem essa incrível capacidade de transmitir sensações e sentimentos através de uma única imagem.

É o que faz da fotografia uma das mais fantásticas formas de expressão artística. Você não acha?!


Você pode seguir o TÔ PENSANDO EM VIAJAR nas redes sociais

FACEBOOK, INSTAGRAM, e TWITTER


Compartilhe!
Alessandra

ALESSANDRA é viajante, fotógrafa, e bióloga. Largou tudo e ganhou tudo ao mudar de rumo em 2012 depois de defender um doutorado em biologia molecular na USP. Desde então vive, viaja e trabalha com foto e vídeo, sua verdadeira vocação. Ama viajar fora do esquema turistão, e gosta mesmo é de paisagem humana!

Leia também...

3 Comentários

  1. Sofia disse:

    Foto linda!

  2. Eu fico até sem saber o que comentar.
    Quero desenvolver esse olhar também. SP é uma cidade fantástica.