Canyon de Chelly, o Coração Navajo do Arizona

Nossa jornada de 2 semanas pelo oeste americano começou em Las Vegas, rumo ao Arizona, The Grand Canyon State, passando por desertos e paredões imensos de pedra que contam a História do tempo e do homem em suas marcas e existência.

oeste-americano-mapa-geral-chelly

Mas o Arizona não é só o estado do Grand Canyon, ele reserva muitas outras surpresas e lugares incríveis pro viajante que decide explorá-lo. Um desses lugares é o Canyon de Chelly, coração pulsante da Nação Navajo, na região chamada de 4 Corners, ou em bom português, os 4 cantos, referência à região que conecta os estados do Arizona, New Mexico, Colorado e Utah.

Canyon de Chelly

Canyon de Chelly

O Canyon de Chelly, que a gente pronuncia ‘de shay’, fica em território nativo americano, na chamada Navajo Nation, e por quase 5.000 anos foi – e ainda é – habitado por diversas culturas ancestrais.

Canyon de Chelly

Porém, uma característica única do Canyon de Chelly é que em quase 5.000 anos, ele nunca deixou de ser habitado. Civilizações sempre usaram o cânion para sua sobrevivência, e deixaram centenas e centenas de registros nestes paredões, além de construções incríveis.

Canyon de Chelly

O estudo e pesquisa nestes sítios arqueológicos tentam desvendar os mistérios daqueles que vieram antes de nós. Quem eram?! Pra onde foram?! O que deu errado?! Alguma coisa deu errado?! É impossível não pensar em tudo isso ali, ao vivo, cara a cara com essas impressionantes ruínas nos penhascos, e petróglifos maravilhosos!

É um lugar realmente inspirador!

Canyon de Chelly

Você também consegue ver o dinossauro na foto?!

Canyon de Chelly

Navajo ou Diné

O termo Navajo não é muito legal. Ele passa por uma história de luta e violência contra os nativos americanos, desde o tempo da colonização espanhola dessa parte do país. Eles preferem ser chamados de Diné, que significa homem de 5 dedos, nome que os próprios criadores deram aos ‘Navajo‘.

Os Anasazi

Mas Diné não foram os primeiros aqui. Antes deles, os Anasazi ocupavam toda essa região, e fizeram desse cânion o lugar ideal pra viver, e plantar. Eles construíram suas casas nos penhascos, pra aproveitar a proteção natural dos imensos paredões, e aproveitar a luz do sol. Porém, não se sabe o que aconteceu com essa população, e eles simplesmente sumiram. Mais um dos mistérios que essa região guarda à sete chaves!

Informações Práticas

Onde Fica o Canyon de Chelly

A cidade de Chinle, no Arizona (Navajo Nation) é a base para uma visita ao Canyon de Chelly.

 

Chinle fica a 150km do Monument Valley, 160km de Bluff, em Utah, uma ótima base pra conhecer essa região, e 280km de Flagstaff.

Saímos cedo de Flagstaff, passamos pelo surpreendente Petrifed Forest National Park, e chegamos no Canyon de Chelly em tempo pra curtir o pôr do sol na Spider Rock, um dos grandes destaque do Canyon de Chelly.

Canyon de Chelly National Monument

O Canyon de Chelly National Monument é gerida em cooperação pelo National Park Service e pela Navajo Nation. Foi incluído ao NPS em 1931 pra ajudar na preservação dos inúmeros sítios arqueológicos espalhados pelos 84.000 acres de terra.

O acesso ao canyon é restrito, e você só pode visitar o interior da garganta acompanhado de um guia autorizado Navajo. A única exceção é a trilha White House Ruin.


Você conhece o America The Beautiful Pass?! Com ele você tem acesso a todos os parque nacionais americanos.


O Que Fazer no Canyon de Chelly

Dirigir pelos mirantes do South Rim (Sul) e North Rim (Norte)

Canyon de Chelly

Você vai levar cerca de 2 horas pra percorrer os 60km do South Rim (ida e volta), parando nos 7 overlooks espalhados pela estrada asfaltada. O melhor é fazer essa visita no período da tarde, e como já falei, esperar o pôr do Sol no Spider Rock Overlook.

Canyon de Chelly

Você também vai levar 2 horas pra percorrer os 55km do North Rim (ida e volta). No North Rim são 3 overlooks: Antelope House Overlook, Mummy Cave Overlook e Massacre Cave Overlook.

Canyon de Chelly

Canyon de Chelly

Ver o Pôr do Sol no Mirante Spider Rock

Uma antiga lenda Diné conta que Spider Woman foi a primeira a tecer a teia do universo, e foi ela quem ensinou aos Diné a arte da tecelagem, uma das coisas mais importantes dessa cultura incrível! A lenda diz ainda, que Spider Woman mora no topo da Spider Rock, e é pra lá que ela leva as crianças que não obedecem suas avós, ela ferve essas criancinhas danadas em um caldeirão, e depois acumula seus ossos no topo da rocha, por isso o topo da Spider Rock seria branco.

Canyon de Chelly

Baixe aqui os mapas do Parque.

Tour no Canyon

Visitar o interior do canyon é um programa muito legal! É incrível observar as mesmas paisagens dos mirantes de outra perspectiva, e ficar frente a frente com as ruínas é ainda mais impressionante, impossível não viajar!

Canyon de Chelly

Recomendo o tour com o Oscar Bia, nascido e criado no canyon, xamã, e verdadeiro conhecedor da cultura Diné.

Quantos Dias?!

A minha dica é: Pelo menos 2 dias. 2 noites pra fazer tudo com calma, e ter tempo de aproveitar, mas se você está de passagem, e tem só algumas horas, pode percorrer de carro os 7 mirantes do South Rim ou os 3 do North Rim. E se tiver mais tempo ainda, também pode percorrer a trilha White House Ruin, a única que você pode fazer sem guia, e que, na minha opinião, são incríveis!

Canyon de Chelly

Quando Visitar o Canyon de Chelly

Os 10 mirantes e a trilha White House permanecem abertos o ano todo. Todas as estradas são acessíveis a carros, e nem precisa ser 4×4. Como eu já falei, você só pode acessar o cânion com um guia Navajo credenciado. A única trilha sem essa restrição é a trilha White House Ruin, que começa no Mirante White House, no South Rim, e leva cerca de 2 horas pra ser feita. São 2km cada trecho, e lembre-se que você tem que subir de volta!

Canyon de Chelly

Recomendo começar sua visita pelo Visitor Center. Lá você pode obter mais informações, pegar seu mapa, carimbar seu passaporte, e comprar um imã! Hehehehehe. O centro de visitantes dica aberto das 8 às 17h, e fecha no Dia de Ação de Graças, Natal e ano novo.

 Quanto custa Visitar o Canyon de Chelly

Nada! Não é cobrada nenhuma taxa de entrada. Você pode explorar os mirantes e percorrer a trilha White House Ruin.


Empresas privadas oferecem passeios no cânion a cavalo, caminhadas ou com veículo 4×4. Super recomendo o Oscar Bia.


Onde se Hospedar no Canyon de Chelly

Thunderbird Lodge

Fomos super bem recebidas no confortável Thunderbird Lodge, o único hotel dentro do Canyon de Chelly National Monument. Sem dúvida, a melhor opção pra se hospedar por aqui!

Canyon de Chelly

Vai sair um review fresquinho sobre ele em breve! Fique ligado! E você, conhece o Canyon de Chelly?! Ficou com vontade de conhecer?!

Canyon de Chelly


Confira as OFERTAS de HOSPEDAGEM em CHINLE no BOOKING.COM. Reservando através dos nossos links você ajuda o Tô Pensando em Viajar, e não paga nada mais por isso!


Viajar de Carro Pelos Estados Unidos

Quer encontrar o melhor preço pra alugar um carro e começar amanhã mesmo sua sonhada road trip pelos Estados Unidos?! Alugando um carro através da Rentcars.com você não paga iof, e pode parcelar em até 12x sem juros!


Usando os links de afiliado do Tô Pensando em Viajar você ajuda a manter o blog funcionando, e não paga nada mais por isso!


Você já viu o vídeo dessa nossa aventura?!


Leia mais sobre a viagem pelo oeste americano:


Você pode seguir o TÔ PENSANDO EM VIAJAR nas redes sociais

FACEBOOK, INSTAGRAM, e TWITTER


Tá Pensando em Viajar?! Já contratou seguro viagem?!

Seguro viagem america do norte 728x90

Compartilhe!
Alessandra

ALESSANDRA é viajante, fotógrafa, e bióloga. Largou tudo e ganhou tudo ao mudar de rumo em 2012 depois de defender um doutorado em biologia molecular na USP. Desde então vive, viaja e trabalha com foto e vídeo, sua verdadeira vocação. Ama viajar fora do esquema turistão, e gosta mesmo é de paisagem humana!

Leia também...

18 Comentários

  1. Belíssimo post e fotos! Confesso que não incluímos o Canyon de Chelly quando fomos e agora estou arrependida… Na próxima vamos visitar! :D

  2. Sou apaixonada por Canyons, apesar de ainda não conhecer nenhum. Esse é maravilhoso e já está na lista para conhecer um dia! rs Adorei as dicas!

  3. Camila disse:

    Nem sabia daexistencia desse lugar e já me apaixonei! Que lindo :) as fotos estão incríveis e me parece um pouco com o Atacama, na serenidade e calma que passa! Adorei!

  4. Pedro disse:

    É incrível como essa parte dos EUA tem tanta coisa bonita, hein? Não conhecia o Canyon de Chelly, mas achei bem impressionante, mesmo!

  5. Amei as fotos!!! Lindas! Viajar para o Arizona já está nos meus planos e certamente seguirei suas dicas e passarei dois dias no Canyon de Chelly. Parabéns pelo post!

  6. Josiane Bravo disse:

    Fotos de tirar o fôlego, que lugar maravilhoso. O Arizona é um estado repleto de paisagens belíssimas, eu tive a oportunidade de visitar o West Grand Canyon e me apaixonei. O meu sonho é conhecer o Antelope e agora esse Canyon está na listinha também. Road trip nos Estados Unidos é tudo de bom.

    Abraços

  7. Nossa o Oeste dos Estados Unidos reserva paisagens espetaculares para quem se lança a conhecê-lo! Eu ainda tenho muita vontade de voltar com calma para explorar essa região com tranquilidade, é um lugar sensacional realmente! Abração e muito bom o post!

  8. Luís Seco disse:

    Sou fascinado por essas paisagens dos Estados Unidos e pela história dos índios americanos. Fiquei a saber ainda mais sobre alguns destes povos. E que fotos do oeste. Obrigado pelas dicas.

  9. Boa noite,
    O local parece ser fantástico… Adorava conhecer. Artigo muito interessante, com boas fotos e dicas muito úteis.

  10. eu vi o dinossaurooo \o/ adorei o jeito como marcou o canyon na img, assim fica mais fácil a localização! adoro essa atmosfera velho oeste, quero muito conhecer essa parte dos EUA!

  11. Que Post rico! Eu não conheço a região e nada parecido com esse clima de filme no velho oeste! Deve ser incrível. Fiquei morrendo de vontade de planejar essa viagem. rs