10 Dias de carro pelo Marrocos!

Foram 10 dias de carro pelo Marrocos. 10 dias de descobertas e encantamento. Quase 1.500 km percorridos entre Tânger e Marrakech, cruzando montanhas e desertos em um dos países mas incríveis do mundo!

10 Dias de Carro Pelo Marrocos

Roteiro Resumido

DIA 1 Tânger – Chefchaouen
DIA 2 Chefchaouen – Fès
DIA 3 Medina de Fès
DIA 4 Fès – Azrou – Midelt – Merzouga
DIA 5 Merzouga
DIA 6 Merzouga – Gargantas de Todra e Dades
DIA 7 Dadès Gorges – Marrakech
DIA 8 Marrakech
DIA 9 Marrakech
DIA 10Marrakech

Por que viajar de maneira independente pelo Marrocos?!

Recebi alguns orçamentos de pacotes de viagem, mas depois de colocar tudo na balança, e me lembrar da falta de paciência com o esquema turistão na China, a possibilidade de fazer uma viagem de maneira independente, no nosso tempo, falou mais forte e resolvi organizar por conta própria o roteiro e alugar um carro.

Como organizar uma viagem independente pelo Marrocos

Atenção! Essa não é uma viagem fácil, ainda mais pra se fazer por conta própria. Pra facilitar, vou tentar explorar com detalhe em uma série de posts sobre cada um dos trechos que percorremos nessa incrível jornada.

  • Pesquisa e Preparação

A pesquisa anterior à viagem foi super detalhada, e resolvi tudo antes de ir. Usei 3 guias principais: o Lonely Planet, o Rough Guide e o DK EyeWitness. O Blog do Marrocos da Rita e do João Leitão foi uma das minhas principais fontes de pesquisa online. É um ótimo guia prático – local -, atualizado e em português. Além disso, o Mapa Michelin Número 742 deve ser seu melhor amigo.

Agora, se você já se cansou só com esse pedacinho de leitura, e está pensando: Nem a pau vou fazer essa viagem num carro alugado, sozinho; Não se preocupe! A viagem de Fès e Marrakech – ou vice-versa – passando pelo deserto, pode ser organizada por uma centena de operadores turísticos diferentes.

Uma rápida pesquisa no Google ou no Tripadvisor vai te mostrar todas as opções possíveis: de trem, ônibus, van, 4×4, com guia que fala inglês, espanhol, italiano, francês, tem pra todo gosto. O Marrocos é um país que recebe turistas há muitos e muitos anos, e a maioria das grandes cidades oferece uma boa estrutura para os viajantes.

  • Onde Se Hospedar no Marrocos

Fizemos todas as reservas de hotéis pelo BOOKING.COM. Além dos melhores preços, ótimo atendimento e opiniões de clientes verdadeiros, participamos do programa de afiliados deles, ou seja, ganhamos uma pequena comissão a cada reserva efetivada feita através de nossos links. Você ajuda o Tô Pensando a se manter e não paga nada mais por isso!

  • Cuidados com aluguel de Carro no Marrocos

Percorremos o Marrocos com um carro alugado através da Rentalcars, experiência que não foi nada boa. A Aircar – guarde esse nome e fique bem longe dele -, companhia local ‘sorteada’ pelo site da Rentalcars nos entregou um carro que não estava nas melhores condições, sujo, velho, e com pneus que só nos deram dor de cabeça. Fique esperto!

Minha dica é: Alugue seu carro com a Rentcars.com! Além de garantir o melhor preço, você não paga iof e ainda pode dividir o valor em até 12 vezes sem juros. Bom demais, hein?!

Outra boa dica é alugar um carro bem resistente, de preferência um 4×4. Além disso, não esqueça de conferir todos os pneus antes de aceitar o carro, inclusive o estepe. Isso é essencial pra garantir a sua segurança pelas estradas marroquinas.

De resto, não há o que se temer, as estradas principais (N) são boas, principalmente nos trechos mais frequentados por turistas.

Outra boa recomendação é planejar bem sua viagem, evitando deslocamento maiores que 300 km por dia. Desse jeito você tem mais tempo pra poder curtir a estrada. Afinal de contas, o que importa mesmo é sempre o caminho, né?!

Viaje tranquil@! Não se esqueça do seguro viagem

Pra viajar tranquilo é sempre recomendável fazer um seguro viagem. A gente nunca sabe quando vai ter uma emergência. Usando a Real Seguros você pode comparar coberturas e valores de seguro viagem. Além de encontrar o melhor preço e a cobertura ideal para sua viagem, você não paga iof, tem atendimento em português e ainda pode dividir em até 6 vezes sem juros! Bom demais, né não?

Seguro viagem africa 728x90

Roteiro Detalhado

DIA 1. Tanger – Chefchaouen

Voamos cedo de Barcelona para Tânger, e fomos direto para Chefchaouen, a cidade azul do Marrocos, em meio às montanhas Rif.

10 dias de carro pelo Marrocos

A cidade é linda, principalmente a medina azul. Acho que é uma ótima primeira impressão marroquina.

10 dias de carro pelo Marrocos

O que fazer em Chefchaouen:

Leia mais dicas do que ver e o que fazer em Chefchaouen no artigo Chefchaouen, a cidade azul do Marrocos.

Onde Se Hospedar em Chefchaouen:

Nos hospedamos no Dar Zambra e foi uma ótima escolha. O hotel é super charmoso, fica no alto da medina, com terraço com uma vista privilegiada. Recomendo! O café da manhã no terraço é outro ponto alto do Dar Zambra. Um dos melhores que comemos no Marrocos.

10 dias de carro pelo Marrocos


+ Encontre ofertas de hospedagem em Chefchaouen, no Marrocos


DIA 2. Chefchaouen – Fès

Depois de aproveitar Chefchaouen, partimos para Fès, a cidade imperial do Marrocos, cruzando as montanhas Rif.

10 dias de carro pelo Marrocos

10 dias de carro pelo Marrocos

Onde Se Hospedar em Fès:

Nos hospedamos no Ibis Fès, escolha de gringo. O hotel é fora da medina, bem próximo à estação de trem de Fès. Um plus de se hospedar ali foi poder tomar uma cervejinha! Que alívio!!!


+ Encontre ofertas de hospedagem em Fès, no Marrocos


DIA 3. Fès

Em Fès passamos o dia conhecendo uma das maiores medinas do mundo árabe, com ajuda de Said, que nos guiou por esse labirinto imenso, repleto de cores e cenas maravilhosas.

10 dias de carro pelo Marrocos

10 dias de carro pelo Marrocos

O que fazer em Fès:

Leia mais dicas do que ver e o que fazer em Fès no artigo Fès, a Cidade Imperial do Marrocos.

Onde Se Hospedar em Fès:

Nos hospedamos no Ibis Fès, escolha de gringo. O hotel é fora da medina, bem próximo à estação de trem de Fès. Um plus de se hospedar ali foi poder tomar uma cervejinha! Que alívio!


+ Encontre ofertas de hospedagem em Fès, no Marrocos


DIA 4. Fès – Merzouga pelo Médio Atlas

O dia começou cedo, quando começamos a percorrer os 450 km que separam Fès e Merzouga, no deserto do Saara. O caminho é longo, mas as paisagens são incríveis!!

10 dias de carro pelo Marrocos

As florestas de cedro da suíça marroquina, as montanhas do médio Atlas, e os oasis do Vale do Ziz encheram os olhos com paisagens saídas de filme, que nos preparavam para o fim de tarde nas areias do deserto.

10 dias de carro pelo Marrocos

10 dias de carro pelo Marrocos

Onde Se Hospedar em Merzouga:

Nos hospedamos no Kanz Erremal. Um sonho de hotel. café da manhã então, nem se fala! Fizemos o passeio pra dormir Uma Noite no Deserto do Saara organizado por eles.

DIA 5. Merzouga e o Deserto do Saara

Merzouga foi a etapa mais marcante da viagem. Acordar e ver o nascer do sol nas dunas do Saara não tem preço. Escolhemos um hotel super bacanudo ‘pénareiadodeserto‘ e acertamos! Os 40 minutos a mais de viagem no dia anterior valeram a pena.

10 dias de carro pelo Marrocos

Passamos o dia passeando com o 4×4 do hotel nas dunas, conversando com os nômades, e almoçamos pizza bérbere no famoso mercado de Rissani, com nosso guia Ahmed.

10 dias de carro pelo Marrocos

No fim da tarde fomos de dromedários até um acampamento no meio do deserto, onde passamos a noite em uma tenda nômade, uma das experiências mais marcantes da minha vida.

10 dias de carro pelo Marrocos

Onde Se Hospedar em Merzouga:

Nos hospedamos no Kanz Erremal. Um sonho de hotel. café da manhã então, nem se fala! Fizemos o passeio pra dormir Uma Noite no Deserto do Saara organizado por eles.


+ Encontre ofertas de hospedagem em Merzouga, no Marrocos


DIA 6. Merzouga – Tondra – Dades Gorge

No dia seguinte, pé na estrada novamente, desta vez até a garganta de Tondra, passando pelos incríveis palmeirais de Tinghir.

10 dias de carro pelo Marrocos

10 dias de carro pelo Marrocos

10 dias de carro pelo Marrocos

Terminando a noite no aconchego do ‘quarto caverna’ no hotel em Boulmalne Dades, a 1500 metros de altitude. Leia Mais sobre essa aventura!

10 dias de carro pelo Marrocos

Hotel Escolhido: Kasbah Tizzarouine


+ Encontre ofertas de hospedagem em Boulemane, no Marrocos


DIA 7. Dades – Marrakech

De manhã cedo visitamos a Garganta de Dades e depois partimos rumo à Marrakech atravessando o Alto Atlas.

10 dias de carro pelo Marrocos

Tive o prazer de percorrer a famosa Tizi-N-Tchika, em sua plenitude nevada!!

carro pelo Marrocos

Esta estrada incrível corta os picos gelados do Alto Atlas, a 2.300 metros de altitude, nos presenteando com vistas maravilhosas, de tirar o fôlego.

Chegamos a Marrakech depois de um dia cansativo de direção, e nos instalamos no nosso belíssimo riad, bem no centro da medina.

carro pelo Marrocos

Hotel Escolhido: Palais de Princesses


Encontre ofertas de hospedagem em Marrakech, no Marrocos


Passamos 3 dias explorando a cidade, e aproveitamos para ver a Bienal de Marrakech, conhecer os Jardins de Majorelle, e explorar um pouco mais da arte urbana desta cidade louca!

10 dias de carro pelo Marrocos

O carro ficou guardadinho no estacionamento, porque, de verdade, não compensa dirigir em Marrakech…

10 dias de carro pelo Marrocos

E não se esqueça!

Gostou da dica?! Usando nossos links pra encontrar ofertas de hospedagem, comprar seguro viagem e alugar um carro você ajuda o Tô Pensando em Viajar e se manter e não paga nada mais por isso!


10 dias de carro pelo Marrocos

Leia Mais Sobre a Viagem de Carro pelo Marrocos:


Você pode seguir o TÔ PENSANDO EM VIAJAR nas redes sociais

FACEBOOK, INSTAGRAM e TWITTER


Salvar

Compartilhe!
Alessandra

ALESSANDRA é viajante, fotógrafa, e bióloga. Largou tudo e ganhou tudo ao mudar de rumo em 2012 depois de defender um doutorado em biologia molecular na USP. Desde então vive, viaja e trabalha com foto e vídeo, sua verdadeira vocação. Ama viajar fora do esquema turistão, e gosta mesmo é de paisagem humana!

Leia também...

47 Comentários

  1. Angela disse:

    Oi Alessandra! Parabéns outro post super bacana. Fotos maravilhosas !
    Boa dica é realmente verificar a parceria que a rentalcars indica na hora do aluguel de carros. Ano passado tive um problema com um carro alugado atraves deles, com uma destas empresas bem menores, meio desconhecidas … Conheço um casal que acabou de ter o mesmo problema viajando pela Australia e Nova Zelandia. Parabéns pelo blog…

  2. Carmem disse:

    Esperando ninaiagem!
    E que fotos!
    Esperando os próximos capítulos…

  3. Carmem disse:

    Opa!
    Tive dificuldade pra digitar meu comentário anterior.
    A primeira frase era: “Menina, que viagem!”

  4. juliana disse:

    Uauu que adorável!
    Vou lá em Agosto mas acho que já me arrependi… preferia fazer algo como você fez. Queira ir visitar o deserto… mas a minha amiga não quer… Ainda se lembra do nome do hotel em que ficou em Merzouga? Adorei a vista!!

    • alessandra alessandra disse:

      Oi Juliana, tudo bem?! Muito obrigada pela visita! O nome do hotel que ficamos em Merzouga é Kanz Erremal. SUPER recomendo! É BEM tranquilo. Não perca!! Estou escrevendo neste exato momento os próximos posts, mas como são 5.000 fotos, preciso de tempo prá conseguir colocar tudo em ordem! ;)!

  5. Luara disse:

    Oi Alessandra,
    primeiramente parabéns pelos relatos e informações.
    Quero ir ao Marrocos, mas em agosto, e ouvi dizer que é muito calor. Em que época você foi? Esta informação confere? Você acha que pode atrapalhar a viagem?
    obrigada.

    • Alessandra Alessandra disse:

      Oi Laura, obrigada pela visita. Acho que pode atrapalhar sim, principalmente a ida até o deserto. Fui em março, uma época ótima, mais fria, e seca. Boa viagem!

  6. Jardel disse:

    Alessandra, desde já, muito obrigado pelas ricas informações do seu blog: reconsiderei fazer a viagem por Marrocos de forma independente.
    Uma dúvida em relação a estadia em Merzouga: onde vocês deixaram o carro durante a noite no acampamento no deserto? No estacionamento do hotel em Merzouga? Se sim, vocês pagaram pelo estacionamento somente ou tiveram que reservar outra diária, mesmo dormindo no deserto?

    • Alessandra Alessandra disse:

      Olá, Jardel, tudo bem?! Muito obrigada pela visita. Fico feliz em saber que você reconsiderou fazer esta viagem independente. O Marrocos é um país encantador, e fazer isso no seu próprio tempo não tem preço. Foi uma das experiências mais maravilhosas da minha vida! Em Merzouga ficamos no hotel Kanz Erremal, e o carro ficou estacionado na frente do hotel mesmo, sem problemas. Eles não cobraram estacionamento não, e a tarifa é ótima! Pagamos a diária e mais 30 euros por pessoa para o passeio no deserto. De manhã, quando voltamos, foi ótimo! Tomamos café da manhã – delicioso! -, um banho delicioso e pegamos a estrada. Não deixe de visitar a feira em Rissani, é IMPERDÍVEL!

      • bruno leonardo salvadori disse:

        Bom Dia Alessandra.
        SObre os guias ( pessoas ), voce contratou la ou saiu do brasil com eles contratados ? O que voce me aconselha sobre guia, devo pegar algum especifico ou chegando la tem aos montes ?

        Muito obrigado

  7. Paulo César disse:

    Olá Alessandra, tudo bem?!?!
    Parabéns pelas postagens!!! Estamos (eu e minha mulher) programando a minha viagem para o Marrocos em março/16. Vamos chegar pela Espanha, rodar alguns dias por lá até cruzar para o Marrocos no mesmo carro alugado (retornamos ao Brasil por Málaga). A princípio visitaremos Fes, Meknes, Marrakesh, Ouarzazate e Essaouira, tudo por conta própria. Você acha razoável e seguro?!?! Esses deslocamentos são em estradas boas?!?! Você tem alguma sugestão de guia (acha importante?!?!) para as cidades?!?!
    Por enquanto é isso!!! Obrigado!!!

    • Alessandra Alessandra disse:

      Oi Paulo César, obrigada pela visita! Acho que é seguro sim, pelo menos em 2013 quando eu fui correu tudo tranquilamente. Fique atento aos limites de velocidade, alugue um carro bom e ‘parrudo’, confira as condições do estepe e se mantenha nas rodovias principais. De resto, aproveite o interior do Marrocos, que acho que é o mais bonito e ‘real’ desse país incrível! Eu incluiria Merzouga no seu itinerário, e trocaria Ouarzazate pelas gargantas de Todra e Dades. Nos arredores de Essaouira não deixe de procurar pelas ‘árvores de cabras’, e tire uma foto pra mim, por favor! Acho legal um guia para a medina em Fes, mas saiba que você vai ter que fazer o famoso tour loja, loja, loja, que eu acho um saco! Se precisar de alguma coisa é só falar! Boa biagem!

  8. Carlos disse:

    Oi Alessandra, estou planejando uma passagem de uma semana pelo Marrocos (chegando e saindo por Casablanca) e, pelo tempo limitado, acho que vou ter que escolher se vou a Fes (e Chef) ou Marrakesh, além do deserto. Qual escolha você faria?

    • Alessandra Alessandra disse:

      Carlos, eu amei Chefchaouen, e Fès. Mas Marrakech tb. é incrível! Dê uma lida nos posts e veja se você consegue escolher! hehehehe. Abração e obrigada pela visita.

  9. Creuza disse:

    Boa noite meu nome e creuza estou querendo ir a marroco em junho agora, e aconselhavel alugar um carro ou andar de train ou onibus para os Pontos turistico o que Vc me indicaria ?

  10. Angela Couto disse:

    Boa noite,
    Pretendemos ir à Marrocos em julho, entrando por Tânger, gostaria de saber o que podemos conhecer em quatro dias.
    Obrigada

  11. Tatiane disse:

    Ale, quero agradecer todas as dicas do seu blog. Acabei de chegar de Marrocos e foi incrível. Fiz um roteiro muito parecido com o que você fez, e de quebra ainda conheci Essaouria, conforme sua sugestão. Foi ótimo!!! Parabéns pelo blog e pelas dicas!
    Beijo grande

    • Alessandra Alessandra disse:

      Ai, Tati! Fiquei tão feliz com sua mensagem!! O Marrocos é apaixonante e dividir isso é incrível! Que bom que você gostou e usou as dicas! Agora pode escrever um relato pra nós aqui, hein?! ;)! Beijos.

  12. Rodrigo JK disse:

    Olá Alessandra. Irei com minha mulher e sogros para o Marrocos em dezembro/janeiro (natal/ano novo aqui – temos 12 dias inteiros e um do retorno) . Inicialmente faria um roteiro Marrakesh- Quarzazate- Merzouga- Fes – Rabat e Casablanca (último dia – apenas a grande mesquita e aeroporto). Aí vi o seu roteiro e tudo mudou kkkkk!
    Tenho alguma dúvidas iniciais, agradeço a tua ajuda.
    1- Quando foi a tua viagem? Dezembro e janeiro: provavelmente terei que pesquisar sobre fechamento de rodovias (gelo/neve?).
    2- Como são os postos de serviços nas rodovias? Mulheres no carro, sabe como é.
    3- Podemos optar por um carro normal (4 x 2) ou você acha imprescindível um 4 x 4?
    4 – Dois dias adicionais no roteiro: o que você faria?
    5-Você acha que é possível/seguro reservar os hotéis lá mesmo, digo , ao longo do trajeto? Para eventualmente flexibilizar o roteiro?
    Parabéns pelo Blog e muto obrigado!

    • Alessandra Alessandra disse:

      Oi Rodrigo, tudo bem?! Obrigada pela visita. Vamos ver se consigo te ajudar:

      1. Minha viagem foi em abril de 2014. Talvez, em lugares mais altos, principalmente nas montanhas você tenha problemas com neve sim. Vale a pena se informar.
      2. Ahahahaha. Não usamos nenhum posto de serviço não. Sempre parávamos em um restaurante, ou café pra ir ao banheiro. Por isso vale a pena pesquisar direitinho os pontos de parada nos seus trajetos.
      3. Acho possível fazer a viagem com um carro normal, certifique-se que ele está em boas condições. Confira todos os pneus e estepe também. Não deixe de perguntar sobre assistência em caso de problema, e se fosse eu, daria preferência a uma empresa maior.
      4. Eu passaria um dia extra na região de Tondra, e Dades, e iria a Essaouira, a partir de Marrakech, pra ver as ‘árvores de cabras’. Fiquei frustrada por não ter visto, nem fotografado uma.
      5. Olha, pergunta difícil essa hein?! Acho possível sim. Fizemos isso do deserto para Dades. Mas, como seguro morreu de velho, é sempre bom garantir uma cama e banho quentinhos, né?! ;)!

      Abração e aproveite o Marrocos!

  13. Rafael disse:

    Olá Alessandra. Irei com minha mulher em outubro/novembro e estamos planejando um roteiro de 15 dias. Como também não gostamos deste esquema de pacote turístico com as agências, estamos pesquisando para alugar um veículo. Ao ler o seu relato, surgiram algumas dúvidas, que ficaria imensamente grato se pudesse nos ajudar:

    1 – Como foi a relação coma a polícia nas estradas? Existe corrupção?
    2 – Como foi a tua experiência no abastecimento em postos de combustíveis? São fáceis de encontrar? Existem frentistas ou o sistema é “self-service”? Aceitam pagamento em dinheiro ou cartão?
    3 – Como você encontrou os guias que você identifica no post? Através do hotel ou procurou pela cidade mesmo?
    4 – De modo geral, você considera o Marrocos um país seguro para viajar de carro?

    Parabéns pelo blog e obrigado!

    • Alessandra Alessandra disse:

      Oi Rafael, obrigada pela sua visita. Vou tentar te ajudar com suas dúvidas:

      1. A ‘Gendarmie Royale’, ou a famosa polícia marroquina é famosa pela sua má postura, fato. Fomos parados 2 vezes. Nesse post eu conto um pouco como foi minha experiência e dou algumas dicas de como lidar com eles, caso você seja parado.
      2. Fáceis de encontrar, sempre com frentista. Demos preferência ao dinheiro nessa viagem. A não ser nos hoteis.
      3. Nossos guias foram indicados pelo hotel.
      4. Achei um país seguro pra viajar de carro sim. Como eu falei: Mantenha-se nas estradas principais, e sempre ande dentro do limite de velocidade. Alugar um bom carro também ajuda muito.

      abraços e boa viagem!

  14. Ingrid Sant´Anna disse:

    Oi Alessandra!

    Amei suas dicas e seu roteiro no Marrocos. Eu e meu namorado vamos em Novembro e estamos pensando em fazer o mesmo roteiro de vocês, ele me encantou demais. Como vamos só nós dois, pesquisamos os valores dos carros para aluguel… e preço de uma 4×4 está praticamento o dobro de um carro normal. Na sua opinião, existe alguma estrada nesse trajeto que seria complicado fazer de carro normal e não em uma 4×4?

    Parabéns pelo blog e que faças ainda muitas viagens para nos inspirar!

    • Alessandra Alessandra disse:

      Oi Ingrid, obrigada pela visita. Fico feliz em te ajudar. Dá pra alugar um carro sem tração sem o menor problema. Mantenha-se nas estradas principais sempre, e procure alugar o carro com uma locadora grande. Tivemos péssima experiência com uma locadora local, que nos entregou o carro em péssimas condições. Boa viagem!

  15. Claudia disse:

    Oi Alessandra, irei com meu marido e meu filho de 8 anos para o Marrocos em janeiro. Voce acha que dá pra fazer o passeio de dromedario de Merzouga ate o deserto com criança, dormindo uma noite nas tendas? Alguem sabe se faz muito frio em janeiro? Abraços

  16. Carol disse:

    Olá, bem legal o texto. Como vocês fizeram com o carro em Fez? Para estacionar?

  17. Alice disse:

    Ola,

    Sobre aluguel de carro, ha a necessidade de se alugar um 4×4 ou um basico esta de bom custo?
    Tenho a intenção de fazer o mesmo roteiro que o seu. Mas é claro que nao queremos nos aventurar sozinhos no deserto com o carro, iremos contratar um guia e tal.

    • Alessandra Alessandra disse:

      Oi Alice, obrigada pela visita. O 4×4 não é totalmente necessário não. Principalmente se você ficar nas estradas principais. O que recomendo é alugar o carro com uma empresa confiável. O Marrocos é apaixonante! Boa viagem!

  18. Isabella disse:

    Ola Alessandra! Que delicia de viagem! Vou pra Marrocos no fim deste ano, super animada!
    Eu queria saber se foi fácil achar um guia em Merzouga e se voce ainda tem o contato do guia de voces, me ajudaria muito! E ah, queria saber se lá tem a opçao de escolher diferentes tipos de passeio no deserto e, se sim, qual foi a que voces fizeram! muito obrigada!!

    • Alessandra Alessandra disse:

      Oi Isabella, tudo bem?! O Marrocos é apaixonante, você vai ver. O nosso guia trabalha no hotel que nos hospedamos. O tour que escolhemos foi o tour 4×4 no deserto durante o dia, e o passeio pra dormir nas dunas. Como falei que queria muito conhecer o mercado, o Mohammed incluiu isso também, e foi super super legal! O hotel que você se hospedar, com certeza vai ter algumas opções pra vocês escolherem! ;).

  19. Ricardo disse:

    Olá Alessandra,.
    Estou a preparar uma viagem a Marrocos entre 8 de Abril a 17 de Abril. Seremos dois casais e um deles têm um filho de 10 anos. Vocês acha seguro para uma criança? Estamos a pensar em fazer- Fez – Meknes – Rabat – Casablanca – Marraquexe – Merzouga. Estamos indecisos se : alugamos um carro para os 5 e vamos independentes ou contratamos uma guia privado com jipe,…. O que vocês acha? Se optarmos por alugar um carro que empresa recomenda? é necessário algum tipo de documento ?

    Muito obrigado!

    • Alessandra Alessandra disse:

      Oi Ricardo, tudo bem?! É seguro pra criança sim. Fique de olho nele e tudo bem. Ele vai amar o passeio de dromedário. Eu alugaria um carro se vocês gostam de dirigir, senão recomendo fechar o pacote com alguma agência. Provavelmente vocês terão que alugar 2 jipes, né?! Se te interessar, veja o tour com o pessoal do Marrocos.com! Eles são ótimos. Abraços e obrigada pela visita.

  20. Fabi Castro disse:

    Olá Alessandra…vc não tem ideia como estou feliz de encontrar seu roteiro: é exatamente o que estávamos procurando! Eu e meu marido temos 7 dias no Marrocos agora em Março/17, e queremos fazê-lo de carro. Bem, imaginamos alugar um carro em Tanger e ir descendo, fazendo em sua maioria, as mesmas cidades que vcs fizeram. Nossa dúvida era se precisávamos contratar um tour a partir de Marrakech para ir ate o Saara, pois meu sonho é passar uma noite lá. Pelo seu relato, posso ir de carro até a cidade de Merzouga e no hotel já conseguir um tour para o deserto, certo. E em que mês vcs fizeram esta viagem? E quanto ao carro, vcs devolveram em Marrakech mesmo? e vc lembra se a taxa de devolução vou muito alta? Bem, ainda vou ler todos os outros posts e comentários, mas realmente preciso agradecer por compartilhar sua viagem!…Abraços!

    • Alessandra Alessandra disse:

      oi Fabi, tudo bem?! Obrigada pela visita e que bom que vou poder te ajudar! Fomos em março tb., uma ótima época porque não está tão calor. Devolvemos o carro em Marrakech. Recomendo já entregar o carro assim que você chegar na cidade, porque dirigir lá é insuportável. Não me lembro quanto foi a taxa de devolução na época (2014), mas mesmo assim valeu muito a pena. Não teríamos visto 1/3 do que vimos se tivéssemos ido de excursão. Recomendo alugar o carro com a Rentcars pra evitar dores de cabeça. Estou à disposição pro quê você precisar! Você vai amar o Marrocos, certeza! ;). Abração.

  21. Fabian disse:

    Oi, Alessandra.

    Que viagem! Inspiradora…
    Tenho pouquíssimo tempo em Marrakech e gostaria de pegar um carro alugado e ir, ao menos, até as encostas das Montanhas Atlas e conhecer povoados berberes. Como lidou com as placas de trânsito? Se o GPS não funcionar direito, dá pra se virar? Basta a habilitação brasileira?
    Obrigado, desde já….

    • Alessandra Alessandra disse:

      Fabian, o Marrocos é apaixonante!! Dirigir lá foi moleza, e o gps não funciona todas as horas. Por isso ter um mapa impresso é de extrema importância. Usamos demais. Você precisa emitir sua PID, carteira de habilitação internacional pra dirigir lá. Se precisar de mais informação é só chamar! ;)

      É bom lembrar que se você curtiu as dicas, pode usar nossos links de afiliado pra alugar o carro, reservar hotel e comprar seguro viagem sem pagar nada mais por isso! Abração. ;)

  22. Fabi Castro disse:

    Alessandra, eu e meu esposo estamos pilhados e muitos agradecidos pelo seu retorno….Ja utilizando os links divulgados aqui. Novamente obrigada, sucesso a vcs e muitas viagens mundo a fora!! ;)

    • Alessandra Alessandra disse:

      Fabi, estou aqui torcendo pra sua viagem ser tão linda quanto foi a minha! Abra seu coração e curta bastante o Marrocos, viu?! Quando voltar, passa aqui pra contar pra gente como foi, tá?! Vou ficar curiosa! Se você precisar de alguma coisa, é só falar, vou adorar ajudar! Beijão.

  23. Eliane disse:

    Oi Alessandra. Quero passar um mês no Marrocos. Vou alugar um carro. Vou me hospedar em campings onde for possível e Riad ou hotel em grandes cidades. Quanto você acha que se gasta, mais ou menos, por dia com as despesas, incluindo combustível, hospedagem , alimentação e passeios? Adorei suas dicas. Vou usar seus links de afiliados para contratar serviços. Isso me deixou super segura e tranquila para uma Boa aventura. Obrigada.

    • Alessandra Alessandra disse:

      Oi Eliane, tudo bem?! Que delícia! Um mês inteiro no Marrocos?! Me leva também! Hehehe! ;)! Olha, o Marrocos é um país barato pra quem quer economizar. Me lembro que comer era bem mais barato que no Brasil, a gasolina não era nada de fora do comum e os hotéis também têm preços ótimos. Quando você voltar vem aqui contar pra gente como foi, tá?! :)! Beijão.

  24. Laura Alves disse:

    Ôi, Alessandra!
    Somos um casal português que viajará para Marrocos a partir de Lisboa, no próximo dia 13 de Junho e regressaremos a 27 de Junho ou 1 de Julho.
    Adorei o seu roteiro e penso segui-lo com pequeníssimas alterações, nomeadamente introduzir Meknes e Essauira e seguir de Marrakech, para Agadir, Mogador, Casablanca, Rabat e Alcácer-Quibir, por esta ordem! Qual a sua opinião?
    – Poderemos fazer a nossa viagem num Audi a gasóleo?
    – Há algum cuidado a ter com a roupa? Mulher é normalmente vista de calção, t-shirt, vestido decotado ou não se deverá expôr?
    – Poderemos frequentar a praia sem constrangimentos? Usar bikini?
    Agradecia se não considerar abusivo este meu pedido, que me esclarecesse sobre estas questões, por favor.
    Abraço de Portugal e um enorme bem-haja!

    • Alessandra Alessandra disse:

      oi Laura, tudo bem?! Achei o roteiro de vocês ÓTIMO. Em Essaouira não esqueça de fazer uma foto das cabras em cima das árvores pra mim, por favor. :)!

      – Poderemos fazer a nossa viagem num Audi a gasóleo?
      Sim, perfeitamente tranquilo. Recomendo que vocês permaneçam nas vias principais.

      – Há algum cuidado a ter com a roupa? Mulher é normalmente vista de calção, t-shirt, vestido decotado ou não se deverá expôr?
      O cuidado é mais cultural mesmo. É sempre bom a gente se adaptar um pouco aos costumes de cada destino que visitamos pra não ‘ferir’ ninguém, não é mesmo?! Principalmente nas pequenas cidades e vila nos caminhos.

      – Poderemos frequentar a praia sem constrangimentos? Usar bikini?
      Em relação ao bikini, não sei te dizer, não fui à praia na Marrocos. Mas acho que tudo bem sim. É um país que recebe estrangeiros há muitos e muitos anos e acredito que estejam acostumados com o jeito de vestir e costumes ocidentais.

      Espero que vocês façam ótima viagem e estou à disposição. Se gostaram das dicas e forem reservar hotéis pelo Booking.com deixo nosso link aqui, ok?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *